quarta-feira, 31 de maio de 2017

PEC das "DIRETAS, JÁ" é aprovada por unanimidade na CCJ do senado

Diante de grande apoio popular, 90,6% dos eleitores querem eleições diretas pra presidente, comissão do senado aprova PEC das DIRETAS, JÁ

"É uma grande vitória, que nos dará muito fôlego para ir ao plenário", afirmou Lindbergh Farias


Resultado de imagem para DIRETAS JÁ


Aprovação da PEC dá impulso a movimento das ruas por eleições diretas

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou por unanimidade a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 67, que prevê a realização de eleições diretas para presidente e vice-presidente da República quando o cargo ficar vago decorrido até três anos do mandato. 

“É uma grande vitória, um dia histórico”, exclamou o senador Lindbergh Farias (PT-RJ). “Contra tudo e contra todos, essa PEC vai andar e vamos conseguir recuperar a nossa democracia”, afirmou.

Unanimidade no senado

A aprovação na CCJ contou com os votos de senadores da base governista, como Ana Amélia Lemos (PP-RS), Marta Suplicy (PMDB-SP), Ricardo Ferraço (PSDB-ES), Simone Tebet (PMDB-MS), entre outros senadores. Ao todo, a comissão é composta por 27 titulares e 27 suplentes.

Se aprovada, a PEC que permitirá eleições diretas seguirá para a Câmara, onde novamente deverá ser aprovada em dois turnos de votação e por maioria de três quintos dos deputados, representando 308 votos (Clique e leia mais AQUI)

Via judicial

A última mini reforma eleitoral também prever eleições diretas para cargos majoritários no caso de vacância ocorrida até 6 meses antes de encerrado o mandato, ou seja, o TSE também pode cassar TEMER e chamar eleições diretas (Leia mais - CLIQUE AQUI).

O julgamento da chapa Dilma-Temer e a convocação de nova eleição direta - Por Claudio Moraes






O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu marcar para o próximo dia 6 de junho o retorno do julgamento da chapa Dilma/Temer, referente às Eleições 2014.

Sobre os resultados do julgamento e suas consequências, os veículos de comunicação divulgam as mais variadas opiniões, o que provoca uma grande incerteza para a população em geral.

Dos comentaristas políticos e do art. 81 da Constituição Federal

Ao que parece, os comentaristas políticos de plantão, exercendo seu lado jurista, fecharam questão e propagam que, se houver cassação da chapa Dilma/Temer, o novo presidente da República será escolhido por eleição indireta, pelo Congresso Nacional, pois, segundo esses comentaristas, é o que se extrai do § 1º, do art. 81, da Constituição Federal, a saber:
________________________________
"Art. 81. Vagando os cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, far-se-á eleição noventa dias depois de aberta a última vaga.

§ 1º - Ocorrendo a vacância nos últimos dois anos do período presidencial, a eleição para ambos os cargos será feita trinta dias depois da última vaga, pelo Congresso Nacional, na forma da lei."
___________________________

Antes de melhor detalhar o assunto, é importante registrar que a ideia da presente postagem é fazê-la de uma forma que não seja assimilada apenas por pessoas do meio jurídico, ou seja, a escrita terá como característica a simplicidade, sem a existência, ou excesso, do juridiquês.

Da eleição indireta pelo Congresso Nacional (art. 81, §1º, da Constituição Federal)

Pois bem, vamos ao que interessa. Caso a ação seja julgada procedente, ou seja, caso a chapa Dilma/Temer seja cassada e ocorra o trânsito em julgado (não exista mais possibilidade de recurso) da decisão, algumas pessoas defendem que ocorrerá eleição indireta, nos termos do § 1º, do art. 81, da Constituição Federal, e o Congresso Nacional (deputados federais e senadores) irá eleger o novo presidente da República. Isso porque já entramos no segundo biênio do mandato da chapa Dilma/Temer, que foram eleitos nas Eleições 2014 e tomaram posse em 1º de janeiro de 2015.

Seguindo as orientações dessa corrente, a eleição seria indireta e o povo não participaria da eleição.

Como todos sabem, Dilma e Temer formaram a chapa majoritária vitoriosa nas Eleições 2010 e repetiram a dose em 2014, na reeleição.

Após a derrota nas Eleições 2104, o PSDB protocolou a denominada AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) requerendo a cassação da chapa Dilma/Temer por suposto abuso do poder econômico e político, pois naquele momento a denominada Operação Lava Jato estava em curso e existiam fortes indícios de que recursos financeiros derivados da Petrobras haviam turbinado a campanha vitoriosa do PT/PMDB.

Importante ressaltar que os defensores da eleição indireta representam a grande maioria dos veículos de comunicação, bem como a maioria dos parlamentares.

Das eleições diretas – (art. 224, §§ 3º e 4º, do Código Eleitoral)

O Código Eleitoral foi alterado, nos §§ 3º e 4º do art. 224, pela reforma eleitoral estabelecida pela Lei 13.165/2015 e passou a estabelecer eleições diretas quando a decisão da Justiça Eleitoral resultar em indeferimento de registro de candidatura, cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em eleição majoritária, ou seja, exatamente como ocorrerá caso a chapa Dilma/Temer seja cassada.

Abaixo, a transcrição dos dispositivos mencionados do Código Eleitoral:
______________________________
“Art. 224. Se a nulidade atingir a mais de metade dos votos do país nas eleições presidenciais, do Estado nas eleições federais e estaduais ou do município nas eleições municipais, julgar-se-ão prejudicadas as demais votações e o Tribunal marcará dia para nova eleição dentro do prazo de 20 (vinte) a 40 (quarenta) dias.

(...)

§ 3º A decisão da Justiça Eleitoral que importe o indeferimento do registro, a cassação do diploma ou a perda do mandato de candidato eleito em pleito majoritário acarreta, após o trânsito em julgado, a realização de novas eleições, independentemente do número de votos anulados. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

§ 4º A eleição a que se refere o § 3o correrá a expensas da Justiça Eleitoral e será: (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

I - indireta, se a vacância do cargo ocorrer a menos de seis meses do final do mandato; (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015)

II - direta, nos demais casos. (Incluído pela Lei nº 13.165, de 2015) (Destacado).”
__________________________

Quando a decisão da Justiça Eleitoral resultar em cassação de diploma e, consequentemente, na perda do mandato, haverá nova eleição direta, através do voto popular, caso tal decisão ocorra a mais de seis meses do final do mandato. Caso contrário, ou seja, caso a decisão ocorra a menos de seis meses, haverá eleição indireta, pelo parlamento.

Como já mencionado, as regras estabelecidas nos §§ 3º e 4º, do art. 224, do Código Eleitoral, sobre eleição direta, são novas e o que se percebe nos noticiários é que a grande mídia e a maioria dos congressistas entendem que tais regras eleitorais não prevalecem sobre o disposto no art. 81, § 1º, da Constituição Federal. Assim sendo, para essa corrente, a eleição para escolher o novo presidente da República deve ser indireta, pelo Congresso Nacional.

Da opinião do blog – Eleição direta – o povo decide seu próprio destino

Particularmente, ouso discordar da corrente majoritária e defendo a tese segundo a qual, caso haja “cassação da chapa” Dilma/Temer (cassação do diploma e perda do mandato), com trânsito em julgado da decisão a mais de seis meses do fim do mandato, deverá ocorrer eleição direta para escolher o novo Presidente da República. E defendo a tese da eleição direta através de argumentos jurídicos e políticos. Explico!

Dos argumentos jurídicos para a eleição direta

Na opinião do blog, o termo “vacância”, estabelecido na Constituição Federal, § 1º, do art. 81, diz respeito à morte, renúncia ou impedimento (impeachment) do Presidente e/ou Vice-Presidente da República.

Em outras palavras, quando, em decorrência do exercício do mandato (renúncia ou impedimento) ou por morte, ocorrer a vacância dos cargos de Presidente e Vice-Presidente da República, no segundo biênio do mandato, haverá eleição indireta, pelo Congresso Nacional.

Contudo, o que temos nas regras dos §§ 3º e 4º, do art. 224, do Código Eleitoral, é algo completamente diferente, pois, embora estejamos no segundo biênio do mandato, o que se está discutindo na ação do PSDB é a lisura das Eleições 2014, onde a chapa majoritária Dilma\Temer fora eleita.

Ainda está em jogo, no julgamento, a discussão a respeito da validade ou não da eleição, da vitória dos candidatos. Está se discutindo a origem de tudo, o período que antecede o início do mandato em 2015. O debate gira em torno do suposto abuso do poder econômico e político por parte dos eleitos.

Assim sendo, por se estar questionando as regras eleitorais, período que antecede o início do mandato eletivo, deve prevalecer o disposto nos §§ 3º e 4º, do art. 224, do Código Eleitoral, e não o disposto no art. 81 da Constituição Federal, justamente por se tratar de situação distinta.

Dos argumentos políticos para a eleição direta

Após a saída da presidente Dilma, pesquisas também demonstravam (e demonstram) a impopularidade do Presidente Michel Temer junto aos brasileiros. Porém, inicialmente, Temer estava conseguindo manter a governabilidade junto ao Congresso Nacional de forma satisfatória, aprovando projetos de interesse do Governo.

Contudo, especialmente após as gravações envolvendo o próprio Presidente da República e a delação do grupo JBS, a estabilidade política do Governo ficou gravemente abalada e isso, inegavelmente, pode sim influenciar no julgamento da “chapa” pelo Tribunal Superior Eleitoral.

O próprio presidente Temer, segundo trechos da gravação da JBS, teria afirmado que não acreditava na sua cassação pelo TSE “porque eles (ministros) têm uma consciência política”.

Na opinião do blog, a possibilidade de cassação do mandato do presidente Temer pelo TSE não só é real como também é a mais viável politicamente, tendo em vista que possibilitará ao povo brasileiro a escolha do novo presidente.

Em outras palavras, caso o TSE casse o mandato do presidente Temer e estabeleça novas eleições, nos termos das regras eleitorais (art. 224, §§ 3º e 4º do CE), provavelmente haverá recurso ao Supremo Tribunal Federal e se este ratificar o entendimento do TSE, decidindo por eleições diretas, teremos vários interesses atendidos, especialmente os do povo, que terá o direito de ir às urnas escolher seu novo (ou nova) presidente.

Decidindo o Judiciário por deixar nas mãos do povo a escolha do seu próprio destino, as ruas provavelmente irão se acalmar e a estabilidade político/econômica que o Brasil tanto precisa tende a ocorrer de forma mais célere.

No bojo da consciência política dos ministros do TSE que o presidente Temer mencionou, talvez esteja a opção jurídico/política de deixar o povo ir às urnas. A conferir.


Parauapebas: Justiça manda bloquear R$ 36,64 MILHÕES do ex-prefeito VALMIR DA INTEGRAL, da Nova Carajás Construções e de outros envolvidos em mais uma desapropriação indevida e milionária

Além do bloqueio de bens e valores, o GAECO foi acionado pra investigar mais uma desapropriação milionária realizada no governo Valmir da Integral

Mineradora Vale também foi denunciada, mas foi excluída do processo




Mais um caso de desapropriação de Valmir da Integral é barrado pela justiça

O ex-prefeito de Parauapebas, VALMIR QUEIROZ MARIANO, sofreu mais um revés na justiça paraense, trata-se de mais uma desapropriação milionária com desvio de finalidade, uma "fraude", o prefeito desapropriou e pagou aos proprietários uma área que já estava destinada para o ramal ferroviário S11D, da mineradora VALE, situação que já era conhecida pelo Sr. Valmir da Integral, segundo os autos do processo, mesmo assim o prefeito desapropriou a área e indenizou os proprietários do suposto loteamento.

O caso

Através do Decreto  n° 1554/2013, emitido após a área "pertencente" a Nova Carajás Construções e Incorporações ser destinada para o ramal ferroviário S11D da mineradora VALE, o prefeito de Parauapebas, em claro desvio de finalidade, pagou por "lotes" que não seriam usados em programas habitacionais, mas sim pela mineradora VALE.

Justiça excluiu a VALE de mais um processo

A mineradora VALE foi excluída do processo, mas a empresa tem muito o que explicar para a população de Parauapebas.

É de supor que ao menos há uma omissão da mineradora, é razoável se acreditar que com o corpo jurídico que possui a empresa VALE tenha percebido que uma área destinada ao seu ramal ferroviário S11D estava sendo desapropriada, em benefício de terceiros, difícil é aceitar que a poderosa mineradora não sabia de nada.

Qual o valor que a VALE indenizou os réus, se é que tenha pago alguma indenização pela área?

Valores

A desapropriação realizada pelo ex-prefeito Valmir da Integral envolveu a soma de R$ 68.87 milhões, mas a justiça mandou bloquear dos envolvidos apenas R$ 36,64 MILHÕES.

Beneficiados pelo desapropriação viraram réus junto com o ex-prefeito

Os beneficiados pelo ato do prefeito, ou seja, a NOVA CARAJÁS CONSTRUÇÕES E INCORPORAÇÕES LTDA., o Sr. HENRIQUE ANDRADE DA MOTA JÚNIOR e RAFAEL SALDANHA DE CAMARGOS também viraram réus, tiveram seus bens bloqueados e serão investigados pelo GAECO, órgão do Ministério Público que combate crimes contra administração pública e atos de improbidade administrativa.

Veja trecos do processo e a decisão judicial (publicada hoje (31) no TJPA)



Parauapebas: Prefeito Darci Lermen inaugura canal direto com a população nas redes sociais

Foi um sucesso a primeira conversa do prefeito DARCI LERMEN com internautas no Facebook

Mais de 4.100 visualizações, apenas na página oficial do prefeito no Facebook


Participação ao vivo

Enquanto o DARCI apresentava o tema escolhido para ontem, estacionamentos públicos, os internautas já se mostravam ansiosos, muitas perguntas foram surgindo, outros assuntos também, ao final, mais de 500 comentários e mais de 4.100 visualizações, apenas na página oficial do prefeito, sem contar nas páginas que compartilharam a primeira conversa entre o prefeito e os internautas nas redes sociais.

Sucesso

O prefeito ficou animado com o resultado e com a participação dos internautas, outros temas foram surgindo durante a conversa, a população quer participar, DARCI LERMEN prometeu que trará todas as ações importantes do governo pra que o internauta participe diretamente das escolhas da sua administração. Todas as sugestões serão acolhidas e analisadas pelo governo municipal.

Veja mais 


terça-feira, 30 de maio de 2017

Prefeito de Parauapebas, DARCI LERMEN, incentiva a democracia participativa pelas redes sociais

Darci Lermen nas redes sociais de Parauapebas




Democracia participativa

Algo que é uma realidade em muitos países, ou seja, com o advento da internet e sua massificação, governos e parlamentares pelo mundo afora tem adotado as redes sociais como um canal de contato direto com a população, para especialistas, mais cedo ou mais tarde, a internet será o principal veículo para a DEMOCRACIA PARTICIPATIVA.

Redes sociais

O político comum tem horror às redes sociais ou subverte sua utilização, passando a idéia que inova, mas na verdade a utiliza como uma ferramenta unidirecional, sem a participação e sem qualquer interlocução direta com populares. 

O prefeito de Parauapebas, DARCI LERMEN, chama o cidadão para a democracia participativa

Em Parauapebas, DARCI LERMEN vai além, inova, ao vivo e a cores, convida a população para participar de temas da sua administração.

Para hoje (30), o prefeito anuncia que 19:30 estará ao vivo, na sua página do Facebook, quer a participação direta do internauta, sem intermediação, o tema de hoje é a questão dos estacionamentos públicos do município.

Grande frota de veículos


IBGE - Cidades - Frota de Veículos


Pra quem não imagina, Parauapebas tem a maior frota de veículos per capita do estado do Pará, talvez uma das maiores do Brasil. 

Nos últimos dados disponíveis pelo IBGE, Parauapebas tem ao todo 78.338  veículos (automóveis, caminhões, motos, ônibus e outros), estando bem acima da média per capita brasileira e paraense.  

Ao mesmo tempo

Apenas automóveis, motos e caminhonetes totalizam 73.743 veículos, se todos saírem em busca de estacionamento ao mesmo tempo, evidente que não terá como andar em Parauapebas.

Isso tem um impacto direto na questão da mobilidade urbana, também relacionada com a disponibilidade de vagas de estacionamento para veículos particulares e sua correta utilização.

Internet na área rural de Parauapebas

Prefeitura de Parauapebas, através da Secretaria de Mineração, Energia, Ciência e Tecnologia (Semmect)  levará internet aos alunos da zona rural 



Internet na área rural

O secretário de mineração (SEMMECT), Flávio Veras,  esteve em Brasília, no Ministério de Ciência e Tecnologia  para formatar um acordo entre a prefeitura de Parauapebas e aquele órgão do governo federal, visando a implementação do serviço de internet nas escolas e postos de saúde da zona rural do município de Parauapebas.

Veras foi recebido pelo Dr. Alexandre Siqueira Mesquita, Renan Ricardo Tolentino e Claudiana Costa.

Parauapebas Digital

O prefeito Darci Lermen sugeriu que o nome para o programa a ser implementado seja o de "Parauapebas Digital".

Todas as escolas e postos de saúde serão atendidos pelo programa Parauapebas Digital, hoje, essas unidades localizadas na área rural não tem acesso ao serviço de internet.

O projeto tem previsão de futuramente atender toda a área rural do município, beneficiando os seus moradores, que vivenciam uma verdadeira exclusão digital.

Cadastro

Flávio Veras informa que a SEMMECT iniciará o cadastro das escolas e postos de saúde ainda no mês de junho.

O ministro Helder entregou 46 caminhões-caçamba para Prefeituras do Pará

41 municípios foram beneficiados, equipamentos  irão ajudar na melhoraria dos serviços e na qualidade de vida da população do estado




Fazendo o possível pelo Pará

Todos sabem que o governo federal está quase parado, mas não o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, que vem fazendo o possível e o impossível na sua pasta.

No último sábado (27), HELDER participou, em Belém, da entrega de 46 caminhões-caçamba para 41 municípios do estado do Pará. 

Emendas parlamentares

Os equipamentos, adquiridos por meio de recursos de emenda da bancada parlamentar paraense, são parte de um conjunto de medidas adotadas pelo Ministério para melhorar a infraestrutura das cidades e promover o desenvolvimento regional.

R$ 40 milhões investidos

No total, foram investidos R$ 40 milhões em 164 veículos – além dos 46 caminhões-caçamba, 104 caminhões coletores de lixo e 14 lanchas ainda serão entregues este ano para mais de 100 municípios. 

Melhores serviços e qualidade de vida

Os equipamentos irão propiciar serviços de mais qualidade nas áreas de limpeza urbana, obras, transporte de produtos agrícolas, entre outras.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Parauapebas: Policlínica recebe equipamentos essenciais




Melhorias visíveis

Muitos problemas persistem, mas as melhorias na rede pública municipal de saúde são visíveis.

Hoje (29), o prefeito de Parauapebas participou da entrega de vários equipamentos à Policlínica municipal.

Crianças e idosos com dificuldades de locomoção estão recebendo uma atenção especial da equipe da rede pública municipal de saúde.

Superando dificuldades

Os problemas herdados do governo anterior são graves, alguns persistem, mas a melhoria na rede pública de saúde já é visível.

Veja imagens 

A imagem pode conter: 12 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, sapatos e área interna

Parauapebas: Quem estaria patrocinando os ataques às mulheres parlamentares nas redes sociais da capital do minério

As denúncias são frágeis, mas a virulência, a manipulação e a misoginia contra as vereadoras de Parauapebas impressionam

Ataques parecem ser patrocinados e coordenados por interesses políticos 






O falso moralismo em voga

Os ataques às vereadoras de Parauapebas, antes de se configurarem uma campanha de boa-fé pela probidade no serviço público, revelam justamente o contrário, o falso moralismo e a manipulação com que alguns grupos tentam se impor no embate político partidário.

Impressiona como "são corajosos", mas só contra as mulheres

Os ataques, virulentos e frutos de montagens e leituras manipuladas nas redes sociais, tem alvos seletivos, esses que atacam as vereadoras são os mesmos que nada fazem contra os vereadores que foram reeleitos usando a máquina pública de forma escrachada, com provas de toda ordem: tem vídeos de propina, tem prática de nepotismo, tem uso de "contratações" criminosamente fracionadas, por serviços que jamais foram prestados, muito mais fácil de demonstrar que tentar ver "o crime dos crimes" numa folha de ponto assinada em ato único. 

Mais de R$ 1,2 mi

Teve vereador que pra se reeleger, usando a secretaria que comandava através de parente (nepotismo), gastou com contratos de serviços individuais mais de R$ 1,2 MILHÃO, acredite, teve contrato pra pintar a fachada do mercado municipal, trocar a rede elétrica, substituir o piso, mudar o ar-condicionado, tirar a janela e depois por a janela, consertar o portão, depois trocar o portão, tudo isso no período eleitoral, e nos contratos não teve misoginia, teve mulher que pintou todo o prédio do CAP, sozinha.

"ÇEI, TÁ SERTO, INTENDI"

Aí, vem uns alucinados, com uma folha de ponto assinada em ato único, querer moralizar a política de Parauapebas, como se diz no "zap zap": "ÇEI, TÁ SERTO! INTENDI".

A folha de ponto



Resultado de imagem para folha de ponto



A acusação contras as vereadoras de Parauapebas, pasmem, que segundo os patrocinadores das denúncias tentam mostrar como o "crime dos crimes", seria apenas folhas de pontos de frequência numa escola ou órgão da secretaria de educação que foram assinadas em data única, mas que para alguns dias assinados as pessoas não compareceram aos locais de trabalho.

Piada é o que parece

Parece piada, principalmente quando se tem assessor na presidência da Câmara de Parauapebas, dizem que o mais influente deles, que estava preso poucos dias antes de assumir o cargo, preso por crimes contra a administração pública.

Parece piada, quando nessa mesma Câmara, mais da metade dos vereadores são processados na justiça por condutas bem mais graves, alguns deles recebendo propina "ao vivo e a cores".

Denúncia frágil e armada contrasta com os níveis dos ataques

As denúncias são frágeis e não irão prosperar no MP, por vários motivos. 

Primeiro, as vereadoras podem acumular os cargos públicos em questão, inclusive eventuais faltas podem ser justificadas pelo exercício das suas atividades parlamentares; segundo, elas também pode compensar essas faltas noutras datas; terceiro, é comum a folha de ponto ser assinada em série, como quase todos os servidores fazem, numa data qualquer, podendo ser refeitas e tornadas nulas, detectados os erros.

Vamos denunciar os loteamentos, vamos denunciar a VALE, vamos!

A população de Parauapebas, através dos cofres públicos, gasta milhões de reais (dezenas ou mais de uma centena - R$ 100 milhões) em obras nos loteamentos irregulares, obras que deveriam ter sido realizadas pelos donos das propriedades, mas que são pagas pelo contribuintes.

Numa delas, conhecida nacionalmente, um terreno foi comprado por R$ 100 mil e vendido, 8 meses depois, por mais de R$ 15 MILHÕES para a prefeitura, como se fosse um loteamento regular. Tem até laudo pericial dizendo que está tudo "acertadinho".

Silêncio, abissal silêncio, inclusive no MP

Sobre o que importa, o silêncio é profundo, abissal. 

O Ministério Público não deveria cobrar dos proprietários as despesas realizadas pela prefeitura com a infraestrutura que a lei exige pra que a área tivesse sido loteada?

Então! Vamos falar de folha de ponto!

DIRETAS, JÁ!

As impressionantes imagens da gigantesca manifestação pelas "DIRETAS, JÁ" - em Copacabana - Rio de Janeiro/RJ





Será difícil empurrar outro presidente ilegítimo

Foi chuva, nevoeiro, mas o carioca foi à praia de Copacabana e não arredou o pé, desde o começo da amanhã e adentrando pela noite.

A população cansou de coxinha, lava jato e manipulação de Rede Globo em favor de uma quadrilha que insiste em assaltar o Brasil e o povo brasileiro.

Quadrilha, diga-se de passagem, cujos membros estão no parlamento, no executivo e, principalmente, no poder judiciário.

domingo, 28 de maio de 2017

DIRETAS, JÁ! Hoje (28), os cariocas fizeram o maior ato político da história de Copacabana

O Rio de Janeiro começou o movimento "DIRETAS, JÁ!"

A maior manifestação política da história de Copacabana 




Estremeceu a GLOBO, o Temer e o PSDB

O carioca deu o tom, mais de 200 mil pessoas na praia de Copacabana exigem DIRETAS, JÁ!

Debaixo de chuva, nevoeiro, mas o povo não arredou o pé, o movimento foi gigantesco, assustando os TEMER, GLOBO e PSDB.

Espontâneo

Caetano Veloso, Maria Gadú, Mano Brow e vários artistas deram o tom dessa festa do resgaste da democracia brasileira.

O movimento vai se agigantar mais ainda, pra desespero da trupe que comandada pela Rede Globo assaltou o poder político, invadiu o planalto e roubam direitos dos brasileiros.

Temer cai, o povo deve escolher o seu caminho

O ato contou com a organização das frentes Povo sem Medo e Brasil Popular. “É um fato: Temer não se sustenta mais na presidência. Agora é hora de escolhermos o nosso caminho”, afirmam os organizadores.

Uma multidão jamais vista em COPACABANA - DIRETAS, JÁ!


Aécio, o "mineirin", o filho de FHC e o próprio FHC devem parar na cadeia, diz jornalista





A  "republika de kuritiba" na suruba do Jucá

Com a absolvição da mulher do CUNHA fica tudo mais claro a cada dia, a "republika de kuritiba" entrou na suruba do Jucá.

PSDB e Temer

A JBS e a ODEBRECHT mostraram que o negócio é do PSDB, do TEMER e de parcela corrupta do judiciário e MPF.

Mercado de delações 

Mais cedo ou mais tarde, esse mercado de delações e seus advogados cairão como uma bomba no colo da "republika de kuritiba".

Caindo todos, mas ainda soltos

Quem eles mais desejavam proteger, por ironia, o Brasil inteiro já sabe que são notórios ladrões: Aécio, o "mineirin", é apenas um operador.

STF e PGR escondem gravações mais comprometedoras

O que mais se comenta é que o STF  e a PGR escondem as gravações mais comprometedoras, algumas delas envolvendo os donos da REDE GLOBO, a JBS era o principal anunciante da emissora.

sábado, 27 de maio de 2017

LULA recebe consultor do Papa Francisco

Consultor do PAPA diz que LULA é uma referência para o mundo da paz e da justiça social




LULA

Na última quinta-feira, Juan Grabois, consultor do Papa Francisco, conversou reservadamente com Lula, quando lhe presenteou com uma cópia da encíclica "Laudato Si". 

Consultor do PAPA diz que LULA é uma referência para o mundo

Grabois lembrou que LULA é uma referência mundial no combate à fome recordando o seu programa Fome Zero e o prêmio recebido por ele da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

O ex-presidente mostrou interesse em conhecer mais sobre os encontros mundiais de movimentos populares com o Papa, dois deles realizados no Vaticano e outra em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), no qual Grabois foi uma figura chave. 

Nazifascismo é uma ameaça viva

O emissário do Papa FRANCISCO disse ao presidente LULA que está preocupado com o atual contexto de "ressurgimento de uma forte ofensiva contra as forças populares" por parte de representantes do nazi-fascismo.

No final da conversa, o consultor do Vaticano também apresentou cópias de três discursos do Papa, em português, em cúpulas mundiais e saiu com a impressão de que LULA é "o único que pode resolver a crise no Brasil."



O GRITO DO POVO EM BRASÍLIA E O DRAGÃO DE TRÊS CABEÇAS - Por Raimundo Moura

O último dia 24 de maio de 2017 foi histórico para a classe trabalhadora. O povo brasileiro, organizado nos diversos movimentos sociais, populares e sindicais, deu o seu recado aos três poderes da república: todo poder emana do povo!

A classe trabalhadora se rebela de forma unificada para continuar a viver e ser reconhecida como gente que merece respeito e dignidade.

O povo venceu o medo e compreendeu que não dá mais para ficar de joelhos, esperando ser torrado pelo "dragão de três cabeças", representado pelos poderes executivo, legislativo e judiciário.

Mas a reação foi imediata e tirana, sobretudo porque quem domina tenta calar qualquer resistência popular que ousa lutar contra a ordem e o progresso da burguesia, por isso para esvaziar e enfraquecer essa resistência que vem do povo, bate, amedronta, ilude e, sem piedade, calunia, tortura e até mata quem ameaça a ordem do sistema dominante e explorador. Já fizeram isso no passado e continuam fazendo no presente por meio de um golpe parlamentar, judiciário e midiático que o povo brasileiro sofreu em nome da manutenção do poder do capital em detrimento do sofrimento da população.

