terça-feira, 24 de abril de 2012


Prefeito do PT arma flagrante para vereadora do PT, esse é o PT paraense

Vereadora Jamili Corrêa-PT,
presa em flagrante
A vereadora Jamili Corrêa (PT), da Câmara Municipal de Salinópolis, foi presa em flagrante, por policiais civis do Núcleo de Inteligência Policial (NIP) do Pará. As duas são acusadas de extorquir R$ 100 mil do prefeito do município, Vagner Curi (PT), para não levar adiante a instalação de um processo de impeachment do gestor municipal. 

Fotocandidato-05231-16141
Vagner Curi-PT, prefeito de Salinópolis
Apesar do flagrante, a vereadora diz que pretendia desmascarar o prefeito mostrando o dinheiro durante a sessão da próxima quinta-feira, na Câmara Municipal de Salinópolis.

O prefeito não explica se era essa a forma que ele se relaciona com os vereadores do seu partido, ou se apenas queria brincar de "corruptor e corrupto"

Um comentário:

  1. Enquanto isso, no castelo de GREYSCOW (Parauapebas)....nada acontece, e assim (ou para aonde) caminha a humanidade em passos de formiga e sem vontade.

    ResponderExcluir