quarta-feira, 24 de outubro de 2012


Acordo do Darci com Ana Júlia e Paulo Rocha retirou campus da UNIFESSPA de Paraupebas, que ficará apenas com núcleo vinculado ao campus de Marabá
Emenda do Dep. PUTY cria núcleo da
Unifesspa em Parauapebas
Não deu para consertar o equívoco do prefeito malino DARCI LERMEN, que negociou a troca de um campus da UNIFESSPA em Parauapebas por uma Escola Técnica, em acerto com PAULO ROCHA e ANA JÚLIA, atendendo a interesses exclusivos da VALE, afastando por alguns anos o sonho dos estudantes locais de ter em nossa cidade uma universidade federal com ampla estrutura.

Dos males o menor,  o Dep. PUTY, relator da Comissão de Finanças e Tributação-CFT, da Câmara dos Deputados, tenta fazer um arranjo e apresentou emenda, vinculando o atual núcleo da UFPA que hoje funciona em Parauapebas à  UNIFESSPA, subordinando-o ao campus de Marabá. No projeto original o núcleo de Parauapebas continuaria vinculado a UFPA, campus de Belém.

As demais emendas que acrescentavam novos campi ao projeto original da UNIFESSPA, entre os quais o de PARAUAPEBAS,   foram rejeitadas pelo relator, o próprio PUTY, devido a inadequação orçamentária e financeira.

O projeto segue apenas com os campi originais de Rondon do Pará, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu e Xinguara, com a sede em Marabá.

Mais uma vez Parauapebas é diminuída pela atuação dos seus políticos, espera-se que esse tempo esteja, de verdade, chegando ao fim.

2 comentários:

  1. Com a ajuda dos vereadores Euzébio e Faisal.

    ResponderExcluir
  2. Prezado bloger,

    Esta conversa fiada da vinda da UNIFESSPA para Parauapebas, e que não haveria a possibilidade da implantação deste Campus ou mesmo do polo da UFPA, para depois ser cedido para UNIFESSPA, para mim, não é novidade, pois existe uma briga que vai além dos nossos conhecimentos entre as reitorias destas duas instituições por este Campus de um lado, a UFRA, que possui um Campus Já instalado e com grandes investimentos em Parauapebas, do outro lado, a UFPA, que nunca demonstrou interesse em instalar-se por aqui de forma regular. . . . Isto pode ser confirmado pelo plano de expansão da mesma que encontra-se no site do MEC, e até 2017, não tem previsto a contratação sequerde um auxiliar de serviços gerais,muito menos código de vagas para professor. Mas. O que eu queria saber, é o que vai ser feito.com os R$ 20.000.0000,00 do convênio celebrado entre PMP x UFPA x Vale? Eu sei exatamente quem são os culpados e quais suas contribuições negativas para que até hoje aUFRA não trouxe cursos na área de saúde para Parauapebas, mas vou manter o silêncio.

    ResponderExcluir