sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Parauapebas: Marcelo Catalão é condenado por propaganda ilegal

A justiça eleitoral determinou a apreensão do carro e aplicou multa de R$ 15 mil

Catalão é condenado a pagar R$ 15 MIL
de multa por propaganda ilegal


Propaganda ilegal

O PMDB, no dia 20/07/2016, ingressou com uma representação na justiça eleitoral contra o partido DEMOCRATAS e MARCELO CATALÃO, em virtude de propaganda eleitoral antecipada e ilegal.

Carro de som apreendido

Marcelo Catalão violou a legislação eleitoral ao utilizar carro de som para convidar a população de Parauapebas para participar de evento interno do DEM. O juiz Eleitoral, liminarmente, determinou a busca e apreensão do carro de som utilizado.

Catalão foi condenado a pagar R$ 15 mil de multa

Quanto ao mérito, o Juiz Eleitoral sentenciou multa de R$ 15 mil contra o candidato Marcelo Catalão e contra o partido DEM.

O carro de som ainda era irregular

O Juiz Eleitoral decidiu liberar o carro apreendido, sob a condição que o seu proprietário regularize junto ao Detran-PA seu registro.

Marcelo Catalão recorreu

O candidato do DEM recorreu ao TRE-PA.

4 comentários:

  1. E ele pagou? O juiz viu a cor do dinheiro? Aliás, esse juiz tem juízo? Sei não!

    ResponderExcluir
  2. Foi condenado ontem a mais R$ 30.000,00 por utilizar seu numero de campanha antecipadamente, com isso o MARCELO CATALÃO já pagou um total de R$ 60.000,00 em multas.

    ResponderExcluir