quinta-feira, 2 de abril de 2020

O BLOG SOL DO CARAJÁS, ESPONTANEAMENTE, EM RESPEITO AO CONTRADITÓRIO, PUBLICA DIREITO DE RESPOSTA DA PREFEITURA DE PARAUAPEBAS

NOTA OFICIAL DE DIREITO DE RESPOSTA 
Prefeitura Municipal de Parauapebas


Em conformidade com a Lei Federal nº 13.188/2015 (Lei do Direito de Resposta), a Prefeitura Municipal de Parauapebas vem a público repudiar as informações mentirosas divulgadas pelo blog Sol do Carajás em matéria postada na última terça-feira, 31, que questiona a compra, pelo próprio governo municipal, dos testes rápidos para o coronavírus.

É preciso enfatizar que em nenhum momento a Assessoria de Comunicação (Ascom) da prefeitura foi procurada pelo referido blog para apresentar a versão oficial do fato, indo de encontro a um princípio basilar do bom jornalismo, que é ouvir todos os envolvidos de uma matéria. Com isso, o texto foi recheado de especulações e achismos que contrariam aqueles que têm compromisso com a verdade.

A Prefeitura de Parauapebas considera a informação uma das principais armas para combater situações como a pandemia do Covid-19. Mas é preciso que a notícia seja verídica e que contribua para manter o cidadão bem informado, esclarecido e, em determinados casos, orientado! Do contrário, é agir com desrespeito não apenas com a prefeitura, mas com toda a população, que já vive sob grande preocupação e angústia e ainda tem que lidar com as falsas notícias que somente contribuem para tensionar ainda mais o clima na cidade. 

Diante das acusações levianas e dúvidas lançadas recorrentemente pelo blog Sol do Carajás em torno da veracidade e legalidade da compra dos testes rápidos pela Prefeitura de Parauapebas, é preciso esclarecer com ênfase à população que o extrato do contrato de aquisição dos kits está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) do Pará desta terça-feira, 31, e pode ser encontrado também no Portal da Transparência da PMP, ao contrário do que diz o blog.

Os testes rápidos foram adquiridos junto à empresa Methabio Farmacêutica do Brasil, com recursos do Fundo Municipal da Saúde de Parauapebas, ao valor de R$ 130 mil. E preveem resultado do exame em até 15 minutos. Parauapebas é o primeiro município do Pará a adquirir e usar esse material, numa iniciativa que deu certo em países como Cingapura e Coréia do Sul.

A decisão da compra, em caráter de urgência, partiu do prefeito Darci Lermen por dois motivos: a longa demora dos pacientes em saber o resultado dos exames - até então feitos em Belém, - e a falta de previsão de chegada, nos municípios, dos testes rápidos pelo governo federal e destinados exclusivamente aos servidores da Saúde e outros profissionais que trabalham diretamente com quem tem suspeita do vírus.

Tanto é que a chegada imediata dos kits em Parauapebas tranquilizou a própria mineradora Vale, da qual partiu a doação dos testes rápidos para o Ministério da Saúde. A empresa solicitou da prefeitura e já recebeu o material para examinar os seus funcionários, o que evidencia o acerto na compra dos kits pela gestão municipal.

Para ficar bem claro, a Vale adquiriu cinco milhões de testes para doação ao governo federal e não para uso próprio, numa decisão louvável da empresa que, assim, demonstra ser parceira do governo brasileiro. Os municípios, por sua vez, têm obrigação humana e constitucional de cuidar de todos, sem distinção, portanto não poderia negar auxílio a qualquer empresa, de pequeno ou grande porte, ou a qualquer cidadão, num momento que requer de nós o máximo de união e de atenção à saúde de quem reside em Parauapebas.

A prefeitura aproveita para anunciar a compra de mais sete mil testes rápidos para atender pessoas que apresentarem sintomas avançados do Covid-19 em Parauapebas, conforme orientação dos profissionais da saúde, e ainda para examinar idosos e cidadãos com doenças crônicas.

Os testes já começaram a ser realizados e inclusive foi refeito o exame no rapaz de 25 anos, primeiro caso confirmado de coronavírus de Parauapebas. A família dele também foi testada e, apesar de o resultado ter dado negativo para todos, segue monitorada, assim como todos os demais casos suspeitos do Covid-19 no município.

A Prefeitura de Parauapebas reforça que age de forma clara e transparente para evitar que os casos de coronavírus aumentem no município. Comprometida com o bem-estar público, divulga todas as informações verdadeiras a respeito das suas ações no combate ao coronavírus nos canais oficiais da instituição.

O governo não aceita e não vai tolerar que a grave e delicada situação vivida em Parauapebas, como no resto do planeta, em virtude do Covid-19, seja usada de forma leviana e irresponsável para atacar, em ano eleitoral, iniciativas de uma gestão que tem se preocupado 24 horas por dia em apresentar medidas que contenham o avanço de um vírus tão perigoso e que ainda garantam tranquilidade a milhares de pessoas que pararam de trabalhar para não colocar a saúde em risco.

A informação deve ser comprometida com a ética, com a verdade. É isto que se espera dos veículos de Comunicação que seguem os princípios mais básicos do fazer jornalismo.

Assessoria de Comunicação – Ascom/PMP
_________________________
_________________________


Observações do BLOG sobre a NOTA


O DIREITO DE RESPOSTA foi concedido espontaneamente pelo BLOG SOL DO CARAJÁS.

Como se percebe, sob o pretexto de prestar esclarecimentos à população, DARCI prefere fazer política e DESFERIR seus costumeiros ataques à LIBERDADE DE IMPRENSA e ao JORNALISMO INDEPENDENTE, mostrando sua arrogância e desprezo às regras do estado democrático de direito.

A matéria contra a qual DARCI destila seu ódio à LIBERDADE DE IMPRENSA está fundamentada em informações sólidas, colhidas na midia nacional e internacional, inclusive na página oficial do Ministério da Saúde (veja AQUI - www.saude.gov.br), ela não permite dúvidas acerca da sua temática, qual seja, a chegada dos primeiros kits de testes rápidos para o COVID-19, no BRASIL, o que contrariava a propaganda espalhafatosa do governo de Parauapebas.  

O prefeito e ASCOM alegam que não foram consultados pelo BLOG, o que NÃO É VERDADE, talvez o prefeito e a sua ASCOM não tenha zelo pela LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO, a sociedade o tem e o SOL DO CARAJÁS também, com o rigor que o caso exige, o BLOG , antes de publicar a matéria, CONSULTOU o PORTAL DA TRANSPARÊNCIA, órgão oficial do município, buscando o empenho, a liquidação e o pagamento da referida compra dos 'kits de testes rápidos', em vão. Até este momento, dia 02/04/2020, às 08:15, sequer o EMPENHO está lançado no PORTAL DA TRANSPARÊNCIA (veja AQUI), não há qualquer informação acerca da aquisição.

Jornalismo não deve ser confundido com 'propaganda pura e simples'.

É fato, a prefeitura de Parauapebas noticia que adquiriu de uma empresa denominada METHABIO 'kits de testes rápidos', inclusive já estaria aplicando os exames na população, o leitor pode ver imagens e notícias em órgãos de imprensa que merecem credibilidade (G1 - GLOBO), todas produzidas posteriormente à matéria publicada pelo SOL DO CARAJÁS. 

Dito isso, seria salutar que o DIREITO DE RESPOSTA viesse para tranquilizar a população, não para fazer política e atacar a LIBERDADE DE IMPRENSA, o prefeito deveria informar com precisão e clareza à sociedade de Parauapebas:

1) Como adquiriu, quando adquiriu, qual o preço e qual a quantidade dos "kits de testes rápidos';

2) Como transportou os 'kits' para o município;

3) Quantas amostras dos lotes adquiridos pela prefeitura foram enviadas à FIOCRUZ/Evandro Chagas  para atestar a sua eficácia.

A ANVISA autorizou a produção de alguns 'testes rápidos' no Brasil, a Resolução é do dia 18/03, foi publicada somente no dia 19/03, no dia 27/03, cinco dias úteis depois já circulava nas redes sociais imagens do secretário municipal de Parauapebas na posse de uma caixa VIOLADA, em ambiente não hospitalar, ambiente aparentemente inapropriado, no afã de fazer propaganda e uso eleitoral. Seriam esses testes que o governo municipal autorizou a ser usado na população de Parauapebas?

O BLOG faz observar, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que por sinal é médico, tem tido uma conduta elogiada no combate ao 'coronavírus', ele cancelou a compra de 300 mil testes rápidos, por suspeitas de falhas em cerca de 30% deles, condicionou a aquisição dos 'testes rápidos' à realização de prévio controle de qualidade (aqui). O prefeito de Parauapebas também teve o cuidado de constatar a qualidade dos testes adquiridos?

O Sol do Carajás publicará todo e qualquer DIREITO DE RESPOSTA, espontaneamente, sempre o fez, assim como elogiará qualquer ato de Vossa Excelência que entendamos vá ao encontro do interesse público, algo que a cada dia se torna mais raro.

Ao prefeito, que usa a poderosa e milionária máquina pública do município para atacar quem não se curva à sua obsessão eleitoral por um QUARTO MANDATO, lembramos algo que um outrora humilde professor, filhos de agricultores, deve ter aprendido com os seus pais: RESPEITO NÃO É UMA VIA DE MÃO DUPLA, DEVEMOS RESPEITAR MESMO AQUELES QUE NÃO NOS RESPEITA!

Por fim, é INCONTESTE, o prefeito utiliza a pandemia do vírus para fazer a política mais rasteira e desprezível - é a opinião do BLOG SOL DO CARAJÁS e colaboradores.

quarta-feira, 1 de abril de 2020

Prefeito de Parauapebas quer censurar BLOG e recebe resposta do Sol do Carajás


LEIA ABAIXO:
__________________________________________________________

                   Parauapebas/PA, 01 de abril de 2020


Ao Excelentíssimo,

Prefeito de Parauapebas – DARCI JOSÉ LERMEN

Assunto: Notificação 001/2020


O Blog Sol do Carajás está ciente do vosso inconformismo com a linha editorial deste órgão de comunicação, não é de hoje. O Blog lamenta a postura de V.Exa.,  antes mesmo da publicação da matéria referida, já utilizava as redes sociais e um programa de uma rádio local para agredir e desacreditar o Blog Sol do Carajás, esse tipo de conduta diz mais sobre V.Exa. do que sobre as suas vítimas.

A matéria publicada no endereço http://soldocarajas.blogspot.com/2020/03/urgente-o-ministerio-da-saude-desmente.html denuncia a postura midiática e a utilização política eleitoral da pandemia do coronavírus por parte de V.Exa. e do vosso governo, em Parauapebas/PA. A matéria foi publicada pelo Sol do Carajás em 31/03/2020, às 10:04. As fontes utilizadas estão no site oficial do Ministério da Saúde, informações publicadas em 30/03/2020, às 19:33, atualizadas às 11:17 do dia 31/03/2020, disponíveis nos links que seguem:


Nesse contexto, entre o site oficial do Ministério da Saúde e a postura espalhafatosa dos membros do vosso governo nas redes sociais, o Sol do Carajás opta pelo que está informado no site do Ministério da Saúde, assim, o Blog reitera a pertinência da matéria para o momento e contexto em que foi publicada.

Aliás, hoje, 01/04/2020, 10:00, o Blog consultou o Portal da Transparência, não encontrando qualquer menção acerca do empenho, da liquidação e do pagamento para a aquisição dos ‘kits de testes para o Covid-19’, informações cruciais para que se noticie com dados oficiais essa ação do vosso governo.

Não obstante, o Blog não se opõe e publicará qualquer direito de resposta ou esclarecimentos por parte do vosso governo e de V. Exa., mas em hipótese alguma se curvará ao arbítrio da censura.

Além do DIREITO DE RESPOSTA, o BLOG SOL DO CARAJÁS E COLABORADORES O CONVIDA PARA UMA ENTREVISTA, em horário e formato definido pela sua equipe, ao vivo ou gravada, para debater as ações no combate ao ‘coronavírus’ no município, inclusive sobre a aquisição dos referidos ‘kits de testes rápidos’, há muito para esclarecer sobre o episódio, entendemos que seria uma boa oportunidade para ficar demonstrado que V.Exa. não se move apenas pelo simples e asqueroso desejo de censurar o que não vai ao encontro dos seus interesses eleitorais.

Por fim, comemore e defenda a LIBERDADE DE IMPRENSA, graças a ela que um outrora humilde professor e filho de agricultores chegou pela terceira a sentar na cadeira de prefeito de Parauapebas/PA.

Atenciosamente!



BLOG SOL DO CARAJÁS E COLABORADORES

terça-feira, 31 de março de 2020

Programa Conexão Pará - Paraíba (Parte II)





Leônidas Mendes, Lindolfo Mendes e Sinvaldo Braga debatem sobre a pandemia do coronavírus e o seu impacto sobre os Estados do Pará e Paraíba. A forma como os gestores dos municípios de Campina Grande (PB) e Parauapebas (PA) estão enfrentando o problema também mereceu especial atenção. 

Vale a pena conferir!

Programa Conexão Pará - Paraíba faz sua estreia

As polêmicas em torno das ações adotadas pelos governos para combater a pandemia do coronavírus no Pará e na Paraíba




Comentário de uma internauta, após assistir o programa:


"Em síntese, o prefeito decreta estado de calamidade pública, fica dispensado de fazer licitações e logo depois reabre o comércio e demais atividades para que todos se contaminem"


Parauapebas: Da farsa ao calote, Darci usa 'vírus' para enganar os servidores públicos com 'projeto de lei fake'

Governo Darci Lermen enviou 'projeto de lei fake' para a Câmara de Vereadores, causando revolta nos servidores públicos





Entre a farsa e o calote

O prefeito de Parauapebas tem uma cabeça onde a mentira aponta pra todo lado e está enraizada, ele agora inovou, criou o 'projeto de lei fake', a vítima são os servidores públicos e a sociedade.

Isso mesmo, após enganar e manipular os servidores do município, ele inventou uma sofisticada forma de aplicar o calote, o seu governo negocia com os representantes dos servidores até o último dia, envia os projetos de leis para a Câmara, quando tudo está pronto para ser votado, o prefeito manda retirar as propostas, deixando a categoria sem qualquer opção.

Em matéria de farsa, de enganar e de mentir, o prefeito de Parauapebas é mesmo imbatível.

Mais uma farsa de Darci Lermen: o projeto de lei era fake!

URGENTE: O Ministério da Saúde desmente secretário de saúde e prefeito, governo de Parauapebas pode ter montado uma farsa

Prefeito e secretário de saúde podem ter montado uma 'farsa' para enganar a população da cidade, caso pode parar na Polícia Federal


LEIA MATÉRIA QUE DESMENTE PREFEITO E SECRETÁRIO
DE SAÚDE DE PARAUAPEBAS


Darci Lermen e o secretário de saúde são questionados

O Blog Sol do Carajás recebeu várias informações oriundas de servidores da rede pública de saúde do município de Parauapebas, sob a condição de anonimato, eles estão questionando a veracidade do conteúdo dos vídeos divulgadas pelo secretário de saúde do governo Darci Lermen para o combate ao coronavírus, o caso é grave e pode parar na Polícia Federal.

O caso

Na última sexta-feira (27), o secretário de saúde do governo Darci Lermen divulgou um vídeo, numa sala misteriosa, diante de uma caixa onde supostamente estariam 'kits de testes rápidos' para o COVID-19, o secretário ainda afirmou que toda a população de Parauapebas que 'necessitasse da testagem' seria atendida a partir da segunda-feira (30).

O vídeo do secretário foi supostamente gravado em Brasília, veja:





As informações do Ministério da Saúde indicam que governo de Parauapebas pode ter montado uma a farsa 

Numa matéria publicada ontem (30), o site do Ministério da Saúde (MS) desmente o secretário de saúde e o prefeito de Parauapebas, as informações foram atualizadas na noite de segunda-feira (30), às 21h55, fica claro que os testes que chegaram em Brasília ainda não foram distribuídos aos estados e municípios, antes passarão pelo Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS), da Fiocruz (aqui).

Tem mais mentira do governo de Parauapebas

Outra informação oficial do Ministério da Saúde coloca o prefeito e o seu secretário em situação de total descrédito no município, segundo o Mandetta, ministro da saúde, as primeiras 500 mil unidades de testes rápidos para diagnosticar o coronavírus (Covid-19) serão usados em profissionais que atuam na área de saúde de todo o país e nos agentes das forças de segurança pública, como policiais, bombeiros e guardas civis que estejam com sintomas da Covid-19 (aqui), ou seja, quando forem distribuídos, talvez essa semana, os testes não se destinam à população em geral, mas aos profissionais que atuam na linha de frente de combate ao vírus, quais: médicos, enfermeiros, técnicos, policiais, bombeiros, etc.

"(...) como explica o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “É um teste rápido, mas ele mede o anticorpo. Você teve a gripe, que pode ser de qualquer vírus e, no sétimo dia, a gente fala que a gripe que você está ou que já acabou era causada pelo coronavírus. Esse teste vai ser fundamental para a gente saber se aquela enfermeira, aquele médico ou o profissional de segurança, que teve uma gripe ou que está com uma gripe, testou positivo para coronavírus. Se sim, vamos tratar de um jeito. Se não, poderá retornar ao trabalho”, esclareceu Mandeta (aqui).

Como se percebe, o prefeito e secretário de Parauapebas podem ter sido flagrados em mais mentiras, na forma mais mesquinha, usando o 'vírus' como arma política eleitoral.

Escassez mundial de insumos

O Ministério da Saúde admite a escassez mundial de insumos, o governo da Alemanha está em dificuldades e alerta para a existência de equipamentos falsificados e produtos sendo roubados para serem revendidos ilegalmente e por preços absurdos (aqui - DW).

Na Alemanha está ocorrendo isso, imagine no Brasil, é urgente que o prefeito de Parauapebas, com o seu secretário de saúde, informem onde compraram os 'kits de testes rápidos' para o Covid-19, mostrem a nota fiscal do produtos, o fabricante ou laboratório, a transportadora que levou os insumos para o município de Parauapebas.

Veja o que disse o ministro da saúde da Alemanha, para o maior jornal do país:

"Estamos comprando equipamentos de proteção médica no nível federal e fornecendo a todos os estados e associações de saúde pública", disse Spahn. Segundo o ministro, a abordagem garantiria "preços justos e firmes para todos os fornecedores nacionais e internacionais de máscaras e equipamentos de proteção".À medida que o vírus Sars-Cov-2 se espalha globalmente, faltam máscaras cirúrgicas e outros materiais hospitalares importantes para uso médico. A escassez já se tornou aparente em diversas clínicas e hospitais na Alemanha. Muitos diretores de compras relatam não ter outra opção a não ser tentar esterilizar e reutilizar máscaras enquanto procuram por fornecedores.Há relatos de equipamentos de proteção falsificados sendo vendidos e de produtos legítimos simplesmente desaparecendo antes da entrega – roubados por gente que tenta revendê-los com lucros astronômicos". (DW - maior jornal da Alemanha)

Darci tem no vírus um aliado contra Parauapebas

Toda a cidade sabe que Darci Lermen conseguiu piorar o que já era ruim, o prefeito tem rejeição alta entre os moradores do município, sequer pode andar nas ruas sem um aparato de segurança, mas difícil acreditar que chegaria onde chegou.

A palavra está com o prefeito e com o secretário de saúde do município de Parauapebas.

segunda-feira, 30 de março de 2020

HÉLDER BARBALHO esclarece medidas em defesa da vida no Pará

Helder Barbalho, governador do Pará, concede entrevista ao jornalista Luis Nassif 






A entrevista é esclarecedora, Hélder defende a unidade entre os 3 níveis de governo, mas afirma que não está esperando e nem ficará inerte diante dos outros entes federativos. 

O governador mostra convicção e firmeza, salientando que as medidas adotadas no Pará estão embasadas na ciência e nas recomendações da boa medicina.

O governador também elenca várias medidas sociais e econômicas para auxiliar a população paraense, notadamente a a parte mais vulnerável.

Parauapebas

Na entrevista ficou evidente, Darci Lermen traiu o governador do Pará ao autorizar a abertura do comércio em Parauapebas, deixando claro que no município o governador Hélder não tem um aliado para momento difíceis, mas apenas um político fanfarrão e oportunista, cujas ações são motivadas pelos interesses mais mesquinhos.

Enquanto Hélder combate o vírus, Darci acredita que o 'vírus' é mais uma oportunidade para ele 'enganar' os cidadãos de Parauapebas.



Parauapebas: Hélder estimula nomes da sua base aliada para disputar a prefeitura

Helder Barbalho, governador quer alternativa eleitoral em Parauapebas/PA para eventual impedimento ou prisão de Darci Lermen





Hélder combate o vírus, Darci mostra fraqueza e tenta usar o 'vírus'

O governador do Pará ganha destaque nacional no combate à pandemia do 'coronavírus', mostrando firmeza nas suas decisões, adotando medidas com embasamento técnico e com planejamento, bem diferente do prefeito de Parauapebas que mostra fraqueza e uma ridícula tentativa de uso político eleitoral do 'vírus', passando insegurança para a população diante da grave crise que atinge a saúde pública.

Quer distância de Darci

Ao escolher o município de Marabá para receber um hospital de campanha com 120 leitos, Hélder mostrou responsabilidade, trata a crise com a seriedade que ela exige, mantendo distância do prefeito de Parauapebas.

Joelma e Valmir da Integral

Está evidente, Hélder busca uma alternativa eleitoral em Parauapebas, tenta evitar que o município mais rico do interior do Pará caia nas mãos de opositores ao seu governo, nesse contexto, ele incentiva o surgimento de outros nomes para a disputa da prefeitura em 2020.

Hélder ofereceu para Joelma Leite abrigo no PL, partido do vice governador do Estado, colocando o seu nome de vez na disputa para a prefeitura de Parauapebas. Outro que Hélder mantém boa convivência é com o ex-prefeito, Valmir da Integral, ainda a principal ameaça para Darci Lermen.

Hélder vê riscos para Darci, inclusive de prisão

O governador do Pará já não esconde que tem o desenho de várias hipóteses para as eleições de outubro em Parauapebas, vislumbra desde um fracasso na urnas do atual prefeito ou um provável impedimento de Darci Lermen pela Justiça Eleitoral, sem descartar inclusive um cenário ainda mais grave, qual seja, uma eventual prisão do  seu aliado, por isso incentiva a candidatura de Joelma Leite e de Valmir da Integral, uma composição de ambos, com apoio da máquina estadual, deve ter entrado no 'radar' político do governador.

Uma coisa é certa, Hélder não quer perder Parauapebas de 'jeito maneira', já mandou todos os avisos para o atual prefeito Darci Lermen.

Líder do Bolsonaro vem aí

Por outro lado, em Parauapebas, o grupo mais próximo do presidente Bolsonaro caminha para unir forças em torno do nome de Júlio Cesar, que já conta com apoio do vice-presidente Mourão, devendo ser o candidato do PRTB.

Júlio César convidou Eduardo e Flávio Bolsonaro para o lançamento oficial da sua pré-candidatura a prefeito, eles ainda não confirmaram presença, mas Otoni de Paula, pré-candidato a prefeito da cidade do Rio de Janeiro, vice-líder do governo Bolsonaro no Congresso, estará em Parauapebas:

"O pelotão eleitoral de Jair Bolsonaro está apostando todas as fichas na candidatura de Júlio César. Ele já conta com o apoio do vice-presidente da República, Hamiltom Mourão e do presidente nacional do PRTB, Levy Fidelix, para concorrer nas próximas eleições (...). O grupo Bolsonarista também deve se reunir com diretores da Vale no município. Para Júlio César, esse momento, em que o país passa por isolamento, não deve atrapalhar a campanha, nem as eleições". (BSB Magazine - aqui)

Catalão e Francine

Marcelo Catalão e Francine do Hipersena também iniciaram  conversas para ajustar os rumos que tomarão em 2020, quem sabe uma aliança. Catalão já foi candidato a prefeito em 2016, ficando em terceiro lugar.

sábado, 28 de março de 2020

Site oficial da Parauapebas diz que obra é em parceria com governo Darci, a Vale omite e diz que é dela

A Vale diz que é ela, a prefeitura diz que é do Darci, para a mineradora por o dinheiro o prefeito a livrou do Decreto de Calamidade Pública




Vale passa longe de Darci

Veja como a VALE deu a notícia sobre a reforma no Hospital Municipal de Parauapebas/PA para o combate ao COVID-19, em nenhum momento ela cita o prefeito de Parauapebas ou qualquer membro do governo, a mineradora assume o total protagonismo da obra e passa longe da trupe de Darci Lermen - (CLIQUE AQUI) ou leia abaixo: 
"Como reforço à saúde pública no sudeste do Pará, a Vale está investindo R$ 1,5 milhão na reforma e ampliação de uma ala de internação do Hospital Municipal de Parauapebas (HMP). A ação possibilitará o acréscimo de 40 novos leitos de unidade semi-intensiva, aptos a receberem pacientes com sintomas graves do Covid-19.

A reforma do HMP, que deve ser concluída na primeira quinzena de abril, contempla salas de conforto para médico, técnicos e enfermeiros, salas administrativas, um novo posto de enfermagem e medicação, entre outras melhorias.

"Cuidar das pessoas e contribuir de forma efetiva para o combate à disseminação do Coronavírus é um dos compromissos da Vale. Entendemos a reforma e a ampliação de 40 leitos do HMP como um importante reforço à saúde pública de Parauapebas e região. Vale destacar que estamos dialogando com outros municípios, a fim de avaliar novas medidas de apoio", ressaltou o gerente de Sustentabilidade Norte da Vale, José Carlos Sousa 
(CLIQUE AQUI)

Tome fakenews 

Caso você queira ficar com a versão da prefeitura, veja o que diz o Secretário de Obras, Wanterlor Bandeira, suspeito de está envolvido na locação de caçambas fictícias, no esquema conhecido como 'caçambão da semob', somente em 2020, conforme o próprio prefeito diz, eles já passaram mais de R$ 15 MILHÕES para a empresa White Tratores do 'el patron(aqui):

"Está em pleno vapor, desde o último sábado, 21, a reforma do antigo Hospital Municipal de Parauapebas para a instalação de 40 leitos de semi-UTI destinados a casos de Coronavírus que possam ser confirmados no município. Apesar de até a manhã desta quarta-feira, 25, nenhum caso ter sido registrado em Parauapebas, o prefeito Darci Lermen vem seguindo as orientações do Ministério da Saúde, para prevenir e conter o avanço do Covid-19.A regra é se preparar e oferecer atendimento especializado para os casos de Coronavírus. Para a reforma do antigo HMP, a prefeitura conta com a parceria da mineradora Vale. “É uma obra importante para a cidade, em parceria com a Vale; um pedido do nosso prefeito para que haja o cuidado com possíveis pacientes infectados”, ressalta o secretário municipal de Obras, Wanterlor Bandeira." ((AQUI)

Darci Lermen usa o 'coronavírus' para esconder que é réu, teve mandado de prisão  e ficou foragido

Uma coisa é certa, o prefeito de Parauapebas está usando o "coronavírus' para tentar esconder as denúncias que pesam sobre seu 'lombo', ele é réu por desvio de merenda escolar, tem mandado de prisão suspenso por habeas corpus e ficou foragido por vários dias da Polícia Federal, mas agora tenta mostrar a população de Parauapebas que está preocupado com a saúde dos moradores.


sexta-feira, 27 de março de 2020

Parauapebas: Decreto era de 'mentirinha', prefeito já voltou atrás, flexibilizou, ele só pensa em 'faturar eleitoralmente'

Inseguro, fraco, com mentiras, Darci 'flexibiliza' o Decreto de Calamidade. Vai e vem gera ainda mais alarme, mostra que a cidade está sem governo




Na cidade de Milão, vai e em de medidas, como faz Darci Lermen, causou mais de 5,5 mil mortes

O prefeito de Parauapebas não sabe o que faz, pode ser o responsável por muitas mortes no município, com seu vai e vem gera insegurança, mostra irresponsabilidade, ele quer apenas 'ficar de boa' com seu eleitorado, em Milão , na Itália, atitude como a de Darci Lermen causou um desastre, confidenciou ao Blog um médico da rede pública de Parauapebas que está apreensivo com a  forma que vem agindo o prefeito da cidade (aqui - G1 - Globo).


"Essa medida é irresponsável, porque não é baseado nas recomendações da OMS, vai na contra mão, isso ocorreu na Itália, em Milão, quando o prefeito autorizou uma propaganda, em rede nacional, informando que Milão não para. Na época, havia 200 infectados e hoje contabiliza mais de 5.5 mil mortos.

Que não tivesse voltado

Darci Lermen decretou calamidade pública e logo fugiu do município com medo do 'coronavírus', ficou desaparecido entre os dias 19 e 22/03, retornou e já mostrou sua insegurança e titubeio, o Decreto nem produziu efeito e ele já revoga boa parte das medidas.

Mentiras

Ele diz que o Decreto dele parou o trem, fechou o aeroporto, que já comprou testes para o Covid-19, que o município será o primeiro do interior do Pará a receber o 'material', como se percebe, o prefeito tem 'megalomania', não está no domínio das suas próprias razões.

A verdade

O prefeito viu no 'coronavírus' uma oportunidade de sair das cordas, pular pra fora do poço em que se enfiou, todas as suas ações são tomadas exclusivamente pensando nas eleições de outubro, a saúde da população pra ele não tem a menor importância.

Não teve embasamento técnico

Ele não pensou e não consultou ninguém, apenas achou que poderia se dar bem com a crise do vírus, decretou calamidade pública sem pensar nas vítimas da pandemia, nem está pensando agora ao revogar as medidas, ele só pensa em manipular e mentir para conseguir mais um mandato em outubro, o quarto, pelo jeito e pela agonia, ele está com sérias dificuldades.

Veja o vídeo do prefeito, sem a menor vergonha, já voltando atrás das medidas





Basta ver a fraqueza do prefeito pra se entender tudo

Agora, fica claro o motivo do prefeito de Parauapebas não ser levado a sério pelo governador Hélder Barbalho, por isso o município perdeu um dos hospitais de campanha para combater o coronavírus, Marabá é que foi beneficiada. 

O prefeito de Parauapebas parece 'cachorro doido' em festa de São João. 

Num ponto, Darci tem razão: DEUS NOS PROTEJA!

Parauapebas: Prefeito decreta calamidade pública e vai para as redes sociais mandar o povo 'ir latir'

Réu por desvio de merenda escolar, bens bloqueados pela justiça, livre e solto por um habeas corpus de última hora, Darci Lermen diz que está correto, ataca a imprensa e manda o povo 'ir latir'




Não tenha tanta certeza da impunidade

A soberba cegou o prefeito de Parauapebas, mas não custa lembrar que o caso Pazinato lhe rendeu um mandado de prisão, o desvio de merenda escolar poderá lhe render outro e o 'caçambão da semob' mais um.

Não perca sua tranquilidade e nem tenha tanta certeza da impunidade!

Imagine um prefeito

Segundo o prefeito de Parauapebas a cidade vive uma situação de calamidade pública, tem até um Decreto, mas um cidadão de nome Darci Lermen, por infelicidade da cidadania ele também é o prefeito, não larga as redes sociais, batendo boca e xingando a população, mandando quem o critica ir latir, ou seja, para o chefe do executivo de Parauapebas a maior parte dos moradores 'é cachorro'.  

Pelo jeito, Darci Lermen perdeu a sorte e a tranquilidade.

Ele assume que paga a White Tratores

O prefeito de Parauapebas está sendo acusado de permitir a existência de um grande esquema de desvios de recursos públicos na secretaria de obras, ele não nega e assume que sabe dos pagamentos, dizendo textualmente: 'eu processo'. 

Ele debocha das denúncias

Darci Lermen tem os bens bloqueados pela Justiça por suspeita de autorizar uma desapropriação superfaturada; Darci Lermen é réu na Justiça Federal por desvio de merenda escolar; Darci Lermen está livre e solto mediante um habeas corpus concedido de última hora, ainda ficou foragido alguns dias da Polícia Federal.

'Caçambão da Semob' será o próximo

Agora, Darci Lermen está sendo acusado de envolvimento no "caçambão da semob", um esquema de desvio de recursos públicos mediante a locação de caçambas fictícias, estima-se que haja pagamento de mais de 350 caçambas, mas na realidade a quantidade entregue a prefeitura não chegaria a 100.

Um currículo desse, só no Brasil e no Pará

Com um currículo desse como pode ainda controlar todo o 'processo' que desembolsa os pagamentos da prefeitura mais rica do interior do Pará, como pode ainda ter o domínio dos cofres públicos?

É compreensível, mas gera indignação na população, ele tem consciência de que é a prova viva da impunidade, é natural que se sinta confortável e bem à vontade para atacar a imprensa, que mande a maior parte da sociedade de Parauapebas ir latir, ainda debocha das denúncias que são misteriosamente engavetadas no Ministério Público do Pará e no Tribunal de Justiça, como era no TCM-PA até um conselheiro ser apanhado recebendo propina.

Ataca o SOL e manda o povo 'ir latir'

O prefeito parece sentir que a sorte lhe abandonou, partiu para ataques ao BLOG  SOL DO CARAJÁS e em franco desatino estendeu sua intranquilidade para os moradores que reclamam do seu governo, finalizando que 'está correto e que podem ir latir'.

Em mais um ataque de sincericídio, típico de quem cava o próprio poço,  Darci Lermen revela como gosta de se relacionar com a imprensa e com vereadores: comprando apoio, por isso o superfaturamento do 'caçambão da semob'.

Resumindo, para o prefeito de Parauapebas a imprensa é como os vereadores: só elogia e 'apóia' se receber ao menos um 'caçambão da semob' todo mês.

Quer um 'caçambão da semob'? Elogie Darci

Tudo na vida tem coisas boas e ruins, o governo Darci Lermen também é assim.

Teve coisas boas: recuperou a receita municipal, quitou salários atrasados dos servidores da saúde, travou uma batalha pela CFEM, iniciou bem uma articulação para a realização de um grande projeto de saneamento no município, etc.

Elogiar é bom e faz bem ao espírito, parece que no caso de elogio ao prefeito de Parauapebas faz bem ao bolso também, segundo as suas próprias insinuações, talvez a 'rádio cabeluda' saiba bem disso, o tanto que seus 'microfones' elogiam já devem ser milionários!

Por outro lado, imagine isso em qualquer cidade

Pois bem, sucatear os serviços públicos de saúde para forçar uma terceirização é ruim, não é elogiável. 

Desviar dinheiro mediante contrato advocatícios e usar a conta do filho para receber propina é coisa ruim, não é elogiável. 

Desviar recursos em desapropriações milionárias e receber propina na conta da 'conja' é ruim, não é elogiável. 

Desviar recursos da merenda escolar é ruim, não é elogiável. 

Que ninguém pense uma coisa dessa, o Blog não se refere especificamente ao prefeito de Parauapebas, não mesmo. Apenas elenca situações reprováveis, não elogiáveis, que ocorrendo em qualquer lugar, em qualquer prefeitura, praticadas por qualquer agente público mereceriam repúdio.

Veja vídeo de Darci Lermen mandando os moradores 'ir latir' e atacando o Sol do Carajás


PARAUAPEBAS/PA: As polêmicas que envolvem Darci Lermen e o Decreto de Calamidade Pública n° 326/2020







Léo Mendes, Sinvaldo Braga e Lindolfo Mendes comentam os pontos positivos e negativos do Decreto n° 326/2020, onde o prefeito Darci Lermen coloca Parauapebas em estado de calamidade pública. O prefeito tem sido bastante questionado e não aceitou bem as críticas recebidas, principalmente quando descoberto que ele investiu míseros 257 mil reais na secretaria de saúde, na compra de equipamentos, material permanente, em obras e instalações, sendo que no mesmo período ele passou mais de R$ 15 milhões para a empresa de um 'amigo'.

quinta-feira, 26 de março de 2020

PARAUAPEBAS: Em plena crise do 'coronavírus' Darci Lermen passa mais de R$15,6 milhões para a White Tratores contra apenas R$ 257,4 mil para a infraestrutura da saúde pública

Prefeito usa crise do 'coronavírus' para enganar a população e ao mesmo tempo ele enche os cofres da White Tratores com R$ 15,6 MILHÕES




Enganou, piorou o que já era muito ruim

A situação caótica da rede pública de saúde de Parauapebas sofre bastante com os seus governos, não é de hoje, Darci Lermen recebeu uma herança maldita, no começo até que enganou, depois de 3 anos ele fez o impossível e conseguiu piorar o que já era muito ruim.

Descaso mortal I


Em 2020, em plena pandemia do coronavírus, basta olhar os números para se constatar o descaso mortal de Darci Lermen contra a população pobre de Parauapebas, o prefeito promove um verdadeiro sucateamento da rede pública de saúde, o Portal da Transparência mostra que foram míseros R$ 31.994,06 destinados para a aquisição de 'Equipamentos e Material Permanente(aqui) para toda a saúde pública de Parauapebas/PA.

Descaso mortal II

Outra rubrica orçamentária que revela o descaso mortal de Darci Lermen contra a população é a despesa realizada com 'Obras e Instalações', apenas R$ 225.468,68 (aqui), ou seja, Darci Lermen abusa de propaganda para fraudar a realidade, mas o próprio Portal da Transparência desmascara a fraude.

A prioridade na vida do prefeito é encher os cofres da White Tratores

Resumindo, o prefeito Darci Lermen, no mesmo período que passou mais R$ 15,6 MILHÕES para a White Tratores  (aqui),  destinou apenas R$ 257,4 mil para equipar e preparar a rede pública municipal de saúde.

Pelo valores, fica evidente a irresponsabilidade do prefeito de Parauapebas com os serviços públicos de saúde, tudo revela uma vergonhosa e cínica prioridade de prefeito para a destinação de recursos à empresa White Tratores, que teve um 'parágrafo único' elaborado especialmente para o secretário de obras não deixar faltar recursos nos cofres da operadora do 'caçambão da semob' (veja a imagem abaixo):


quarta-feira, 25 de março de 2020

Governador Hélder anuncia hospital com 120 leitos em Marabá, Parauapebas ficou de fora

Parauapebas não tem unidade estadual de saúde e fica de fora dos planos do governo do Estado para o Covid-19





Hélder mostrando como se faz, Darci vai por outro caminho

O governador do Pará não leva Darci Lermen a sério e deixa Parauapebas mais uma vez sem ações efetivas para o combate ao Covid-19, a postura do prefeito é lamentável.

Ontem (24), Hélder anunciou a construção de quatro hospitais de campanha no Pará, as unidades vão contar com 720 leitos, localizadas nos municípios de Belém, Marabá, Breves e Santarém.


| Assinamos hoje o contrato para montagem de 4 hospitais de campanha no nosso Estado, no mesmo molde em que estão sendo montados no Estádio do Pacaembú e no Complexo do Anhembi, em São Paulo. Serão 720 novos leitos distribuídos em Belém, Marabá, Breves e Santarém.

253 pessoas estão falando sobre isso


Para o Tião Miranda é sim, já para o 'aliado' Darci é não

O cidadão pode pensar que é por causa da localização de Marabá, mas não o é, na verdade é que Marabá tem um prefeito e Parauapebas um fanfarrão.

Parauapebas está mais próxima e é mais acessível para os moradores de Redenção, Xinguara, Rio Maria, São Félix e outras localidades do sul/sudeste do Pará, poderia também ser beneficiada com as ações do governador, mas o prefeito Darci Lermen, irresponsavelmente, tentando se aproveitar do sofrimento da população, faz demagogia eleitoral e ganha o desprezo do governo do Estado.

O prefeito de Marabá e sua seriedade ganha 120 leitos do governo do Pará, o fanfarrão de Parauapebas tem o desprezo de quem trabalha de verdade.

Coitada de Parauapebas com esse prefeito

Resumindo, vão construir um hospital em Marabá, coitado do prefeito de Parauapebas, ninguém leva a sério, só o nosso minério, isso é Darci.

Decreto de Darci quer facilitar o escamoteamento de recursos

O prefeito editou um decreto de calamidade que prejudica Parauapebas, ele mistura recomendações dos órgãos de saúde com intenções ocultas, Darci Lermen mais uma vez será questionado na Justiça, pois ficou evidente que o objetivo é o aumento de despesas na secretaria de obras, facilitar o escamoteamento de recursos públicos no esquema do 'caçambão da semob'.