A grande verdade que a mídia burguesa não contou é que o povo foi mal recebido na capital do seu país. Fomos recebidos pelas forças armadas do estado burguês que tentou calar a boca de uma sociedade revoltada e humilhada por um presidente ilegítimo e corrupto, que juntamente com um congresso cheio de ratos está destruindo o pouco de soberania que ainda existe no Brasil.

Nosso país está inundado na corrupção e tomado por uma crise institucional, política, social e ambiental.

O episódio de Brasília provou que esse presidente golpista e seu congresso de bajuladores não respeitam a democracia brasileira, por isso transformaram a capital da nossa república num verdadeiro campo de guerra. Só que o alvo foi a própria nação brasileira que foi exigir que o Temer "vaze" do comando do nosso país, dizer não as reformas golpistas e que o congresso convoque DIRETAS JÁ.

O que é mais imoral e vergonhoso é que enquanto esse episódio acontecia em Brasília, mais um massacre de trabalhadores rurais acontecia no Sul do Pará. Novamente a polícia militar, sob o comando do Governo do Estado do Pará, Simão Jatene do PSDB, assassinou de forma covarde e brutal, 10 camponeses, dentre esses uma mulher, liderança do STR de Pau Darco. Isso depois de 21 anos do Massacre de Eldorado.

Nesse mesmo dia, no município de Marabá, no Sudeste do Pará, os educadores tiveram o seu plano de cargo, carreira e remuneração rasgado na Câmara de Vereadores que preferiram servir o prefeito municipal Tião Miranda ao invés de defenderem a valorização profissional dos educadores.

O que mais esperar de um país golpeado pela direita burguesa que não valoriza a vida do povo trabalhador?

Diante de tamanha barbárie e covardia do estado opressor e assassino, cabe aos movimentos sociais, sindicais e populares, continuar lutando pelo "Fora Temer" e todos os corruptos do poder. Eleições diretas já e justiça no campo e na cidade.

A libertação dos oprimidos tem que ser obra dos próprios oprimidos. Vitória nenhuma cai do céu além da chuva.

A grande sementeira foi plantada em Brasília, agora deve ser cultivada em cada estado e região brasileira, para alimentar cada vez mais a luta e a resistência popular.

Fora Temer, Jatene e todos os prefeitos, vereadores, deputados e senadores, inimigos do povo!



Parauapebas: Com humildade e simpatia, prefeito surpreende no "whatsap"

O prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, encara o "zap zap" e ainda convida o seu antecessor pra participar de inauguração de obras 




Darci no "zap zap"

As redes sociais tem sido um campo minado para os políticos, mas o prefeito de Parauapebas Darci Lermen encarou o "zap zap" e se saiu muito bem.

O prefeito também usa o Facebook pra se comunicar diretamente com a população.

Prefeito ligado 

Darci Lermen mostrou que está "ligado" nas redes sociais, surpreende os internautas, não deixa passar uma em branco, mostrando que também acompanha o que se passa nessas novas ferramentas de participação democrática, boa parte das vezes usadas por parcelas da população com uma finalidade política/partidária de apoio ou de oposição a um  governo.

O fato é que Darci tá "on line".

Usou a rede pra convidar o seu antecessor pra inauguração do Residencial Alto Bonito

O residencial Alto Bonito é uma obra do governo federal, com pequena participação municipal, iniciada no governo Valmir da Integral, agora, com o retorno de Darci à prefeitura, finalmente a obra será entregue à população.

Numa atitude mais que justa, Darci convida seu antecessor para a cerimônia de entrega das chaves.

Novo tempo

O prefeito percebe que sua nova administração está inserida num novo tempo.

Usou a rede social pra consultar 

DARCI LERMEN pediu a opinião dos internautas sobre a provável participação da prefeitura numa tradicional festa que vem sendo realizada todos os anos, quis saber se o município deve financiar e, nesse caso, como tornar o evento mais acessível à população.

Cara e uso político partidário

Nos últimos anos a FAP estava sendo muito criticada por uso político e partidário, sendo que apesar de receber recursos públicos os ingressos eram sempre muito caros.

Humildade

Darci mostra humildade e consegue a participação e sugestões dos internautas que criticam de boa fé, mostrando os erros da administração, evidente que tem uma parcela que apenas quer "picunhar", mas o prefeito tem espírito e respeita todos os seus interlocutores.

No Facebook, não é de hoje, o prefeito de Parauapebas está na ativa

Um dos vídeos do prefeito, em homenagem às mães, já teve milhares de visualizações e é um grande sucesso, certo que a sanfona não ajuda, mas o prefeito mostra sua simpatia e muita vontade de acertar o passo.




sexta-feira, 26 de maio de 2017

"Eldorado de Jatene": Chacina pode ter sido ato de vingança dos policiais, ou seja, crime premeditado

Policiais envolvidos na chacina de Pau 'Árco são afastados, indícios são de que houve execução por vingança - 7 vítimas eram da mesma família


REDENÇÃO, PARÁ, BRASIL, 26-05-2017: Cerimônia de enterro no cemitério de Redenção após a ação conjunta das polícias Militar e Civil do Pará que terminou com dez pessoas mortas na fazenda em Pau d'Arco (867 km ao sul de Belém), nesta quarta-feira (24). Trata-se do episódio mais violento ligado à disputa agrária em 21 anos, desde o massacre de Eldorado do Carajás, cidade na mesma região. Na ocasião, PMs mataram 19 sem-terra ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra). Secretaria Estadual de Segurança Pública do Pará afirmou que os policiais estavam cumprindo mandados de prisão de suspeitos de terem matado um segurança da fazenda Santa Lúcia, alvo de disputa agrária, no início deste mês. Ainda de acordo com a versão oficial, eles foram recebidos à bala no local e reagiram. No acampamento, teriam sido apreendidas algumas armas de fogo. Não há informação de policiais feridos. O novo massacre ocorre em meio a uma escalada de violência ligada a disputas agrárias no Pará. Ao menos 17 pessoas morreram nas últimas semanas no Estado por esse motivo, segundo a CPT. O Pará é o Estado com mais mortes no campo, de acordo com a CPT. De 2007 a 2016, foram 103 assassinatos. Cerca de dois terços dos casos ocorreu no sudeste do Pará, palco do massacre desta quarta. (Foto: Avener Prado/Folhapress, PODER) Código do Fotógrafo: 20516 ***EXCLUSIVO FOLHA***
Leia AQUI na Folha


Massacre no Pará pode ser retaliação de policiais, diz CNDH


Foto: Comissão Pastoral da Terra



por Ciro Barros

Para Darci Frigo, entrevistado pela Pública, mortes na Santa Lúcia podem ser retaliação à morte de segurança; é a segunda maior chacina do campo brasileiro nos últimos vinte anos.

O presidente do Conselho Nacional de Direitos Humanos (CNDH), Darci Frigo, contestou a versão apresentada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) do Pará sobre a morte de dez posseiros na fazenda Santa Lúcia, em de Pau D’Arco (PA), na última quarta-feira (24). “A pergunta que a gente se faz é se não foi uma ação de vingança tendo em vista a morte do segurança da fazenda há poucos dias no local”, disse Frigo em entrevista à Pública nesta quinta-feira.

Ele se refere à morte do segurança Marcos Batista Montenegro, baleado no último dia 30 de abril quando patrulhava a fazenda ocupada. Os tiros teriam sido disparados pelos posseiros. No dia da chacina, os policiais civis e militares, liderados pela Delegacia de Conflitos Agrários (Deca) de Redenção, foram à ocupação para cumprir 16 mandados de prisão e de busca e apreensão relacionados ao assassinato do segurança. Segundo a Segup, eles teriam sido recebidos a tiros pelos posseiros. Dos dez mortos, sete eram da mesma família: o casal Jane Julia de Oliveira e Antonio Pereira Milhomem, seus três filhos e dois sobrinhos.

O "ELDORADO" DE JATENE: Policiais da chacina ADULTERARAM a cena do crime, diz a OAB e o MPF

 “Não havia sequer cheiro de sangue no lugar apontado. Já vi várias cenas de crimes e isso não é normal. Especialmente em chacinas deste tipo”, diz a Procuradora Federal que visitou a "suposta" cena da chacina

OAB requer afastamento dos policiais, mas silencia sobre o JUIZ que deu a ordem e simplesmente não adotou outras medidas preventivas para evitar esse tipo de resultado.


"A cena do crime deve ser preservada, mas os policiais envolvidos na chacina, retiraram os corpos e as armas do local", questiona promotora de justiça

E o JUIZ que ordenou a reintegração de posse sem adotar outras medidas pra evitar esse tipo de desfecho

Como um juiz determina uma reintegração de posse de uma fazenda, com todo o histórico de violência no estado, mas não ordena a filmagem da ação policial, é o questionamento principal que se deve fazer ao judiciário do Pará.

Não deveria o digno magistrado, por precaução, acompanhar a ação policial, pedir a lista dos policiais e equipamentos envolvidos. Juízes, hoje no Brasil, são "proativos", mas no caso, tão ortodoxos se revelam.

Diretor de Polícia do Interior é questionado

Durante a reunião o diretor de polícia do interior, João Bosco, foi questionado sobre a retirada dos corpos e das armas antes que ocorresse uma perícia no local do crime. Para a promotora Ione Nakamura, “a cena de crime é de extrema importância para se apurar as responsabilidades e foi citado na reunião que os corpos foram retirados do local e encaminhados para o hospital. Isso vai ser apurado pelos promotores que acompanham a situação”.

Provas adulteradas

Parece ridícula a a versão apresentada pela polícia do governo Jatene, mostrando fotos de armas no chão, já em Redenção, distante mais de 60 km da cena do crime, aliás, o local do crime foi destruído completamente pelos policiais.

A OAB/PA pede o afastamento dos policiais, mas o MPPA ainda não tomou qualquer atitude.