quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Parauapebas: o Procurador Nelson Medrado e a rica capital do minério

Procurador Nelson Medrado, temido por prefeito pobre, mas em Parauapebas apenas um TAC 

Em Parauapebas, apesar de ilegalidades e indícios de corrupção, 
procurador NELSON MEDRADO se limitou a assinar um TAC

Na rica capital do minério, Parauapebas, o procurador de justiça Nelson Medrado não é tão temido, diferente das cidades pobres do interior do Pará.

Centenas de milhões para advogados, inclusive do PSD

Parauapebas gasta milhões, aliás, centenas de milhões de reais, isso mesmo, CENTENAS DE MILHÕES DE REAIS em contratos de consultoria, sem licitação, apenas para um advogado o atual prefeito VALMIR DA INTEGRAL pagou mais de R$ 40 milhões.

Para outro advogado, do PSD, mesmo partido do prefeito da rica capital do minério, foram pagos quase R$ 1 milhão, sem licitação.

Nepotismo

O prefeito da rica capital do minério contrata a própria filha, para um cargo público, mas se populares não entram na justiça, tentando afastar o NEPOTISMO, o Ministério Público do Pará nada faria no município, nada fez até o momento, que se saiba.

O lixo também receberá um TAC, procurador NELSON MEDRADO?

Eliene cobra limpeza na cidade e esclarecimento
sobre contratos na Semurb
No blog do Luiz Vieira (VEJA AQUI) tem algumas coisas que o Procurador Nelson Medrado e a promotora de justiça Crystina Michiko poderiam dar uma lida, depois, poderiam espiar os doadores de campanha para a eleição do prefeito de Parauapebas, em 2012.

A vereadora Eliene Soares cobrou uma solução para o caos que Parauapebas vive no atual momento, com a cidade tomada pelo lixo, apesar de milhões estarem sendo pagos sem qualquer transparência.

Mistério no hospital - um TAC

O estranho, Parauapebas tem o direito de achar muito estranho, é que o procurador mais temido do Pará, em Parauapebas, no reino da corrupção e ilegalidades, o atual governo seja presenteado pelo temido procurador com um TAC, termo de ajustamento de conduta, apesar do município gastar centenas de milhões de reais sem licitação.

Um TAC, aliás, viva o TAC

Para os contraceptivos, um TAC; para a fraude no transporte escolar, um TAC; para o Nepotismo, um TAC; para a compra de livros, um TAC; para superfaturamento dos shows, um TAC.

Em Parauapebas: descrença!

Na cidade, já virou anedota na boca de qualquer cidadão, que o governo VALMIR DA INTEGRAL, o mais corrupto que o município já viu, é blindado, não adianta mexer que o homem é um "rosa-cruz"!

Não há blindagem

O Ministério Público do Pará não blinda ninguém, com certeza as investigações estão em andamento, logo a casa cairá! É nisso que acreditamos!

Um comentário:

  1. Tac pra lá, tac pra cá, quem leva a tacada é o povo!

    ResponderExcluir