quinta-feira, 2 de julho de 2015

GAECO: diante de várias prisões, a permanência do prefeito VALMIR DA INTEGRAL no cargo pode gerar descrédito

Parauapebas quer "um limpa" geral - a cidade pede a saída de VALMIR DA INTEGRAL e família

video


A presença do GAECO em Parauapebas, do Procurador NELSON MEDRADO, da atuação do promotor HÉLIO RUBENS, bem como a firmeza nas decisões do juiz LÍBIO MOURA, são fatos inéditos e enche Parauapebas de esperança.

A permanência do chefe do executivo municipal, VALMIR DA INTEGRAL, incólume no cargo pode gerar descrédito, algo injusto com as autoridades citadas, pois a decisão não depende deles e sim de desembargadores em BELÉM, devido as questões criminais envolvidas e o foro privilegiado do prefeito da bilionária Parauapebas.

Um comentário:

  1. foro privilegiado????? um empresario ????? corrupto ...... ta meio obscuro hum, o que se fala na terrinha dizem que os familiares dos que estão presos, ja não estão nem saindo de casa devido a ameaças por partes dos envolvidos nesse esquema, nao vao falar tudo que sabem pois se falarem tandandadam, dr jackson ja foi quem vai, quem vai ser o próximo

    ResponderExcluir