CORONAVÍRUS - FIOCRUZ

CORONAVÍRUS - FIOCRUZ
TIRES SUAS DÚVIDAS SOBRE A PANDEMIA

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

O governador Helder Barballho pede aos prefeito medidas mais rigorosas para conter a segunda onda da Covid-19

O governador Helder Barbalho em vídeo conferência 
Foto: Marco Santos / Ag. Pará


Responsabilidade para evitar mortes 

O governador Helder Barbalho fez um apelo aos prefeitos da Região do Baixo Amazonas sobre a necessidade de conter a segunda onda da Covid-19.
“Ao verificar in loco a realidade dos municípios na divisa com o Amazonas, eu não tenho nenhuma dúvida de que estamos vivendo aqui nesta região uma segunda onda de contágio, e isto requer atenção, estado de alerta, e acima de tudo responsabilidade, para que nós possamos proteger a população. Na semana passada, mudamos o bandeiramento desta região, e fizemos com que estivéssemos em um estágio de alto risco, o bandeiramento vermelho. Peço a todos os prefeitos, e disse isto na conferência que fizemos há pouco, que todos possam, no âmbito municipal, replicar, fazer os decretos municipais, fazer constar e valer junto com a estrutura do Estado o convencimento da sociedade, de que isto é um ato necessário para proteger a nossa população”. (Helder Barbalho - Agência Pará - aqui)


Região do Carajás

O alerta do governador também serve aos municípios que integram a Região do Carajás, caso de Parauapebas, Marabá e Canaã dos Carajás, diretamente envolvidos nas atividades da empresa Vale, um fator que fragiliza essas cidades no enfrentamento da pandemia, o setor mineral foi considerado essencial e nunca cessou seu funcionamento, se tornando um fator de difusão do coronavírus.

Parauapebas, no último Boletim Epidemiológico (aqui - 20/01), informa que a taxa de ocupação dos leitos de UTI/SUS é de 100%, só esse dado já mostra a necessidade de medidas restritivas.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Parauapebas: Lauro Fontes Júnior, juiz de direito, é homenageado pelo Tribunal de Justiça




Mérito do Judiciário

O juiz Lauro Fontes Júnior, da Vara da Fazenda Pública e Execução Fiscal da Comarca de Parauapebas/PA, recebeu a Comenda de Grande Oficial,  a cerimônia de outorga foi realizada nesta quinta-feira, 21.

A homenagem foi Instituída pela Resolução nº 008/2005, de 01 de junho de 2005, contemplando militares, autoridades públicas, personalidades, servidores e professores que se tornaram referência para o Poder Judiciário, considerando "os inestimáveis serviços prestados ao povo e ao Estado do Pará por aqueles que, numa labuta profissional incessante na busca do desenvolvimento neste Estado, de forma desprendida de qualquer interesse pessoal, competência técnica e postura ética, enobrecem e servem de exemplo a todos". 

A condecoração de Grande Oficial é outorgada somente aos membros do Congresso Nacional, embaixadores, presidentes e membros dos Tribunais de Justiças Estaduais, prefeitos de capitais, vice-governadores dos Estados, arcebispos, reitores de Universidades, procuradores gerais, secretários especiais de Estado, presidentes de Tribunais Regionais, presidentes de instituições culturais, literárias, científicas e profissionais, vice-almirantes, generais de Divisão, majores-brigadeiros e outras autoridades de igual graduação. 

Na mesma ocasião, o deputado Chamonzinho recebeu a Medalha de Comendador, que pode ser outorgada somente aos membros das assembléias estaduais, secretários de Estado, presidente de Câmaras de Vereadores de capitais, professores universitários, membros dos Tribunais de Contas e dos Tribunais Regionais Federal, Trabalho e Eleitoral, procuradores de Justiça, procuradores do Estado, presidentes de instituições culturais, literárias, científicas e profissionais, bispos, contra-almirantes, generais de brigadas, brigadeiros do ar, e outras autoridades de igual graduação.

Veja a lista completa dos homenageados - (TJPA - aqui).

PARAUAPEBAS: UTI's do SUS tem 90% de ocupação, mas a cooperativa que opera o transporte público nem máscara exige dos usuários


90% de ocupação dos leitos de UTI's do SUS

Em Parauapebas, na última semana, a taxa de ocupação dos leitos de UTI's do SUS não baixou de 90% (aqui), servindo de alerta para os gestores do sistema de saúde do município, foram 7 mortes na última semana, nesse período teve dia que a ocupação ficou em 100% (14/01 e 18/01).

A pandemia não acabou, mas na cidade de Parauapebas/PA sequer os operadores do péssimo sistema de transporte público exigem o uso de máscara dos usuários, uma omissão criminosa.

O governo do Pará mudou o bandeiramento em várias regiões

O bandeiramento adotado para determinar as restrições necessárias para o enfrentamento da pandemia do coronavírus deve ser escalonada 'de acordo com a evolução epidemiológica da COVID-19 no Estado do Pará, com o percentual de isolamento social, taxa de ocupação de leitos hospitalares e nível de transmissão do vírus entre a população, é o que estabelece o Art. 31 do Decreto 800, de 31 de maio de 2020.

O governo do Pará tem feito o possível e o impossível para enfrentar a pandemia do coronavírus (aqui), mas é preciso que os gestores municipais também colaborem com ações locais efetivas.

A partir de hoje, governo do Pará endurece restrições, proibindo festas, shows e abertura de bares


A tragédia de Manaus

Está evidente que o governo federal não tem um plano para enfrentar a pandemia, o Brasil já tem mais de 212 mil mortes, a cidade de Manaus/MA viveu um caos, agravado pela falta de oxigênio nas unidade de saúde do município, depois que a Força Aérea Brasileira cancelou os vôos que transportavam cilindros com os insumos (aqui).

É nítida a sabotagem federal ao enfrentamento da pandemia pelo governo Bolsonaro, conforme noticia a imprensa internacional (Jornal alemão DW -aqui).

Os estados e municípios estão sozinhos no enfrentamento

No Pará, as notícias que chegam são de que muitos municípios estão no limite, o sistema de saúde sofre forte pressão, exigindo medidas que evitem uma situação semelhante ao ocorrido em Manaus, o governador Helder Barbalho prontamente anunciou o transporte de uma usina de oxigênio para o o município de Oriximiná, também informou que serão instalados mais 90 leitos de UTI e 34 leitos clínicos, nos hospitais regionais de Itaituba, Santarém e Juruti (aqui).

Festas, shows e bares fechados

O governador Helder também determinou a adoção de medidas mais restritivas (aqui) , modificando o bandeiramento para os municípios das seguintes regiões do estado, ficando assim:

- A Região Metropolitana de Belém: sai de Bandeira Verde para a Bandeira Amarela;
- A Região do Marajó Oriental: sai da Bandeira Verde para a Bandeira Amarela;
- A Região do Baixo Tocantins: sai da Bandeira Verde para a Bandeira Amarela;
- A Região do Baixo Amazonas, que saiu da laranja para a bandeira vermelha.

O novo bandeiramento vincula os prefeitos dos municípios dessas regiões, determinando medidas mais restritivas: e Bandeira Vermelha, permite apenas o funcionamento das atividades essenciais; Bandeira Amarela, permite a abertura de algumas atividades econômicas e sociais, desde que obedecendo aos protocolos alinhados entre o estado e os municípios.

Alerta e apelo aos prefeitos

O ocorrido no Estado do Amazonas, na capital Manaus, serve de alerta aos governadores e prefeitos, Helder já tinha editado o Decreto n° 1.723, de 13 de janeiro, proibindo a entrada de passageiros oriundos daquele estado (aqui).

Decreto Estadual n° 800 de 31/05/2020  (aqui)

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Parauapebas: Leonice de Oliveira, 65 anos, é a primeira pessoa a ser vacinada no município



A vacina chegou

Graças ao Instituto Butantan, ao extraordinário empenho dos seus cientistas, o Brasil tem a sua vacina, uma parceria com a Sinovac, sendo a esperança contra a pandemia do coronavírus.
 
Em Parauapebas, na presença do prefeito Darci Lermen, a enfermeira Leonice de Oliveira, 65 anos, é a primeira moradora do município a ser vacinada.


No Pará, o governador Helder Barbalho acompanhou a vacinação de Shirley Maia, Técnica de Enfermagem no Hospital de Campanha de Belém, sendo a primeira paraense a receber a vacina contra a Covid-19. A segunda pessoa foi Marielza Monteiro, de 57 anos, Técnica de Enfermagem, também trabalha no Hospital de Campanha do Hangar, e a terceira foi o enfermeiro João Bernardo, 37 anos, de Ananindeua. 


Primeiro lote da vacina do Butantan chega ao Pará. Logística tem 37 vôos para entregar as doses nos 144 municípios

 


Graças ao Butantan, a vacinação começa em todo o Brasil

Ao receber o primeiro lote de vacinas, o governador do Pará, Helder Barbalho, definiu o momento como uma "vitória da esperança e da vida", imediatamente já anunciou a logística para atender todos os municípios do estado, o objetivo é que iniciem a vacinação dos grupos prioritários ainda nesta terça-feira (19), serão 37 vôos partindo de Belém para os 13 Centros Regionais da Secretaria de Saúde.

O governo do Pará divulgou as fases da vacinação

Com organização e seriedade, apesar dos ataques sórdidos da cúpula do governo Bolsonaro, inclusive usando a Polícia Federal para perseguir governadores e prefeitos que lutam contra a pandemia, a vacinação começa em todo o Brasil, no Pará o primeiro lote é de 173.240 doses, sendo 48.680 são destinadas à população indígena, veja as etapas:

1ª Fase: Trabalhadores de saúde; pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas aldeados.

2ª Fase: Profissionais da segurança pública na ativa; idosos de 60 a 79 anos de idade; idosos a partir de 80 anos e povos e comunidades tradicionais quilombolas.

3ª Fase: Indivíduos que possuam comorbidade (doenças como diabetes, hipertensão e obesidade);

4ª Fase: Trabalhadores da educação; Forças Armadas; funcionários do sistema penitenciário; população privada de liberdade e pessoas com deficiência permanente severa.


Pazuello e Bolsonaro sabotam a vacinação dos brasileiros e causam milhares de mortes

Apesar da clara sabotagem do governo federal, o Instituto Butantan vence a primeira batalha, o Brasil já tem a sua vacina, mesmo assim os danos são irreversíveis, provocados pelo governo Bolsonaro e pela incompetência criminosa do Ministério da Saúde, invadido por militares.

A revista Época publicou uma dura coluna sobre a participação do 'exército' no governo Bolsonaro, acusando a instituição de 'voltar a matar' os brasileiros, diante de mais de 210 mil mortes pela pandemia (leia a aqui), a matéria foi precisa, recorrendo a dados da realidade de hoje e a fatos históricos inquestionáveis.

https://epoca.globo.com/artigo-na-pandemia-exercito
-volta-matar-brasileiros-24842973


segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Por unanimidade, técnicos da Anvisa aprovam vacina do Butantan e primeira brasileira é vacinada é uma enfermeira de São Paulo



O Brasil tem a sua vacina, apesar da sabotagem do governo federal

A Anvisa, por unanimidade, aprovou o registro emergencial da Coronovac, imunizante desenvolvido pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

Agora, o Brasil tem a sua vacina contra a pandemia da Covid-19, o Instituto Butantan aplicou a primeira dose na enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, alguns minutos após a decisão dos 5 diretores da Anvisa.

Mônica Calazans é do grupo de risco, ao se tornar a primeira brasileira a receber a vacina, enche um país inteiro de esperança, apesar da clara sabotagem que o governo Bolsonaro e seu ministro da Saúde realizam contra o combate à pandemia do coronavírus.

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou que há 6 milhões de doses disponíveis, pronta para aplicação nos brasileiros.

50 mil doses para Manaus

Diante da criminosa inação do governo Bolsonaro em Manaus, provocando a morte de centenas de pessoas por falta de oxigênio,  o Butantan priorizará o envio de 50 mil doses para serem aplicadas nos profissionais de saúde do Amazonas, a remessa das vacinas será realizada diretamente pelo governo de São Paulo, em virtude da perda de confiança da população brasileira no Ministério da Saúde (aqui).

A suspeita é que vôos da FAB que levariam oxigênio para Manaus foram cancelados um dia antes da tragédia (aqui), sendo preciso que essa denúncia, realizada por um membro do Ministério Público Federal, seja apurada e tenha as devidas consequências para os envolvidos nos crimes contra a saúde pública.

domingo, 17 de janeiro de 2021

Militares na Anvisa atrapalham registro da vacina SPUTINIK V e Bolsonaro é acusado de tentar sabotar combate à pandemia da Covid-19



Anvisa atrapalha registro da Sputnik no Brasil

Com linguagem diplomática o Fundo de Investimento da Rússia reagiu ao pedido adicional de documentação que o governo Bolsonaro fez para o registro emergencial da vacina Sputnik V no Brasil.

"La Agencia Nacional de Vigilancia Sanitaria (Anvisa) ha solicitado información adicional sobre la vacuna Sputnik V, que se proporcionará en un futuro próximo. Una solicitud de información adicional por parte del regulador es un procedimiento estándar y no significa la denegación del registro", aseveró el RDIF. (aqui)

A ação da Anvisa não tem base técnica, o órgão foi invadido por militares incompetentes (aqui), indicados por Bolsonaro e Pazuello.

A vacina Sputnik V tem mais de 91,4% de eficácia, é cobiçada por vários países, foi desenvolvida pelo Gamaleya, o principal centro de pesquisa de epidemiologia e microbiologia do mundo (aqui).

A incompetência deles mata de verdade e aos milhares

O caos vivido em Manaus e a quantidade de mortes naquela cidade e no Brasil se deve ao governo Bolsonaro, aparelhando o Ministério da Saúde e a Anvisa com militares incompetentes, eles 'sabotam' qualquer iniciativa para uma rápida vacinação da população brasileira (aqui).

Jair, o sabotador

Em seu Relatório Mundial 2021, a 'Human Rights Watch' acusa o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de tentar sabotar o combate à pandemia do coronavírus, segundo a ONG, o estrago provocado não foi maior, causando mais mortes no Brasil, devido a atuação do Congresso e do Supremo Tribunal Federal (STF):  
“A Suprema Corte decidiu contra as tentativas do governo Bolsonaro de retirar aos estados a autoridade de restringir os movimentos de pessoas para conter a disseminação da Covid-19, suspender efetivamente o acesso à lei de informação e ocultar os dados da Covid-19 do público", disse o relatório.(leia aqui)

Bolsonaro e Pazuello são os principais responsáveis pelo Brasil ser o segundo país em número de mortes na pandemia do coronavírus, já são mais de 209 mil vítimas, ficando atrás apenas dos Estados Unidos que tem mais de 395 mil óbitos.

Quando o Jair será processado, condenado e preso pelos seus crimes?

sábado, 16 de janeiro de 2021

O mundo tem mais de 2 milhões de mortes pela pandemia, Trump (EUA) e Bolsonaro (Brasil) causaram 600 mil



EUA e BRASIL - IMPEACHMENT

Nos EUA, Trump enfrenta um processo de impeachment, já aprovado na Câmara dos Deputados, dependendo apenas do Senado para banir o político de extrema-direita da vida pública daquele país. Trump também deverá ser processado por vários crimes, devendo ser preso tão logo deixe o cargo.

No Brasil, são mais de 60 pedidos de impeachment (aqui) contra Jair Bolsonaro, a lista de crimes é bastante extensa: corrupção, lavagem de dinheiro, apologia à tortura e toda sorte de improbidade. Na pandemia ficou nítida a incompetência de Bolsonaro para o cargo, além de clara sabotagem contra os governadores e prefeitos que tentam enfrentar a doença nos seus estados e município.

No mundo

Já são mais de 93 milhões de pessoas contaminadas no mundo, sendo mais de 23,5 milhões nos EUA e 8,3 milhões no Brasil.

Hoje (16), o mundo registra 2.011.331 de casos fatais (aqui). EUA e Brasil, não por acaso, lideram o número de vítimas fatais do coronavírus, nos EUA são mais de 392 mil óbitos e no Brasil a tragédia supera as 208 mil mortes.

Trump e Bolsonaro são responsáveis por quase 600 mil mortes

Trump inicialmente boicotou e não levou a sério o combate a pandemia, mudando sua postura tardiamente, quando a doença já caminhava para ser uma tragédia nos EUA. Trump estimulou o caos, difundindo informações falsas sobre a doença, sendo o principal responsável pelas mais de 392 mil mortes no seu país.

No Brasil, a situação ainda é mais dramática, oficialmente são 208 mil mortes, mas especialistas alertam que o número de óbitos pode ser muito maior. Aqui, Bolsonaro e Pazuello, o incompetente ministro da saúde, sabotam qualquer plano de vacinação, criticam o isolamento social, debocham das vítimas e que nem típico charlatões vivem divulgando o uso de remédios ineficazes - como a cloroquina e a ivermectina.

Tribunais e prisão para Trump e Bolsonaro

Em algum momento, Trump e Bolsonaro deverão responder pelas mais de 600 mil mortes.

Os EUA tem instituições fortes e deve julgar Trump, no Brasil o quadro é de incerteza, diante de um Procurador Geral da República inerte e se portando como 'prevaricador geral da república', talvez a solução seja levar Bolsonaro e Pazuello ao Tribunal Penal Internacional.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

PARAUAPEBAS: 50% votarão nos candidatos a deputado apoiados por Darci Lermen, segundo pesquisa


74,8% querem que a cidade tenha deputado na Alepa e no Congresso

Segundo o Instituto Data Populi, os eleitores de Parauapebas querem ter os seus parlamentares na Assembléia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) e no Congresso Nacional, 74,8% afirmam que é importante o município ter os seus próprios deputados, hoje, 'apesar de Parauapebas ter a quinta maior população do Pará e ser a segunda economia mais importante do Estado, não tem nenhum representante na Câmara dos Deputados em Brasília ou na Alepa em Belém' (leia no CANAL 2N - clique aqui).




81 mil votos para os candidatos indicados por Darci Lermen

Além de apontarem a importância de Parauapebas ter os seus representantes na Alepa e na Câmara dos Deputados, os moradores da cidade também pretendem votar naqueles candidatos que tiverem o apoio de Darci Lermen, 50% dos eleitores estão fechados com o atual prefeito da cidade.

Parauapebas tem 162.619 eleitores, significa que Darci Lermen, caso a eleição fosse hoje, teria 81 mil votos para os seus aliados e ajudar a cidade de Parauapebas a ter os seus próprios deputados.




A pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 23 de dezembro em 33 bairros do município e entrevistou 1.060 residentes de Parauapebas com 16 anos ou mais de idade. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e seu nível de confiança é 95%.

quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

BELÉM: A gestão de Edmilson Rodrigues tem o melhor plano de mobilidade urbana, segundo o IDEC



Em primeiro lugar

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC) avaliou a proposta de Mobilidade Urbana dos prefeitos eleitos das 11 capitais mais populosas do país, Edmilson Rodrigues, gestor de Belém, ficou em primeiro lugar com a melhor nota, alcançando 7,3. 

O Plano de Governo de Mobilidade Urbana para Belém, de Edmilson Rodrigues, recebeu nota 10 na Mobilidade por Bicicleta e na Gestão da Mobilidade, sendo que as piores notas foram em transporte público (3,8) e segurança no trânsito (5).

Eduardo Paes (Rio de Janeiro-RJ) e Sebastião Melo (Porto Alegre-RS) ficaram empatados com a pior avaliação (0,6).

As capitais avaliadas pelo IDEC foram: Belém/PA, Manaus/AM, Recife/PE, Fortaleza/CE, Salvador/BA, Goiânia/GO, São Paulo/SP, Rio de Janeiro/RJ, Belo Horizonte/MG, Porto Alegre/RS e Curitiba/PR.

quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

CFEM é depositada nas contas de Parauapebas e Canaã dos Carajás

 



Dinheiro na conta

A CFEM, os royalties da mineração, acaba de ser depositada nas contas da prefeitura de Parauapebas e Canaã dos Carajás, foram mais de R$ 103,5 milhões para o governo Darci Lermen e mais de R$ 75,3 milhões para a novata Josemira Gadelha.

Em janeiro de 2020, Canaã dos Carajás recebeu um pouco mais de R$ 33,05 milhões e Parauapebas cerca de R$ 60,49 milhões.

O dinheiro da CFEM foi depositado hoje, 13 de janeiro, tanto Canaã dos Carajás como Parauapebas estão com as contas cheias, os valores dobraram.

CFEM: 2021 pode ser o melhor ano, é China

A China é a principal parceira da economia brasileira, tem ajudado o Brasil a não cair de vez no precipício que Paulo Guedes e Bolsonaro querem jogar o país e o seu povo, na mineração os resultados podem ser ainda melhores que o de 2020, se a paciência do governo chinês não acabar, diante dos devaneios do governo federal, pondo fim aos excelentes resultados para a mineração brasileira.

Agradecer

A população desses municípios devia determinar aos seus gestores que criassem uma comitiva oficial para visitar a embaixada chinesa em Brasília, agradecendo ao governo daquele país pela parceria de valor inestimável com o povo brasileiro e com os moradores de Parauapebas e Canaã dos Carajás, é o mínimo que pode ser feito, um desagravo aos ataques que aquela nação sofre do destrambelhado que preside o Brasil e dos seus alucinados seguidores.

terça-feira, 12 de janeiro de 2021

Água Azul do Norte é o único município do Pará sem mortes pela Covid-19

 


O único município do Pará sem óbitos pela pandemia

Água Azul do Norte é o único município do Pará sem mortes registradas pela covid-19, a pequena cidade do sudeste paraense, com uma população estimada pelo IBGE em 27.615 habitantes (aqui), já teve 886 casos de contaminação pelo vírus, todas as pessoas se recuperaram da doença - zero óbito!

Os municípios de Faro, 7.070 habitantes, e Chaves, 23.948 habitantes, registraram uma morte cada um.


O município de São João do Araguaia tem 14.051 habitantes e registrou a maior taxa de mortalidade do Pará, 15,91% das pessoas contaminadas na cidade foram a óbito, o total de infectados é de apenas 44 pessoas, sendo 7 mortes.

No Pará



Os números de casos do Pará já estão em 303.512 pessoas contaminadas, com 7.339 mortes (aqui).

A capital Belém tem o maior número de infectados, 59.504, com 2.493 mortes. 

Os 5 municípios que apresentaram os maiores números de óbitos foram: Belém, Parauapebas, Santarém, Ananindeua e Marabá.

A secretaria de saúde de Parauapebas, apesar do alto número de casos de contaminação no município, teve êxito em reduzir a taxa de mortalidade, uma das mais baixas do Pará, ficou em 0,68%:

segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

PARAUAPEBAS: 76% aprovam compra e 64% pretendem tomar a vacina, diz Data Populi



Vacina em Parauapebas/PA

O Canal 2N divulgou nesta manhã uma pesquisa (aqui) sobre a vacina contra a Covid-19 e a iniciativa do prefeito Darci Lermen em firmar parceria com o Instituto Butantan, o trabalho foi realizado pelo Data Populi junto aos moradores do município de Parauapebas.

Sobre a vacina do Butantan

A pesquisa foi realizada antes da divulgação pelo Instituto Butantan do sucesso da 3a. fase de desenvolvimento da sua vacina, em parceria com a Sinovac, o resultado foi um alívio para o Brasil, o dado mais importante é que a vacina tem 100% de eficácia contra os casos graves e moderados, significa que a imunização pode zerar os casos de mortes pelo coronavírus. No geral, os cientistas do Butantan anunciaram que a eficácia total é de 78%, ou seja, até para os sintomas mais leves a vacina mostra resultados que irão por fim a tragédia sanitária que assola o Brasil e o mundo (aqui).

64% querem tomar a vacina do Butantan ou Fiocruz

A população de Parauapebas, na sua ampla maioria afirma que pretende tomar a vacina, 64% dos moradores, apenas 29% ainda dizem não querer se vacinar,  os que não souberam ou não quiseram responder (NS/NR) ficou em 7%.




76% aprovam a iniciativa do prefeito 

No dia 18 de dezembro de 2020 o prefeito Darci Lermen (MDB) firmou compromisso com o Instituto Butantan, visando a aquisição de vacinas contra a Covid-19, garantindo as doses necessária para a imunização da população de Parauapebas, 76% das pessoas responderam que aprovam a iniciativa do gestor, apenas 18% reprovam e 6% não souberam ou não quiseram responder (NS/NR).




Dados da Pesquisa

A pesquisa foi realizada entre os dias 20 e 23 de dezembro, com 1.060 entrevistas com pessoas acima de 16 anos, em 33 bairros do município de Parauapebas. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos e seu nível de confiança é 95%.

domingo, 10 de janeiro de 2021

Sucesso da vacina do Butantan é um alívio para o Brasil

 

O Butantan vencendo a pandemia e o vírus do preconceito

O Brasil está pronto pra vencer a batalha contra a pandemia do coronavírus, graças a vacina do Instituto Butantan em parceria com a empresa Sinovac, da China, apesar de todos os ataques sofridos, pelos obstáculos criados pelo Ministério da Saúde, a mando do governo federal, o fato é que os cientistas do Butantan desenvolveram a arma mais avançada e eficaz para o Brasil vencer essa batalha - a vacina Coronavac.

Verdade seja dita, não foram os cientistas do Butantan, foram as cientistas do Butantan, pois a instituição tem o corpo de pesquisadores composto por 71% de mulheres  (Butantan -  veja aqui)

100% de eficácia 

O resultado da vacina do Butantan é um alívio para o Brasil, o dado mais importante é o de 100% de eficácia contra os casos moderados e graves, significa que a imunização irá zerar os casos de mortes pelo coronavírus.

No geral, os cientistas do Butantan anunciaram que a eficácia total é de 78%, ou seja, até para os sintomas mais leves a vacina mostra resultados que irão por fim a tragédia sanitária que assola o Brasil e o mundo.

O momento emocionante do anúncio da vacina do Butantan




A vacina do Butantan é o resultado exitoso de uma parceria com o laboratório Sinovac, da China, que junto com a Rússia detém a tecnologia mais avançada  e adequada para um plano de imunização em massa para países com as características do Brasil, pois utilizam uma técnica científica tradicional, facilitando a logística de distribuição da vacina para qualquer lugar do mundo.

Os profissionais do Butantan conduziram a fase 3 da pesquisa da Coronavac, toda no Brasil, sob intensa pressão da política e de uma rede de fakenews criminosa, alimentada pelo irresponsável que chefia o desgoverno federal.

Em Parauapebas

O governo municipal de Parauapebas já garantiu junto ao Instituto Butantan as doses suficientes para a imunização de todos os moradores da cidade.

Caso o governo federal não cumpra com a sua obrigação de ofertar a população brasileira, em tempo hábil, um plano de vacinação, estados e municípios foram ao Butantan e assinaram compromisso de aquisição das vacinas.

Redes sociais

Em Parauapebas, militantes bolsonaristas continuam usando as redes sociais para boicotar as vacinas e principalmente a vacina brasileira fabricada pelo Butantan, é preciso que o Ministério Público e a Polícia atuem, responsabilizando esses criminosos pelo seus atos.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2021

STACEY ABRAMS: Uma mulher negra derrota Trump e o racismo na Geórgia

Stacey Abrams - liderou a vitória democrata na Geórgia


A extraordinária militante negra que mudou a face política da Geórgia - por Luis Nassif (clique aqui)

Foi sua decisão estratégia política de aumentar a participação entre os eleitores negros, latinos e asiáticos no estado  da Geórgia que lançou as bases para a vitória do presidente Joe Biden e a vitória dos democratas nas disputas para o Senado.

À medida que os democratas Jon Ossoff e o reverendo Raphael Warnock se aproximavam de retirar dos republicanos as duas cadeiras do Senado da Geórgia, o crédito começou a fluir para uma pessoa amplamente reconhecida como a maior responsável pelo novo status da Geórgia como estado democrata: Stacey Abrams.

A Sra. Abrams, a ex-líder da minoria da Câmara do estado da Geórgia, passou uma década construindo uma infraestrutura política democrática no estado, primeiro com seu New Georgia Project e agora com a Fair Fight, a organização de direitos de voto que ela fundou após perdendo campanha para governador em 2018.

Na noite de terça-feira, a Sra. Abrams esteve perto de declarar vitória em um tweet que elogiou os milhares de “organizadores, voluntários, colportores e grupos incansáveis” que ajudaram a reconstruir o Partido Democrata do estado desde o colapso que estava quando ela se tornou a líder da minoria na Câmara. em 2011.

PARAUAPEBAS: Governo Darci Lermen terá 5 mulheres no primeiro escalão da administração municipal



Governo pronto

O prefeito reeleito de Parauapebas, Darci Lermen, finalmente conseguiu montar a sua equipe para a gestão 2021/2024, os principais nomes foram mantidos: Keniston Braga deixa a Sefaz e vai para a Secretaria de Governo, João Correa sai da Secretaria de Planejamento e assume a Chefia de Gabinete, Wanterlor Bandeira continua na Secretaria de obras, Gilberto Laranjeiras é mantido na Secretaria de Saúde e Quésia Lustosa na Procuradoria Geral do Município. 

Destaque

O destaque da nova equipe do prefeito Darci Lermen é uma maior participação das mulheres, elas agora comandarão 5 pastas do primeiro escalão da administração municipal:

Secretaria de Fazenda - Maria Mendes da Silva, 58 anos, formada em Administração de Empresas, Letras, Filosofia e pós-graduada em Finanças e Controladoria;

Procuradoria Geral do Município - Quésia Siney Gonçalves Lustosa, Advogada;

Controladoria Geral do Município - Julia Beltrão Dias Praxedes, 36 anos, Advogada;

Secretária Municipal da Mulher - Edileide Maria Batista Nascimento, 42 anos, Técnica em Enfermagem,  cursando Gestão Pública;

Secretaria de Assistência Social - Cleideane Braz Mesquita, 37 anos, Tecnóloga em Gestão Pública.

quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Veja quem são os novos representantes do Pará na Alepa e no Congresso Nacional


Congresso Nacional

Viviane da Costa Reis, 29 anos, nascida em Belém, fisioterapeuta e terapeuta ocupacional, foi empossada no cargo de deputada federal no dia 1° de janeiro, às 17h34, assumindo a vaga deixada pelo prefeito eleito de Belém, Edmilson Rodrigues (Câmara - clique aqui)

Vivi Reis é uma liderança em ascensão na politica paraense, também foi eleita vereadora de Belém em 2020, sendo a mais votada do PSOL, obtendo 9.654 votos.

O caso de Vivi Reis é inusitado, será a única parlamentar que assume uma vaga na Câmara dos Deputados sem ter alcançado 10% do quociente eleitoral, obteve 22.297 votos nas eleições de 2018, o quociente eleitoral para o cargo no Pará foi de 232.733 votos, resultando numa cláusula de barreira de 23.273 votos, ou seja, a barreira nominal de 10% para que se possa assumir uma vaga na Câmara dos Deputados (aqui)

A regra dos 10% foi aplicada em 2018 e custou 7 mandatos de deputados federais ao PSL (SP) e um ao Novo (RS).

O posse de Vivi Reis pode ser questionada judicialmente, caso a decisão entenda que a cláusula de barreira também seja aplicada para suplentes, a vaga do deputado Edmilson Rodrigues (PSOL) seria ocupada por Júlia Marinho (PSC), que obteve 75.334 votos.

Assembléia Legislativa

José Maria Tapajós, 64 anos, passa a ocupar a vaga deixada por Renato Ogawa, eleito prefeito de Barcanena. Tapajós era de vice-prefeito reeleito de Santarém (Alepa - clique aqui).

Adriano Coelho, 32 anos, assumiu a vaga de deputado estadual no lugar do Dr. Daniel Santos, eleito prefeito de Ananindeua (Alepa - clique aqui).

terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Vereadores de Parauapebas burlam lei federal para abocanhar aumento e regalias



Jeitinho pra ficar 'fora da lei'

A Lei Complementar 173/2020 (aqui) veta aumento da despesa com pessoal de qualquer natureza para os agentes públicos, exceto as relacionadas com o combate à pandemia, mas em Parauapebas a Câmara de Vereadores arranjou um jeitinho pra burlar a lei federal, aprovaram um projeto onde ganham um presente de 21% nos seus próprios salários.

O Projeto de Lei n° 97 (aqui) é resultado de um conluio entre os vereadores atuais e aqueles que tentaram a reeleição, mas foram rejeitados pelas urnas, juntos decidiram burlar a lei federal e jogaram os efeitos financeiros do aumento dos seus salários para 1° de janeiro de 2022, o mesmo modus operandi do prefeito eleito de São Paulo, Bruno Covas (aqui).

Malandro é malandro, mané é mané

Os vereadores de Parauapebas querem é férias, apesar de terem recesso de 90 dias durante o ano.

Eles também querem 13° salário, só pensam em regalias e privilégios, já ganhavam R$ 10.456,64 e passarão a receber R$ 12.666,1 (aqui), no mundo real ignoram a pandemia que já matou 204 pessoas em Parauapebas (aqui),  sequer consideram que 38,5% (aqui) das famílias de Parauapebas sobrevivem com até meio salário mínimo, ou seja, algo em torno de R$ 550, em valores de hoje.

Como diria o Bezerra da Silva: malandro é malando e mané é mané (aqui).

“Está tudo como dantes no quartel d’Abrantes”

Quem assistiu a sessão solene da Câmara de Parauapebas, a posse dos políticos eleitos para os mandatos que se iniciam em 2021, constatou que 'tudo continua como antes no quartel de Abrantes'. 

A sessão foi uma lástima, uma ode à pieguice, mostrando uma Câmara de Vereadores muito aquém dos desafios que Parauapebas terá de enfrentar.

Eleições de 2020

Os pronunciamentos dos políticos de Parauapebas evidenciaram que os cidadãos e moradores se jogaram na orfandade, nas eleições de 2020, a coisa pública está sem pai e sem mãe na capital do minério.

Eleição da mesa

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Parauapebas (2021-2022) será composta da seguinte forma:

Presidente - Ivanaldo Braz;
Vice-presidente - Josemir Santos;
Primeiro secretário - Rafael Ribeiro;
Segundo secretário - Zacarias Marques.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Por compra de votos com cestas básicas, dinheiro e até casa, prefeito de Brejo Grande do Araguaia/PA é denunciado




Brejo Grande do Araguaia, prefeito é denunciado por compra de votos

A eleição na cidade de Brejo Grande do Araguaia tem uma série de denúncias por compra de votos envolvendo o prefeito eleito, Jesualdo (PDT), o ex-prefeito Baixin (PDT) e alguns vereadores.

Os atos ilícitos vão desde a entrega de cestas básicas, pagamento em dinheiro e até cheque depositado em conta de eleitor para a compra de casa, tudo filmado e gravado ao vivo e em cores nítidas.

Jesualdo foi eleito com apenas 353 votos de vantagem contra o segundo colocado, Geraldo Bila (MDB).

Fotos, áudios e vídeos escandalosos

O Blog Sol do Carajás teve acesso aos áudios, vídeos e documentos que embasam algumas ações que tramitam na Justiça Eleitoral, é inacreditável que o candidato tenha sido diplomado e já esteja exercendo o cargo de prefeito municipal.

Os vídeos são escandalosos, o Blog toma a decisão de, por enquanto, não publicar para não expor a integridade física e a vida das pessoas que denunciam os crimes praticados nas eleições de Brejo Grande do Araguaia.

As pessoas eram obrigadas a filmar os seus votos




Ficha corrida

Marcos Dias do Nascimento, vulgo Baixin, ex-prefeito, e Jesualdo Nunes Gomes, prefeito eleito em 2020, já são velhos conhecidos da Polícia Federal, foram acusados pelo crime de falsidade ideológica, previsto no art. 350 do Código Eleitoral. O Inquérito Policial foi instaurado em decorrência de notitia criminis formalizada por meio do Ofício 187/2019-MP/PJSDA, protocolo n° 08072.001228/2019-01, bem como atendendo a determinação contida no despacho n° 0197/2019-GAB/DPF/MI3A/PA.

Veja algumas imagens dos crimes eleitorais em Brejo Grande do Araguaia



domingo, 3 de janeiro de 2021

Mulheres comandarão 50% dos cargos de primeiro escalão da prefeitura de Belém



Com alto nível, primeiro escalão de Belém terá 50% de mulheres 

Ontem (2), com muita transparência e seriedade, Edmilson Rodrigues deu posse aos titulares do primeiro escalão da sua administração, são 37 titulares de secretarias, coordenações e fundações da administração direta e indireta do governo da capital paraense, além do altíssimo nível dos novos gestores, o destaque ficou pelo fato de quase 50% dos cargos passarão a ser comandados por mulheres, algo inédito na cidade de Belém, veja o que disse o prefeito:

“A minha emoção é ver o maior corpo de funcionários com presença de mulheres, atuando em áreas estratégicas como saneamento, transporte e educação, e em quase todas as áreas, inclusive, mulheres indígenas ou negras”, declarou Edmilson no ato de posse dos novos secretários, secretárias, coordenadores e presidentes de órgãos municipais. “É uma honra para mim estar iniciando o terceiro mandato comandando essa revolução em termos de respeito aos direitos de participação de mulheres”. (Leia aqui - clique e veja a lista)

Prioridade das prioridades 

Na ocasião, Edmilson Rodrigues também anunciou as prioridades que estarão na pauta do seu governo, sendo o principal compromisso desenvolver uma gestão de combate à fome, tendo como carro chefe o programa 'Bora Belém' que garantirá uma renda de até R$ 450 para pessoas em situação de extrema pobreza (leia - clique aqui).

Edmilson Rodrigues foi o melhor prefeito que Belém já teve, pelo jeito, voltou com gás total para escrever mais um belo capítulo na história da capital paraense.

Exemplo, quem dera...

O exemplo de Edmilson Rodrigues, sem chicanas, sem arrodeio populista eleitoreiro, tanto na forma como no conteúdo, o prefeito de Belém montou o primeiro escalão do seu governo, prestigiando quem deve ser prestigiada e prestigiados: Belém e os seus moradores.

Edmilson, com escolhas de alto nível, mostrando que é possível fazer diferente, nos faz pensar em voz alta: quem dera fosse exemplo para outros eleitos e reeleitos, aqui e alhures...

sábado, 2 de janeiro de 2021

R$ 175 MILHÕES: Incompetentes, corruptos e fardados - contrato sigiloso, militares compram satélite inútil

 

Corruptos e fardados, no apagar de 2020, compram satélite inútil por R$ 175, sem licitação e em segredo

Os militares brasileiros são uma piada para outros países, tido como incompetentes e corruptos, os parasitas nunca serviram pra nada, uma carga que o povo carrega nos ombros, gostam mesmo é de uma mamata, basta ver o gorduroso Pazuello, ministro da saúde do governo Bolsonaro, o desastre que é a sua atuação no combate à pandemia.

Não bastasse Bolsonaro ser eleito o corrupto do ano (aqui), os militares do seu governo foram flagrados comprando um satélite inútil por R$ 175 milhões, sem licitação e em segredo:

Os corruptos de farda foram advertidos pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, o INPE, de que o satélite que pretendiam adquirir era inútil para monitorar a Amazônia. Mesmo assim, compraram, sem licitação. E esconderam o parecer do INPE da Câmara dos Deputados (aqui).

quinta-feira, 31 de dezembro de 2020

O ANO QUE VIRÁ - BETO MI

 



O Ano Que Virá
Beto Mi

Caro amigo, te escrevo
Assim eu me distraio um pouco
Estou fazendo tratamento pros nervos desse mundo
Que tá muito louco
Desde que você foi embora
Tenho uma grande novidade
O ano velho acabou
E até agora nada muda aqui nesta cidade
A gente não sai de casa, mesmo por um bom motivo
Falando nisso
Cortaram as asas e o bico do meu paraíso
E nós ficamos calados por uma semana inteira
E o outro, quando resmunga, coitado!
Abre a boca e só fala besteira

Mas a televisão nos disse
O ano que virá trará uma grande transformação
E todos nós estamos a esperar
Serão três noites de luz
E o quanto mais não importa
Pois, cada Cristo descerá da cruz

E os gênios estarão de volta
E se terá comida sobrando em cada mesa
E até os surdos irão escutar
O que os mudos falam com certeza
E se fará amor, cada um como bem quiser
E cada rosa assumirá sua flor
Seja ela homem ou mulher
E, sem grandes distúrbios, alguns mitos sumirão
Serão, talvez, os espertos, cretinos
Cada qual de sua geração

Veja, caro amigo, o que eu te escrevo e te digo
E como estou contente de estar aqui com esta gente
Veja, veja, veja, veja
Veja, caro amigo, o que a gente tem que inventar
Para poder se gozar e continuar esperando
E, se esse momento passasse num instante
Veja, caro amigo, como é divino e importante
Que nenhum de nós estejamos

O ano que está chegando
Daqui a um ano será saudade
Eu estou lhe preparando esta grande novidade.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Bolsonaro é eleito "O CORRUPTO DO ANO" por agência internacional



Parabéns aos envolvidos

Enquanto a grande mídia no Brasil em conluio com o Poder Judiciário fecham os olhos para os delitos do chefe do Poder Executivo do governo federal,  a 'Organized Crime and Corruption Reporting Project' (OCCRP) acaba de escolher o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, como o "Homem do Crime e da Corrupção de 2020", a OCCRP é uma Agência Internacional composta pelos melhores profissionais de jornalismo investigativo do mundo, cuja missão é expor os crimes e a corrupção nos seus níveis mais altos.

O Brasil tem um corrupto pra chamar de seu



"Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, foi nomeado Personalidade do Ano do Projeto de Relatórios de Crime Organizado e Corrupção em 2020 por seu papel na promoção do crime organizado e da corrupção. Eleito após o escândalo Lava Jato (Lava Jato) como candidato anticorrupção, Bolsonaro se cercou de figuras corruptas, usou propaganda para promover sua agenda populista, minou o sistema de justiça e travou uma guerra destrutiva contra a Amazônia região que enriqueceu alguns dos piores proprietários de terras do país.

Bolsonaro venceu por pouco dois outros líderes populistas, o presidente dos Estados Unidos Donald Trump e o presidente turco Recep Erdogan, pelo duvidoso prêmio. Ambos os finalistas também lucraram com a propaganda, minaram as instituições democráticas em seus países, politizaram seus sistemas de justiça, rejeitaram acordos multilaterais, recompensaram círculos internos corruptos e moveram seus países da lei e da ordem democráticas para a autocracia. O oligarca ucraniano Ihor Kolomoisky completou a lista dos finalistas.

“Esse é o tema central do ano”, disse Louise Shelley, diretora do Centro Transnacional de Crime e Corrupção (TraCCC) da George Mason University, que participou do painel do prêmio. “Todos são populistas causando grandes danos aos seus países, regiões e ao mundo. Infelizmente, eles são apoiados por muitos, que é a chave do populismo.”  (leia - clique aqui na OCCRP)