terça-feira, 27 de outubro de 2015

Parauapebas: Polêmica continua, prédios do MINHA CASA MINHA VIDA podem ter problemas graves


Prédios podem ter problemas estruturais. 

Prefeito pagou cerca de R$ 50 MILHÕES pelo pedaço de morro.

Servidores da secretaria de obras pedem inspeção em prédios do Alto Bonito, prefeitura de Parauapebas ainda não se manifestou oficialmente e nada esclareceu.



Tudo errado, desde o início

As obras do residencial estão enlameadas em polêmicas, começando com a milionária desapropriação do terreno onde estão localizados os prédios, um morro, sem qualquer valor comercial, ambientalmente inadequado para a construção de residências.

Explicações é o que a população deseja e merece

Os boatos de rachaduras no ALTO BONITO partem de servidores da própria SEMOB, a secretaria responsável pelas obras, circulando pela cidade de Parauapebas, apontando que os prédios do residencial estariam com sérios problemas de infraestrutura e segurança.

Esse tipo de prédio, como constata a foto abaixo, vem apresentando problemas em outras cidades do Brasil, alguns deles tiveram que ser demolidos.



A foto acima, foi publicada AQUI erroneamente,  
não é do Residencial Alto Bonito em Parauapebas, mas é de
prédio igual e também do programa MINHA CASA MINHA VIDA.
A suspeita é que em Parauapebas os problemas sejam graves, mas 
o governo VALMIR DA INTEGRAL não esclarece nada

Em Parauapebas há um agravante que preocupa a população, os prédios foram construídos numa área imprópria, em cima de um morro, que pertencia a amigos do prefeito de Parauapebas e foi desapropriada por valores que podem alcançar os R$ 50 MILHÕES.

Localização e paralisações podem ser a causa dos problemas

Os problemas seriam decorrentes do próprio solo inapropriado para receber os prédios (um morro) e de várias interrupções não programadas dos trabalhos, por falta de pagamento dos funcionários.

Um gabinete degringolado


O novo chefe de gabinete, WANTERLOR BANDEIRA, já chegou com idéias velhas e com métodos velhos, talvez buscando sintonia com um governo envelhecido e degringolado. 

Na falta de um de verdade, o rapaz pensa que é o prefeito, vai degringolar que nem os outros, é só começar a contar os dias.

Desocupado 

O chefe de gabinete mais parece um desocupado, feito um energúmeno ataca o Sol do Carajás numa rede social da "imprensa adocicada e tutuzeira de Parauapebas".

O moço perde seu tempo, ao invés de se preocupar em prestar esclarecimentos do que realmente está ocorrendo no residencial Alto Bonito, que é o que interessa ao povo de Parauapebas.

Fatos graves preocupam Parauapebas

O Sol do Carajás teria enorme satisfação em publicar esclarecimentos para a população sobre o que está ocorrendo no residencial ALTO BONITO, pelo jeito, estão escondendo algo muito grave, é a suspeita. 


Isso que é "barra pesada"!

4 comentários:

  1. Melhor caírem todos agora em um horário que não tenha ninguém trabalhando,do que depois cheio de gente morando, tudo errado em parauapebas, já esta fazendo aniversario esses escândalos e pouco foi feito.vamos esperar mais quanto tempo? Parabéns ao Sol do Carajás pois é um dos poucos que esta fazendo um ótimo trabalho de manter todos informados, um belíssimo trabalho que não adianta se as autoridades responsáveis e a população não ajudarem no sentido de resolver e não deixar a corda soltar de novo,outro projeto bem gordo já foi aprovado na câmara e ai em quanto tempo iremos saber de mais roubos?

    ResponderExcluir
  2. fala sério, quem tem o dever de fiscalizar e denunciar é o conselho, e até agora todos estão pianinhos, essa é a pior gestão de conselho da habitação. Ou se venderam ou estão com medo!

    ResponderExcluir
  3. Nunca vi colocar um Chefe de Gabinete que fez campanha eleitoral contra é do PT não simpatiza com o Prefeito, eita senhor Valmir tem aquele velho ditado "aqui se faz aqui se paga" o senhor vai a lambança que Wanterlor nesse gabinete, ai prefeito de enrola mais e mais, ta tudo dominado!!!

    ResponderExcluir
  4. Erro proposital diga-se de passagem... o velhote realmente mete os pés pelas mãos, pior gestão do peba, mas colocar uma noticia "errada" é sempre um a mais pra ajudar a empurrar do precipício.

    ResponderExcluir