quarta-feira, 27 de junho de 2012

Parauapebas: o "mico" do MIQUINHAS, os vereadores do PT e a herança do ZÉ DIAS - o vale tudo petista!

Miquinhas
Vereador MIQUINHAS é acusado de prestar declaração falsa sobre sua escolaridade à justiça eleitoral.  Caso o inquérito policial, que corre em sigilo, conclua pela veracidade das denúncias, o vereador pode ter sua candidatura impugnada.

A imagem do primeiro vereador do PT em Parauapebas, ZÉ DIAS, sempre vem bem para ilustrar o político de mandato único e carreira curta, assombrando a companheirada do PT. O legado dos seus primeiros parlamentares na cidade é uma sina forte e parece perseguir o PT. Haja vista a curtíssima carreira do ex-vereador WANTERLOR "tamanduá" BANDEIRA. A cada dia que passa os atuais vereadores petistas parecem herdar com certa legitimidade o "exemplo" do vereador ZÉ DIAS. 

Pois bem, o vereador MIQUINHAS anda assombrado com a acusação de ter declarado à justiça eleitoral informações falsas para comprovar sua escolaridade, algo gravíssimo, mas que denunciado por companheiros, entrelaçados umbilicalmente ao vereador petista, ganha contornos ainda mais grave e que poderá atingir, inclusive, o pedido de registro da candidatura à reeleição do vereador.


Além do MIQUINHAS, tem a situação do vereador EUZÉBIO, envolvido na aquisição de uma loja de tintas de um advogado que foi assessor do próprio vereador e depois contratado sem licitação, por mais de R$ 400 mil, quando EUZÉBIO foi presidente da Câmara. A loja teria sido adquirida por cerca de R$ 300 mil, mas devido as denúncias foi revendida para um empresário do segmento de tintas em Parauapebas.

Já o vereador Zé Alves, esse, além de manter os atuais esquemas de contratações inexplicáveis, parece que padecerá sob o excessivo uso de álcool.

Todos os 4 vereadores do PT dependem, hoje mais que ontem, de uma desenfreada utilização da máquina pública municipal para terem alguma chance de reeleição. O problema é que começam a ver suas possibilidades minguarem, diante do surgimento de outras candidaturas no seio do governo petista, como a do ZÉ ARENES, bancada pela Secretaria de Obras e a preferida do COUTINHO-PT, e da ELIENE SOARES, bancada pela SEMAD e a preferida do Secretário LUIZ VIEIRA.

Como se vê, diante de um cenário em que duas vagas de vereadores para o PT em 2012 parece de bom tamanho, a disputa interna já ganha contornos dramáticos de um vale tudo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário