domingo, 3 de junho de 2012

Nas eleições Municiais de 2012 há uma debandada de artistas e intelectuais ligados ao PT para o PSOL, incluindo Chico Buarque

Chico Buarque diz não ao PT na eleição municipal do Rio
 e declara voto em Marcelo Freixo-PSOL. Chico participou
de todas as campanhas petistas até hoje

O apoio de artistas e intelectuais que normalmente votam no PT ao pré candidato do PSOL na capital carioca, MARCELO FREIXO, é o lado mais visível de uma debandada que inclui vários líderes sindicais e de diversos movimentos sociais. 

A mais emblemática perda petista é a do Chico Buarque, mas para uma leva de petistas tipo Euzébio, tipo Chocolate, que chamam FLORESTAN FERNANDES de "floresta", isso não tem a mínima importância.

A aliança com o PMDB a nível de governo federal vá lá que tenha algum sentido, mas em municípios e estados é uma bobagem!

Em Belém EDMÍLSON também deve contar com apoio de sindicatos e das lideranças das bases petistas.

3 comentários:

  1. Isto demonstra a seriedade do PSOL como Partido, de fato, em defesa do povo pobre e trabalhador!

    ResponderExcluir
  2. Mas o PT do Peba no quesito intelectuais tá ruim, onde Luiz das Telhas e Raimundo Crueldade já foram ícones nesse quesito os mesmos só tem intelectualidade de maquinar a perseguição de quem não concorda com suas opiniões, um de construir casa pras amantes com dinheiro público, o outro de receber propina para campanha de dono de loteamento e carregar telhas velhas.

    ResponderExcluir
  3. ...E mesmo o Padre eterno que nunca foi lá olhando aquele inferno vai abençoar o que não tem governo ... o que não tem vergonha... o que não tem juízo! (C. Buarque)

    ResponderExcluir