domingo, 16 de setembro de 2012

DARCI aparece na campanha do Coutinho e ocorre primeiro assassinato nas eleições 2012 em Parauapebas

Darci entra na campanha do Coutinho.
Imagem acima é uma montagem, Darci nunca foi preso.
Dois eleitores que retornavam para suas casas, após participarem do comício do seu VALMIR DA INTEGRAL, foram vítimas da intolerância e da violência da campanha do candidato do governo DARCI. 

Os dois simpatizantes da candidatura oposicionista ao DARCI, após o fim do comício, retornavam para suas casas e suas famílias, em suas motocicletas, com bandeiras azuis, quando foram abordados por vários "simpatizantes" do candidato do DARCI, estes quebraram as bandeiras e começaram a agredir as vítimas, que tentaram se defender, e foram baleadas por elementos vestidos com as camiseta vermelhas.

Os suspeitos foram presos e ouvidos na Delegacia de Polícia.

Infelizmente, um dos cidadãos faleceu e outro encontra-se em estado grave no péssimo hospital municipal do DARCI, conhecido como "Elefante Branco", o mesmo que o candidato do DARCI garantiu inaugurar em maio de 2011.

DARCI, junto com o marqueteiro CLÁUDIO FEITOSA, o carioca, partiram para o tudo ou nada, começam a tentar intimidar o povo de Parauapebas. 

DARCI e o CLÁUDIO FEITOSA não podem saber de qualquer evento do AZUL, em qualquer lugar da cidade, que enviam aquela gente que BEL MESQUITA, a papudinha de Brasília,  chama de bandidos e arruaceiros para provocar confrontos e desordens, denotando o mais evidente sinal da derrota e do desespero.

Não é coincidência que na mesma data da entrada do DARCI na campanha do Coutinho, no mesmo dia que o filhote do Jáder Barbalho chega em Parauapebas, ocorra toda sorte de violência, onde as vítimas são simpatizantes da candidatura que lidera as pesquisas, prenunciando o fim de 16 anos de domínio da corrupção e dos descaso com o povo de Parauapebas.

Não vão intimidar, serão enxotados pelo povo e pela justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário