sexta-feira, 13 de julho de 2012

Parauapebas: o escândalo PAZINATO e o TCM - Tribunal da operação "Rêmora" 

Segundo o blogueiro Zé Dudu noticia, numa decisão administrativa tão inédita quanto esdrúxula, o TCM do Pará, aquele mesmo Tribunal que já foi alvo de operação da Polícia Federal, tenta conotar com ar de legalidade o contrato do PAZINATO em Parauapebas, onde DARCI a todo custo quer passar mais de 20% das receitas municipais, que supostamente tiveram acréscimos decorrentes da atuação da sumidade PAZINATO. 

Apenas o TCM do Pará aceita esse tipo de contrato, com cláusulas "ad exitum" sobre os valores em causa, os demais tribunais de contas do Brasil não permitem esse tipo de "negociata" com o dinheiro público.

O TCM é um tribunal de ex-políticos, que toma essa decisão em período eleitoral e próximo a um acordo entre a VALE e o DNPM, colocando-a sobre suspeição.


Existe uma ação popular para ser impetrada contra o "escândalo Pazinato", essa decisão do TCM, tribunal cuja imagem é mais suja que pau de galinheiro nada muda, apenas denota o quão descartável é essa corte de contas dos municípios do Pará, onde apenas pequenos municípios tem alguma dificuldade, os grande e ricos, nadam de braçadas, passam tudo!
Leia mais aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário