sábado, 9 de junho de 2012

Candidata com apenas 1 voto assume cadeira de vereadora em Medianeira-PR


"Foi uma grande surpresa", afirmou a manicure Sirlei Brisida (PPS) ao saber que uma das nove cadeiras da Câmara Municipal de Medianeira, no oeste do Paraná, seria sua. Brisida teve apenas um voto nas eleições municipais de 2008 --e não foi o dela.

A vereadora assumiu o cargo na última quarta, no lugar de Edir Josmar Moreira (PSDB), cassado sob acusação de infidelidade partidária. Moreira foi eleito pelo PPS, mas decidiu mudar de partido.

Os outros suplentes do PPS que tiveram mais votos do que a manicure (sete candidatos a vereador que receberam de 430 a 90 votos) também tinham trocado de legenda e por isso não tentaram ocupar a vaga. Brisida era a última candidata do PPS que poderia assumir a cadeira.

A situação não é inédita: em abril, uma professora aposentada de 79 anos que teve só um voto (o dela) tomou posse na Câmara de Coivaras (PI) na vaga de uma vereadora cassada por infidelidade partidária. Os outros suplentes não assumiram porque também trocaram de sigla.

Leia mais na Folha de São Paulo
_____________
Nota: essas histórias animam o vereador Euzébio-PT, o espírita, e Wolner-PSDC, o coroinha, ambos querem concorrer a reeleição em 2012! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário