terça-feira, 31 de outubro de 2017

Espanhol faz acusações a LAVA JATO de cobrar propina e procurador "boca de ovo" ameaça deputado

A LAVA JATO é uma operação nefasta, está destruindo as empresas e a democracia brasileira, além de proteger os políticos do PSDB, os interesses da Rede Globo e da grande mídia



No dia em que protocolou na CPMI da JBS o conteúdo da conversa que teve com o advogado Rodrigo Tacla Duran, que tem denunciado irregularidades nas delações premiadas da operação Lava Jato, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) reagiu com indignação e classificou como "ameaça" uma crítica a ele feita pelo procurador Carlos Fernando dos Santos Lima; o procurador afirmou que as críticas de Pimenta ao processo de delações premiadas seriam em função das "revelações de como a política é feita hoje em dia" e avisou que "2018 vem aí"; "Nem a ditadura ameaçava seus opositores de forma tão explícita. Será que isso tem a ver com o conteúdo do áudio de Rodrigo Tacla Duran, que eu e Wadih Damous protocolamos hoje na CPMI?", questionou Pimenta; "Dr. Carlos Fernando, ainda não nasceu o Procurador que vai me intimidar!!", disse o petista.

Procurador milionário

Segundo o deputado, em levantamento, via Lei de Acesso à Informação, verificou-se que o procurador Carlos Fernando Santos Lima recebeu R$ 368.874,72 em diárias entre 2013 e fevereiro de 2017. Entre os destinos do procurador estão viagens para Estados Unidos e Áustria.

Apenas de diárias!

Vergonha!

A pistolagem foi ressuscitada no Pará, sob o governo de JATENE

Assista a reportagem de Luiz Carlos Azenha



O assassinato de Jones William e o show de horrores em Tucuruí-PA

Segundo o delegado-geral, a espetaculosa operação foi para ouvir "depoimentos"



Operação prendeu a mãe do prefeito de Tucuruí

Ontem, segunda-feira (30), cerca de 50 policiais participaram de uma operação na cidade de Tucuruí-PA.

A ação policial  foi comandada pelo delegado-geral da Polícia Civil, ao final da tarde a mão do prefeito de Tucuruí, Sra. Josy Brito, teve a sua prisão temporária decretada por um juiz da comarca.

O espetáculo

Segundo o delgado-geral, o objetivo principal da operação foi ouvir pessoas cujos depoimentos são necessários para instruir o inquérito policial sobre o crime. 

Uma operação dessa envergadura apenas para ouvir depoimentos não seria o caso.

Irreparável dano a imagem, apenas para ouvir o depoimento

O atual prefeito da cidade foi exposto de forma irreparável, evidente, tem que ser pra algo mais que seu "depoimento".

Diz o delegado-geral

"Nem todas as pessoas apresentadas estão na condição de investigadas por envolvimento no crime, mas são pessoas que se fazem necessárias de serem ouvidas".

Evidente, as pessoas que não estão sendo investigadas poderiam ser poupadas do espetáculo policial.

Sobre o atual prefeito

Na coletiva para a imprensa, disse o delegado que o atual prefeito de Tucuruí, Arthur Brito, não foi preso, nem teve a condução coercitiva decretada, "ele foi notificado a comparecer espontaneamente à Superintendência de Tucuruí para prestar informações importantes ao inquérito".

O grau de exposição a que foi submetido o prefeito e seu nome, exige que a Polícia Civil do Pará tenha muito mais a dizer sobre os fatos.

Exposto de forma visceral

Evidente, o prefeito foi exposto de forma que sua imagem junto à população de Tucuruí está irremediavelmente atingida, como diria o ilustre delegado, ele foi "notificado" para o resto da sua vida.

No tempo que o Brasil tinha uma Constituição, era preciso uma ordem judicial de um desembargador para "notificar" um prefeito.

As aparências

Será inaceitável, depois desse espetáculo e do grau de exposição do prefeito e da sua família, que a gloriosa Polícia Civil do Jatene não apresente provas contundentes contra as pessoas expostas na operação de ontem. 

Por certo, o juiz, o promotor e o delegado tem muito mais que indícios para promoverem o espetáculo que fizeram ontem em Tucuruí-PA.

Tem que ter.

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

TUCURUÍ/PA: Aos gritos de assassina, mãe de prefeito é levada para o presídio de Belém-PA

Justiça decreta prisão temporária de Josy Brito, suspeita de mandante da morte de Jones William




Perplexidade 

A população de Tucuruí-PA está perplexa com os fatos revelados pela Polícia Civil do Pará, a família do atual prefeito da cidade, ARTUR BRITO, está envolvida no assassinato de JONES WILLIAM.

Revolta

A mãe do prefeito, a Sra. JOSY BRITO, foi presa temporariamente e conduzida para um presídio em Belém.

O caso

Artur Brito, o atual prefeito, foi eleito em 2016 na chapa encabeçada por Jones William, este foi executado por pistoleiros em 25 de julho último, hoje, uma quadrilha, liderada pela mãe de Artur Brito, foi presa em Tucuruí-PA.

Assista o vídeo do momento da sua transferência sob os gritos de revolta dos populares contra


PARÁ: Polícia Civil pode ter desvendado assassinato de Jones William, prefeito eleito de Tucuruí-PA




Prisões

Nesta segunda-feira, 30 de outubro, cerca de 50 policiais civis cumpriram 13 mandados de condução coercitiva, 10 de busca e apreensão e 3 de prisões temporárias relacionados a morte de JONES WILLIAM, prefeito eleito de Tucuruí-PA, executado por crime de pistolagem  em 25 de julho de 2017.

Prefeito e membros da sua família são os principais suspeitos

Os alvos foram o atual prefeito de Tucuruí, Artur Brito, e membros da sua família, como a sua mãe, Josy Brito,  e o seu irmão, Lucas Brito.

Também foram alvos amigos e pessoas ligadas ao prefeito.

Mais 5 mortes por queima de arquivo

A investigação se deparou com mais 5 assassinatos, tudo indica que se trata de queima de arquivo, relacionados  com a morte de JONES WILLIAM. 

Parauapebas

As investigações também rodearam o meio político e empresarial de Parauapebas, onde 2 nomes foram arrolados, mas pelo começo do desfecho os rapazes não teriam envolvimento no caso.

Inacreditável

A morte do prefeito de Tucuruí-PA, a confirmar as suspeitas da Polícia Civil, configura uma inacreditável falta de humanidade e desmedida ambição dos denunciados.

Evidente, não se pode cogitar que a Polícia Civil não tenha certeza dos fatos, tamanha a exposição dos suspeitos, principalmente do atual prefeito, Artur Brito.

Condenação por improbidade ainda não afetou a elegibilidade de Chamonzinho para 2018, dizem especialistas

Ação Civil Pública por Improbidade foi em 2009, mas a condenação saiu em junho de 2016





Veja os dados da ação de improbidade

O processo n° 0000198-07.2009.8.14.0018, autuado em 25 de março de 2009, nele o ex-prefeito de Curionópolis-PA, Wenderson Azevedo Chamon, o Chamonzinho, foi condenado em juízo de primeira instância por violação aos princípios da administração pública, mas segundo especialistas em direito eleitoral, a condenação ainda não impede um eventual registro de candidatura. 

A condenação é de 13 de junho de 2016, já faz mais de ano.

Remoção injustificada de servidores

O ex-prefeito foi condenado por remover/transferir dois servidores públicos concursados para área remota do município de Curionópolis, nos autos da ação o MP acusou Chamonzinho de desvio e abuso de poder, por usar o ato para fins de perseguição aos agentes públicos.

A lei prevê no caso a perda dos direitos políticos

No caso, esse tipo de improbidade praticada por Chamonzinho, a lei também prevê a perda da função pública e dos direitos políticos por 3 a 5 anos.

O judiciário aliviou na pena

O fato, a pena aplicada ao ex-prefeito CHAMONZINHO pelo judiciário de Curionópolis foi bastante leve, foi condenado a pagar uma multa equivalente a 25 salários de prefeito e a proibição de contratar com a administração pública por 3 anos.

Incoerência

Coisas do judiciário brasileiro, cada dia mais desmoralizado, pois imagine a situação em que um indivíduo não serve pra ser contratado, mas pode ser eleito deputado e contratar terceiros em nome da mesma administração pública com a qual ele não poderia nem passar perto dela por 3 anos.

Quem entende essas coisas?

Entendeu? Vamos tentar explicar de novo: "ele não serve pra ser contratado pela administração pública, mas pode contratar em nome da administração pública".

Entendeu? Isso mesmo, você está certinho, a coisa é feita para o cidadão não entender. Caso você tenha entendido, você é um "Einstein".

Recurso

Na página oficial do Tribunal de Justiça não tem qualquer informação sobre a existência de recursos, seja por parte do condenado Chamonzinho ou do Ministério Público.

Especialistas dizem que se o Ministério Público recorrer e em segunda instância a condenação de Chamonzinho for agravada, ele pode ficar fora das eleições de 2018, em caso da suspensão dos direitos políticos de 3 a 5 anos, como prevê a lei.

domingo, 29 de outubro de 2017

Jatene quer a renúncia do seu vice, o pastor e político profissional Zequinha Marinho




Jatene não confia no seu vice, um pastor e político profissional

A nota do Diário do Pará revela a dificuldade da aliança governista para as eleições de 2018, JATENE já confidenciou que não renuncia pra entregar a cadeira para o seu vice, ZEQUINHA MARINHO, o governador tem como certa a traição do rapaz, ele não confia no pastor e político profissional.

Para deixar o cargo, o governador exige que o vice também renuncie.

Pastor ambicioso

O pastor político profissional, ZEQUINHA MARINHO, já colocou até sua esposa na "deputagem federal", a moça é aliada de Michel Temer, agora o rapaz sonha com um mandato tampão de governador do Pará, mas JATENE já avisou que se for assim ele ficará no cargo até o último dia do mandato.

O vice rejeitado até pelo "diabo amarelo"

Deus escreve certo por linhas tortas, mas no caso do vice governador, que é rejeitado até pelo "diabo amarelo" da tucanalha, a linha é mais que tortuosa. 

Não compensa

Evidente, é muito difícil JATENE ser candidato a deputado estadual, por simples conta matemática, o resultado não compensa, pois vale muito mais 6 meses de governador, ainda mais em ano eleitoral difícil, que 4 anos de deputado de oposição, diante de um cenário a indicar  que a aliança que governa o Pará perderá em 2018 até para um poste.

sábado, 28 de outubro de 2017

"Monstrinho de Goiânia" se referia a Bolsonaro como futuro presidente e desenhava o símbolo do nazismo por toda sua casa

Aos poucos, fica evidente a necessidade da investigação de Goiânia se estender aos pais do "monstrinho"

É difícil aceitar, mas o "monstrinho" é tão vítima quanto os seus coleguinhas assassinados!

Cuidado com o seguidor de Bolsonaro da sua casa, da sua rede social, ele pode matar você!




As brincadeiras que não são brincadeiras

"Em um trabalho sobre ética, louvou o regime militar, desenhou suásticas em folhas de caderno e nos próprios braços. Os policiais encontraram o símbolo nazista riscado na madeira da cama do jovem. Na escola, colegas relatavam que ele dizia admirar Adolf Hitler. A advogada da família, Rosângela Magalhães, afirmou que os parentes desconheciam a simpatia do adolescente por Hitler, mas confirmou seu hábito de desenhar suásticas, apesar de declarar que isso não passava de “brincadeira de menino que quer se fazer de mau mas não sabe direito o que o dístico significa”. No entanto, não era apenas uma brincadeira."

Leia mais AQUI - www.diariodocentrodomundo.com.br

_______________________________________

Nota: Em Parauapebas, boatos dizem que a prefeitura mantém convênio com escola de katatê que seu "dono" é seguidor de Bolsonaro. É imprudente, escola e criança não combina com quem professa o nazismo, depois acontece algo nessa "escolinha de karatê" e todos dirão que não sabiam. O alerta foi dado!

A escola de seguidores do Bolsonaro fabricou o "monstrinho de Goiânia"

O "monstrinho de Goiânia" adotava o nome de ADOLFO (HITLER), numa conta do SKYPE, disse que matou por que o coleguinha o "amolava"

O "monstrinho de Goiânia" é a face cruel de como crianças são vítimas frágeis da pregação preconceituosa de seitas evangélicas misturadas com o nazismo de seguidores de Bolsonaro, muito em voga em grupos de redes sociais.

Bolsonaro e MBL

O "monstrinho de Goiânia" era filho de policiais da PM do Goiás, o DCM revela a conversa que ele mantinha com um amigo, é assustador, mais ou menos o conteúdo que a gente ver sendo divulgado por seguidores de Bolsonaro e MBL nas redes sociais.

Veja as mensagens do "monstrinho de Goiânia":




A banalização do mal

O monstrinho de Goiânia é apenas uma criança, vítima da banalização do mal.

A mesma conversa de MBL e seguidores do Bolsonaro, dizem que não teve nazismo e nem ditadura militar, sempre tem vários idiotas desses em qualquer rede social que você parte.

Perigosos e covardes

O perigo de seguidores de Bolsonaro não é ele ganhar eleição, não ganhará, o perigo é essa gente ser aceita como pessoas comuns, não são!

Sociopatas

São sociopatas, perigosos, não importa se é seu parente, amigo, colega de bar, uma hora eles perdem o controle, já perderam em parte a vergonha de assumirem o preconceito e o ódio, destilando sua boçalidade e psicopatia nas redes sociais.

Cuidado, não "amole" eles!

AGORA, veja o verdadeiro exemplo CRISTÃO da mãe de uma criança que foi assassinada pelo "monstrinho de Goiânia"


Jornalista escancara a verdadeira face do tucano Sérgio Moro e sua esposa



sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Com mobilização vitoriosa SINTEPP encerra a greve dos professores em Parauapebas

Sintepp e Prefeitura de Parauapebas entram em acordo para o fim da greve




Democracia só faz bem

O SINTEPP foi firme na defesa das suas legítimas reivindicações, teve todas elas de um modo ou do outro contempladas, mesmo com suas limitações orçamentárias e legais o governo Darci Lermen manteve uma postura respeitosa e receptiva aos pleitos dos professores.

Respeito

O governo Darci Lermen respeitou a atuação do SINTEPP, Os legítimos representantes dos profissionais da educação de Parauapebas. 

A própria relatora do Tribunal de Justiça "ressaltou o comprometimento do município de Parauapebas e do Sintepp na busca de uma solução conciliatória"  (clique AQUI) .

Vitória do SINTEPP e da comunidade escolar

No acordo judicial ficou decidido o retorno às atividades na segunda-feira, 30, com reposição de aulas e reformulação do calendário escolar, mas sem o desconto dos dias parados.

Gilberto Bercovici - Professor de Direito da USP

Uma imperdível entrevista sobre o PRÉ-SAL 


A farsante LAVA JATO atingiu seu ápice hoje, com o leilão criminoso do PRÉ-SAL

A LAVA JATO é a política tucana de toga nos ombros, entre os seus objetivos está denegrir a Petrobras para facilitar sua venda a preço de banana e a perseguição ao presidente LULA com "lawfare"


Resultado de imagem para moro e a cia


Contra o crime de "receptação internacional"

Que nem sempre fizeram, os tucanos tentam vender o "pré-sal" a preço de banana, numa verdadeira privataria "lesa Brasil".

O leilão realizado hoje pelo governo padrão LAVA JATO é uma ação tipificada como "receptação internacional".

Os agentes lavajateiros e políticos que nem Aécio Neves são a mesma coisa.

A justiça federal do AMAZONAS tenta barrar o crime de receptação internacional que está em vias de consumação nesta sexta-feira, por meio de liminar um juiz determinou a suspensão do leilão do pré-sal.

Evidente, o juiz honesto do Amazonas,  em algumas horas teve sua decisão revista por um membro do judiciário lavajateiro e compadrio dos "aécios e temerosos" tucanos.

STF em sessão "barraqueira" confirma extinção do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará

O Tribunal de Contas do Estado do Ceará assumiu as atribuições do extinto TCM-CE




Tribunal de Contas pode ser extinto

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) assentou, na sessão desta quinta-feira (26), que é possível a extinção de Tribunal de Contas dos Municípios por meio de emenda constitucional estadual. A maioria dos ministros julgou improcedente a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5763, na qual a Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) questionava emenda feita à Constituição do Estado do Ceará, aprovada em agosto passado, que extinguiu o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-CE).

Alerta para o TCM-PA

Com a decisão do STF, logo outros estados também seguirão o mesmo caminho, as cortes de contas se tornaram instrumentos das disputas políticas e seus julgados mudam com os ventos, um dia decidem "assim" e no outro decidem "assado".

Barraco

Não tinha uma coisa nada haver com a outra, mas na sessão desse julgamento de extinção de um tribunal de contas o que se viu foi uma suprema avacalhação, uma barraco de "fura teto", como sempre envolvendo o ministro GILMAR MENDES, uma espécie de Sérgio Moro do STF, um tucano que julga de acordo com o réu, se for um correligionário tucano, fica solto!


Veja o bate boca na "suprema corte" dos fura teto


Mais um barraco no desmoralizado judiciário lavajateiro e seu compadrio com os político corruptos do PSDB

Nem o fraquíssimo ministro Barrroso suportou o boquirroto Gilmar Mendes, uma espécie de Sérgio Moro da "suprema corte"

O poder judiciário brasileiro precisa ser limpo, chega dessas aberrações de primeira e última instância




Há algo de errado no reino da Dinamarca

A Lava Jato destruiu as instituições brasileiras, além das empresas, nada exemplifica melhor o que é um judiciário lavajateiro que assistir a cúpula dos "FURA TETO" batendo boca no avacalhado STF.

Extinguiram o Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará

Definitivamente não se pode mais levar a sério o judiciário brasileiro, nem se pode considerar o mérito dos seus julgados, tudo virou uma terra de aberrações lavajateiras, ontem, na sessão da "suprema corte brasileira", mais um barraco e sobrou para a Corte de Contas dos municípios do Ceará, foi extinta.

Compadrio com a "tucanalha"

Evidente, num país que juízes da "SUPREMA CORTE" permitem aberrações que nem um SÉRGIO MORO, nem precisa explicar que tipo de "suprema corte" temos, assim mesmo, minúscula!

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Pará: Veja como votou cada deputado do PARÁ na denúncia contra TEMER

11 deputados disseram SIM a TEMER, o corrupto presidente ilegítimo, 5 disseram NÃO




Contra o sentimento da população paraense

Com cínicas e estapafúrdias desculpas, 11 deputados do Pará aprovam, endossam e até comemoram os atos do presidente ilegítimo Michel Temer, esses parlamentares votam contra a população, a favor do trabalho escravo e da corrupção.

Temer ganhou e perdeu nos seguintes estados



Os deputados de 10 estados votaram contra TEMER, em 15 o presidente ilegítimo e corrupto venceu e em 2 ele empatou, caso de Pernambuco e Mato Grosso do Sul.

Apenas em 3 estados os deputados deram o quórum necessário para o prosseguimento da denúncia, no ACRE, ESPÍRITO SANTO e ALAGOAS.


PARÁ: O PSDC inicia as articulações para as eleições de 2018

Abraão Benassuly
Um dos partidos que mais cresce no Pará

Abraão Benassuly preside o PSDC, vem conduzindo o partido para um crescimento contínuo em todo as regiões do Pará.

Eleições de 2018 

Abraão Benassuly deixou o governo Jatene e prepara o PSDC para as eleições de 2018,  o seu partido está organizado em quase todos os municípios do estado.

60 municípios

Em 2016, o PSDC teve candidatos e votos nas eleições de 60 cidades em todas as regiões do estado. Obteve nas eleições proporcionais 77.523 votos. Um crescimento significativo, comparando com as eleições de 2012, quando alcançou 42.924 votos.

Disputa acirrada

Como mostrou as eleições de 2014 e confirmam as pesquisas eleitorais mais recentes, o Pará promete uma eleição também acirrada em 2018.

Com todo gás

Abraão Benassuly quer o PSDC crescendo ainda mais e está muito empenhado nas articulações para as eleições do ano que vem (veja aqui).

JUSTIÇA: Prefeito de Parauapebas comemora mais uma vitória na batalha por um novo royalties da MINERAÇÃO

Comissão mista do Congresso Nacional aprova MP dos royalties da mineração

Proposta aprovada beneficia toda a sociedade brasileira, contempla os municípios produtores, tipo Parauapebas, e os municípios-não produtores de minério, mas afetados pela exploração MINERAL de empresas tipo a VALE




Aprovada a CFEM de até 4% para o minério de ferro

Ontem (26), foi aprovada as novas taxas que serão cobradas da VALE e das empresas mineradoras como forma de compensar a exploração mineral no território brasileiro, a CFEM do minério de ferro, principal produto, passará a ser escalonada, podendo chegar até o valor de 4%, dependendo do preço que o produto for vendido.

O percentual incidirá sobre o preço de venda, não sendo permitido abater as despesas com seguro e transporte.

Mudanças também beneficiam os municípios afetados

Hoje, o percentual é ínfimo e beneficia apenas os municípios produtores, excluindo os não-produtores, mas afetados pela exploração mineral.

Conforme o texto aprovado, os royalties da mineração passam a ser distribuídos da seguinte forma: 60% para os municípios produtores; 20% para os estados produtores; e 10% para divisão entre órgãos de mineração e meio ambiente do Poder Executivo e 10% para os Municípios não-produtores, mas impactados.

Parauapebas comemora

Quem mais tem a comemorar é o município de Parauapebas, maior produtor mineral do Brasil.

O prefeito DARCI LERMEN teve participação importante nessa vitória, ao fim significará um coroamento pelos anos de LUTA por uma nova política para a mineração brasileira.

Leia a íntegra do TEXTO aprovado - CLIQUE AQUI

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Dever ao estado compensa, basta pagar palestras para juízes e políticos "HONESTOS"

A falida e fétida revista VEJA promove (contrata) o que tem de pior na política e no judiciário 
]



Devo ao contribuinte, mas pago palestras pra juízes

Na frente do evento com o que de pior emerge na sociedade brasileira está a revista VEJA, mas o patrocínio é da Refinaria Manguinhos, que deve ao menos R$ 5 BILHÕES de ICMS para o Estado do Rio de Janeiro.

Patrocinando Sérgio Moro, Roberto Barroso, Meireles, Bolsonaro, Alckmin ela acha que nunca precisará pagar o que deve, aliás, eles tem certeza disso!

PSOL Parauapebas: NOTA DE REPÚDIO

Resultado de imagem para NOTA DO PSOL

NOTA DE REPÚDIO

O PSOL Parauapebas – PA, manifesta sua profunda irresignação e repúdio em relação ao ato arbitrário de condução coercitiva do dirigente estadual do MAM – Movimento pela Soberania Popular na Mineração e também presidente da Associação de Moradores de Palmares Sul, Sr. Evaldo Fidelis, no dia de hoje (24/10/2017), pela Polícia Civil, sem que houvesse qualquer mandado judicial e sem a ocorrência de qualquer prática tida como delituosa.

Prova de que que a condução fora arbitrária e carente de sustentação legal, Evaldo, com o apoio popular, foi liberado logo em seguida.

Grande mobilização social ocorre em Parauapebas neste momento, onde o povo excluído se organiza, a partir de preceitos constitucionais, para lutar em busca da efetividade de Direitos já consagrados, porém não implementados na cidade e no campo.

Os impactos da mineração, fronteira econômica de enclave, além do crescente índice de desemprego e intensos conflitos sociais e ambientais, têm motivado a organização popular para a chamada “JORNADA DE LUTAS” a qual, legitimamente, cobra do Poder Público o cumprimento de seu dever constitucional de garantia aos direitos básicos e fundamentais do cidadão.

O PSOL Parauapebas se manifesta contrário a qualquer ato arbitrário do Estado policial, e de qualquer autoridade, que, viole preceitos valiosos e fundamentais ao estado democrático de direito, como por exemplo o direito a manifestação e lutas justas por melhor condição de vida.

Inaceitável que um Município recordista em arrecadação fiscal e tributária, com pelo menos 30 anos de intensa atividade minerária, não garanta ao seu povo o mínimo existencial para o exercício livre e pleno de uma vida digna.

Somos solidários a todos e todas que lutam por direitos e pela dignidade da pessoa humana, e nos somamos a esta grande e valorosa fileira.

PSOL Parauapebas.

Plenário da Câmara dos Deputados - Análise da denúncia contra Temer e ministros | 25/10/2017


Defesa de TEMER centra FOGO nos abusos e ilegalidades do ex-procurador geral RODRIGO JANOT


terça-feira, 24 de outubro de 2017

A MINERAÇÃO NO ESTADO DO PARÁ - OAB - AUDIÊNCIA PÚBLICA - CÂMARA DE PARAUAPEBAS


Comissão extingue o DNPM e cria a AGÊNCIA NACIONAL DE MINERAÇÃO

Mudança precisa ser aprovada pelos Plenários da Câmara e do Senado

Resultado de imagem para DNPM EXTINTO
Comissão aprova fim do DNPM e cria Agência Nacional de Mineração

Uma nova agência

O texto aprovado nesta terça-feira (24) é o projeto de lei de conversão da MP 791/17 proposto deputado Leonardo Quintão (PMDB-MG). “Nossa intenção e criar uma agência que tenha estrutura para atender as demandas dos trabalhadores e das empresas do setor mineral.

A ANM poderá delegar, mediante convênio, competências a Estados e Municípios e deverá atuar articuladamente com os órgãos e entidades federais, estaduais, distrital e municipais.

Amanhã, quarta-feira (25), está prevista a votação de mais alterações oriundas da MP-791/17 sobre a mineração brasileira.

VALIOSOS: O preço de cada vereador de Parauapebas em 2018

Mais de R$ 65 MILHÕES disponíveis para os vereadores da capital do minério

Segundo a LOA 2018, cada vereador de Parauapebas terá nas suas mãos R$ 4.3 MILHÕES 




Boas intenções

O presidente da Câmara de Vereadores aparenta ter boas intenções quando questiona algumas despesas previstas na LOA 2018, a lei orçamentária de Parauapebas já está na casa e os debates começaram.

Muito dinheiro

Elias da Construforte criticou, com certa razão, o aumento e a diminuição das despesas de uns e outros órgãos, mas nada disse sobre a CÂMARA DE PARAUAPEBAS, a casa terá R$ 30 MILHÕES para gastar em 2018, fora as emendas.

Tem mais 


Além desses R$ 30 milhões, os vereadores ainda tem o direito de usarem R$ 35.9 MILHÕES nas suas emendas parlamentares.

R$ 65 milhões para eles, já para as crianças...

O nobre vereador, bem intencionado, ao que parece está muito mal assessorado, esquece que na alçada dos vereadores, diretamente, a LOA 2018 prevê algo em torno de R$ 65 MILHÕES.

Para a educação infantil, ou seja, para as creches, para todas as crianças de 0 a 6 anos, serão apenas R$ 28 milhões.

Não perca a conta

A conta não para nisso, inclua nos R$ 65 milhões da Câmara, mais R$ 38 MILHÕES da pasta da habitação e R$ 190 MILHÕES da pasta saúde, setores controlados por vereadores, diretamente ou por meio de indicações.

Finalizando

Nem vamos falar de secretarias e órgãos controlados pela Câmara, mas saiba que R$ 65 MILHÕES significa algo em torno de R$ 4.3 MILHÕES para cada um dos nossos valiosos vereadores.

A conta é grande!

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Parauapebas: Executivo prevê R$ 1.198 BILHÃO para o orçamento de 2018




Orçamento de 2018

Foi enviado à Câmara de Parauapebas a proposta orçamentária para o ano de 2018, o valor estimado é de R$ 1.198.080.000,00 (um bilhão cento e noventa e oito milhões e oitenta mil reais).

15 vereadores

Os 15 vereadores de Parauapebas terão mais de R$ 35 milhões pra gastarem nas suas emendas, mesmo assim eles ainda reclamam.

Tem mais grana para os vereadores

Além desses R$ 35 MILHÕES, os vereadores ainda terão um orçamento de R$ 30 MILHÕES, ou seja, os vereadores de Parauapebas usarão como bem entenderem algo em torno de R$ 65 MILHÕES.

As crianças de Parauapebas perdem feio para os vereadores 

Os vereadores terão ao seu dispor um valor muito elevado, apenas para a função legislativa são R$ 30 milhões, algo superior ao que Parauapebas investirá na educação infantil, ou seja, nas creches, que é de apenas R$ R$ 26 milhões.

Eles ainda reclamam

R$ 26 milhões para a educação infantil, R$ 30 MILHÕES para os vereadores usarem, entre outras coisas, na locação de caminhonete Amarok. 

SEMANA DECISIVA: A importante atuação de DARCI LERMEN para as mudanças no setor mineral

O prefeito de Parauapebas revela os LUCROS ABSURDOS da mineradora VALE: "40 BILHÕES de dólares distribuídos para os acionistas, apenas 3.3 bi para todo o nosso povo"





Na linha de frente

Darci Lermen tem sido uma das vozes mais atuante na linha de frente pelas mudanças no setor econômico da mineração. A sua participação na comissão mista do Congresso Nacional foi bastante elogiada, o prefeito de Parauapebas/PA, o maior município minerador brasileiro, trouxe argumentos inquestionáveis para o debate sobre a CFEM e os lucros absurdos da mineradora VALE.

Semana decisiva

Nesta semana, na quarta-feria (25), o Brasil pode abandonar a imoral "isenção fiscal" que beneficia a poderosa mineradora VALE.

Um privilégio "fiscal" 

Uma das principais alterações propostas tem como foco o cálculo da CFEM.

Hoje, o principal produto exportado pela VALE, o minério de ferro, é taxado em apenas 2% de royalties, do valor apurado a empresa ainda pode abater as despesas realizadas com seguro e transporte. 

Bem inferior ao cobrado nos outros países

Caso a justiça seja feita e os congressistas aprovem as mudanças, a VALE pagará 4% brutos de CFEM sobre o minério de ferro e não poderá mais abater qualquer despesa do valor apurado.

Mesmo dobrando o percentual da taxa de compensação, o índice de 4% ainda é bem inferior ao que se cobra no restante do mundo.

Mudar a injustiça

Como é hoje, temos que "40 BILHÕES de dólares são distribuídos para os acionistas e apenas 3.3 bi para todo o nosso povo", o único caminho para se tentar mudar um pouco essa injustiça com a população brasileira e principalmente com povo que mora nos municípios mineradores é alterando a cobrança da CFEM, argumenta o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen.

Irresponsabilidade social da Vale

A VALE, em sintonia com seu histórico de irresponsabilidade social, é a maior opositora das mudanças na CFEM, para a empresa que suga o ferro do solo e o suor do corpo do povo de Carajás e de Mariana tudo deve continuar como sempre, ou seja, nada de justiça fiscal e de responsabilidade social.

VALE, a pior empresa do mundo

A VALE é a maior mineradora do mundo, mas já foi eleita a pior empresa do mundo (leia AQUI), pior que a empresa que provocou o desastre nuclear de Fukushima (Japão).

A privataria tucana

Ainda no governo FHC, em 1997, a maior mineradora do Brasil e do mundo foi vendida por um preço de apenas R$ 3,338 bilhões. Os acionistas ainda usaram dinheiro do BNDES para comprar a empresa.

O valor das reservas minerais da empresa era estimado em mais de R$ 100 BILHÕES, na época (Leia AQUI).

20 anos

No dia 6 de maios de 2017, fez 20 anos da "entrega" da VALE, a preço de banana, para "amigos" da corte tucana.

Ao longos desses anos foram distribuídos muito dinheiro, os 40 bilhões de dólares citados são de apenas 2004 a 2017, ou seja, em reais, mais de R$ 120 BILHÕES.

Não é capitalismo

Isso não é capitalismo, é selvageria. Nenhum pais do mundo permite isso.

O resultado de tamanha aberração? Basta andar na periferia de Parauapebas.

Wladimir Costa, o fanfarrão do Pará, foi denunciado no Conselho de Ética da Câmara

Wladimir Costa tem uma ficha corrida bem extensa, amanhã poderá acrescentar mais um item para a sua vida pregressa

Resultado de imagem para wladimir costa imagens


Dois pareceres

Amanhã, terça-feira (24), o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar fará a leitura, discussão e votação do parecer preliminar do deputado Laerte Bessa (PR-DF), referente à representação do PSB em desfavor do deputado Wladimir Costa (SD-PA).

Na mesma sessão, o colegiado vai analisar o parecer do deputado João Marcelo Souza (PMDB-MA), sobre representação apresentada pelo PT, também em desfavor do deputado Wladimir Costa.

Tudo pode

No judiciário brasileiro tudo pode, imagina na Câmara dos Deputados, a corja que tirou DILMA ROUSSEF com certeza irá proteger o "fanfarrão do Pará".

Resta ao eleitor decidir em 2018.