sábado, 21 de abril de 2012

Parauapebas: deputado critica falta de professores

Preocupado com a falta de professores na Escola Estadual de Ensino Médio, João Prudêncio de Brito, localizada em Parauapebas, o deputado Milton Zimmer (PT) usou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta (18), para denunciar o problema que segundo relatos dos estudantes, desde o último dia 09 nenhum professor compareceu para ministrar aulas. O parlamentar também encaminhou imediatamente ofício à Secretaria Estadual de Educação e à Secretaria Especial de Promoção Social, solicitando aos órgãos competentes providências urgentes para solucionar o déficit de educadores na instituição. 

De acordo com o documento elaborado pelos alunos, há apenas cinco professores lotados no turno da noite. Mas os estudantes informaram que nesse período só foram ministradas aulas de matemática, geografia e biologia. Para eles, o problema sobre a falta de professores se agravou este ano.

Segundo informações prestadas pela secretaria da escola, faltam ainda professores para as seguintes disciplinas: Física, Língua Portuguesa, Filosofia, Sociologia, Inglês, História e Química.

“ O problema é grave e precisa de solução urgente. Milhares de estudantes estão se preparando para prestar o vestibular. Com a ausência de professores para ministrar aulas o ingresso desses alunos ao ensino superior ficará comprometido”, justifica o deputado, explicando que muitos educadores estão sendo transferidos para outras escolas, sem que haja o compromisso de realizar a substituição.

Para Zimmer, a ausência desses profissionais em sala de aula é um reflexo de que há um déficit no sistema educacional na rede estadual de ensino. 

“ O governo precisar dar atenção especial à educação e garantir o direito de ter um ensino de qualidade, onde todos tenham acesso”, finaliza.

2 comentários:

  1. Prezado deputado, faz tempo que tento viabilizar um contrato e não consigo. Sou professor de sociologia, e me coloco a disposição para solucionar este problema. Meu currículo está na gecap desde de janeiro e até hoje ainda não fui chanado por conta de um autorizo governamental que sabe deus quando sairá. Enquanto a burocracia impera os alunos ficam ociosos e a educação sem credibilidade. A quem devemos recorrer se o próprio estado é omisso?
    embshakespeare@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. esse Deputado kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

    ResponderExcluir