quarta-feira, 13 de julho de 2016

Parauapebas: Odilon Sanção, que foi preso na operação Filisteus, filiou-se ao PSDB e é pré-candidato a vereador

Denunciado afirmou que R$ 10 mil é pouco, mas quer voltar a ser vereador pelo PSDB 

video


Polêmica e sincera

Odilon Rocha é autor de uma tão sincera quanto polêmica declaração sobre a política de Parauapebas, na ocasião afirmou que um vereador tem que ser corrupto para sobreviver com R$ 10 mil ao mês.

Foi proibido de entrar na Câmara

Pois bem, o vereador chegou a ser preso, foi solto, teve que cumprir medidas cautelares, inclusive esteve proibido de frequentar a Câmara Municipal e conversar com servidores do legislativo.

Renunciou e quer voltar pelo PSDB

O vereador renunciou ao mandato, assim conseguiu levantar todas as restrições impostas pela justiça criminal, porém, agora, o que se comenta na cidade é que o Sr. ODILON ROCHA é pré-candidato ao cargo de vereador, ou seja, ele renunciou, escapou das medidas cautelares, entre elas o bloqueio de bens, mas agora pretende se candidatar ao mesmo cargo, ou seja, vereador de Parauapebas.

Veja a decisão judicial







Nenhum comentário:

Postar um comentário