domingo, 29 de julho de 2012

Imigração Ilegal e Eleições 2012, nos EUA 

Cerca na reserva Tohono O'odham, no Estado americano do Arizona, separa os Estados Unidos do México. Foto: AFP
Cerca na reserva Tohono O'odham, no Estado americano
 do Arizona, separa os Estados Unidos do México
A imigração ilegal sempre tem um papel de destaque na corrida presidencial americana. Este ano não deve ser diferente. No entanto, a diminuição da imigração ilegal ainda não está plenamente difundida entre os eleitores. Pelo contrário, o medo da entrada de novos trabalhadores clandestinos em uma economia fragilizada pode ser um fator determinante no pleito. O fato de que não há nova imigração ilegal não foi espalhado ao redor do país, e os republicanos estão tentando ignorar isso para continuar usando (a imigração) como um problema político. É extraordinário que o grande fluxo de imigração ilegal tenha terminado em 2008 e ainda haja quem acredita que os EUA estão sendo invadidos por imigrantes. A atual população clandestina é um importante elemento de discórdia e, portanto, um fator político que pode ser usado pelos republicanos.
____________
Nota: no Brasil a cidade de Governador Valadares-MG é famosa pelo número de habitantes que acorriam aos EUA em busca de trabalho, quase sempre utilizando dos "coyotes", na fronteira com o México. Alguns tentavam entrar fazendo ponte em países da Europa, Portugal e Itália eram os preferidos dos brasileiros.

Um comentário:

  1. rapaz, o Coutinho tem uma história com os EUA,não tem? Counti aí counti - ah, por falar nisso tem gente grudado no Roque da DM e da Gomes e Gomides que ta morrendo de medo do seu Walmir - leia-se - medo da derrota - é até na cúpula há dúvida- haaaa dúvida cruel

    ResponderExcluir