segunda-feira, 28 de maio de 2012

Parauapebas: Darci-PT, um mês depois, não sabe que secretário já deixou governo e não pode ordenar despesa sem licitação

O Presidente da Comissão de licitação do Município de PARAUAPEBAS, através da(o) PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS, em cumprimento da ratificação procedida pelo(a) Gestor(a) a(o) PREFEITURA MUNICIPAL DE PARAUAPEBAS, faz publicar o extrato resumido do processo de INEXIGIBILIDADE DE LICITAÇÃO a seguir:

OBJETO: contratação de apresentação Folclórica com o Grupo Mamulengo no Município de Parauapebas, no Estado do Pará
FAVORECIDO: ALDEANE DE OLIVEIRA RIBEIRO VALOR: 6.900,00 (seis mil e novecentos reais).

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL: art. 25, inciso III da Lei nº 8.666/93 e suas alterações.

DECLARAÇÃO DE INEXIGIBILIDADE: emitida pelo Presidente da Comissão de Licitação e ratificada pelo(a) Sr.(a) CLAUDIO LUIS FEITOSA FELIPETO, na qualidade de ordenador(a) de despesas.
PARAUAPEBAS - PA, 08 DE MAIO DE 2012
FABIANA DE SOUZA NASCIMENTO
Comissão de Licitação


A prefeitura de Parauapebas, comandada pelo prefeito DARCI-PT publica no Diário Oficial do Pará extrato de inexigibilidade de licitação onde CLÁUDIO FEITOSA autoriza despesa referente a contratação de um grupo folclórico, acontece que o Sr. CLÁUDIO FEITOSA, deixou o governo em 07 de abril de 2012, pois é, mas o extrato acima é de 08 de maio de 2012, um mês depois.

Obviamente, trata-se de um erro, mas um erro grave, denotando que o processo de inexigibilidade é apenas uma "formalidade" sem maior cuidado, algo "pra inglês ver"! 

2 comentários:

  1. um bando de ladrão!!!

    ResponderExcluir
  2. Não acredito Lindolfo, o Governo Cidadão é livre de qualquer suspeita. É intriga dos invejosos como vc. Deve ter sido um engano. A SEFAZ, a começar pelo seu titular, é absolutamente IDÔNEA.

    ResponderExcluir