terça-feira, 8 de maio de 2012

VALE dá garantia de R$ 1,7 bilhão e evita bloqueio dos bens

Depois de apresentar uma garantia de R$ 1,7 bilhão ao Judiciário, a VALE  impediu o bloqueio de parte dos bens e pode distribuir dividendos aos seus acionistas.

Agora a Vale brigará para que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) não casse a liminar que suspendeu a cobrança de um débito fiscal de R$ 24 bilhões. A empresa discute uma autuação relativa ao pagamento de Imposto de Renda (IR) e CSLL sobre o lucro de suas controladas no exterior. 

Segundo a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) a possibilidade de cassação da liminar é remota.

Por determinação judicial, a Vale apresentou uma carta-fiança no valor de R$ 1,7 bilhão para evitar a penhora de parte da remuneração de seus acionistas. A mineradora afirma que a apresentação de garantia não representa perda ou derrota judicial. 
____________________
Nota: a VALE anda sofrendo revés no judiciário, as dívidas se acumulam. Em Parauapebas, o prefeito Darci Lermen-PT inventou um contrato sem licitação e quer "desviar" recursos de uma dívida que a VALE tem com o DNPM. O advogado foi contratado sem a menor necessidade, trata-se de "crime organizado", onde o dinheiro sai dos cofres da prefeitura na forma de honorários advocatícios e depois retorna para os bolsos do prefeito e gangue! O MPPA com certeza deve tá investigando, a fase de tomar cafezinho acabou!

Nenhum comentário:

Postar um comentário