segunda-feira, 30 de julho de 2012

Ministério Público impugnou cinco candidaturas em Parauapebas


No Pará são 524 impugnados pelo Ministério Público, mas em Parauapebas foram apenas 5, 4 deles do PSOL, além da candidatura de Ivana Andrade (PP).

6 comentários:

  1. Meu querido, posso saber quem é vc? Como vc publica algo sem comprovar? A candidatura da Ivana está registrada e sem nenhum problema. Como vc publica uma coisa dessa? Seja no mínimo "digno" de escrever algo em q os outros leiam e acredite.

    ResponderExcluir
  2. www.soldocarajas.blogspot.com31 de julho de 2012 12:27

    Infelizmente, sinto muito, mas essa informação consta da página do TSE:

    http://divulgacand2012.tse.jus.br/divulgacand2012/abrirTelaPesquisaCandidatosPorUF.action?siglaUFSelecionada=PA#

    Por favor, consulte e me informe, caso seja erro do Tribunal, teremos imensa satisfação em corrigir, mas por enquanto informação é essa mesmo: Ivana Andrade teve a candidatura impugnada.

    ResponderExcluir
  3. Respondi no outro post, que foi altamente ridículo e deixa claro sua "perseguição" por ser da oposição e se incomodar pelo fato dela estar bem nas pesquisas e ninguém ter o q falar dela.
    Não precisamos esconder nossa cara. Não nos escondemos atrás de blog e nem de nada.
    Assuma pelo menos quem vc é por aqui.

    ResponderExcluir
  4. Ministério público não impugna candidato nenhum. Ignorante!

    ResponderExcluir
  5. Meu caro, a Sra. Ivana está em processo decisivo, não impugnado.
    Uma salva de palmas pra sua interpretação de texto...

    ResponderExcluir
  6. Nota de esclarecimento


    O comitê do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) do município de Parauapebas vem através deste esclarecer os pedidos de impugnação dos candidatos a vereadores Norma do PSOL, Marquinho do PSOL, Afonso do PSOL e Samuel do DMTT:

    1. Os candidatos a vereadores citados por este blog foram notificados pelo juiz eleitoral e já entraram com um recurso perante à justiça eleitoral.

    2. A candidata Norma do PSOL, Marquinho do PSOL e Afonso do PSOL obtiveram o DEFERIMENTO do recurso estando regulamentados a participar plenamente do processo eleitoral;

    3. O candidato Samuel do DMTT foi notificado em virtude do nome da urna utilizar a sigla DMTT. No entanto, atendeu à notificação do juiz eleitoral e efetuou a devida mudança da variação nominal para: Samuel Alves. O candidato está regulamentado a participar do processo eleitoral.

    4. Neste sentido, o comitê do Partido ressalta, mais uma vez, que todos os candidatos do PSOL que tiveram pedido de impugnação estão regulamentados a participarem normalmente do processo eleitoral 2012.

    Assessoria de Imprensa/Comitê PSOL Parauapebas

    ResponderExcluir