quinta-feira, 12 de abril de 2012

PT decide entregar a cabeça do governador Agnelo
O PT decidiu entregar o governador petista Agnelo aos leões. Decisão de Lula. É o preço para poder pegar o governador Perillo, de Goiás, e desidratar ainda mais a oposição. Esta é mais uma demonstração de como o lulismo adota quase literalmente as orientações de Maquiavel. Tem petista que ainda não entendeu isto. Talvez, por não conhecer o estilo de César Bórgia (na ilustração), filho de Alexandre VI, que chegou a matar seu lugar-tenente, Ramiro de Lorque. 

__________
Nota: no Pará foi a mesma coisa, LULA viu que o PT aqui é um caso perdido e logo o entregou ao próprio destino. Destino que está sendo traçado por Paulo Rocha, Ana Júlia, Darci...não custa lembrar que o prefeito DARCI foi o único prefeito petista, no Brasil inteiro, que LULA nunca recebeu no palácio do Planalto. LULA sabia que DARCI chefia um típico governo de corruptos! Aliás, só quem não sabe disso é o Ministério Público em Parauapebas, estranhamente, já que alguns dos seus Promotores são frequentadores dos gabinetes dos políticos locais!
Mais tarde, Bórgia ordenou que Orsini e Vitellozzo Vitelli, dois de seus subordinados, conquistassem Sinagaglia. Ao chegar com suas tropas em Sinagaglia, Bórgia mandou prender e, mais tarde, executar os três. Maquiavel nunca escondeu sua admiração por Bórgia e chegou a escrever "Descrizione Del modo tenuto dal duca Valentino nell' ammazzare Vitellozzo Vitelli, Oliverotto da Fermo, il Signor Paolo e il Duca di Gravina Orsini" (1502) para destacar como um Príncipe deve sacrificar um súdito para obter a aprovação do povo, mesmo que tenha realizado alguma tarefa definida por ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário