sexta-feira, 2 de março de 2012

TCM-PA não tem processos e julgados disponíveis na internet


José Carlos Araújo assume presidência do TCM (Foto: Rogério Uchôa/Divulgação)
Conselheiros José Carlos Araújo, presidente do TCM e
Mara Lúcia vice presidente.

O TCM Pará em matéria de publicidade dos seus processos e julgados é o Tribunal mais capenga do Brasil, uma vergonha. Caso o cidadão paraense, residente em qualquer município do estado, queira saber a "quanto anda" as prestações de contas dos seus políticos ele ficará assim: só querendo.

Muito estranho que nessa quadra histórica, onde até os assuntos mais reservados da maior potência militar do mundo, os EUA, estão na internet, no WIKILEAKS, aqui no Pará, o Tribunal que deveria zelar pela publicidade do que mais importa nas suas funções, fiscalizar os recursos público, é uma verdadeira caixa preta, um prato cheio para conchavos e acordos de corrupção, vide operação Rêmora.

No caso do município de Parauapebas, impressiona a falta de informação que impera no TCM-PA, uma postura mais que suspeita do seu presidente e vice, que nada fazem para colocar o TCM na era da informação.

Em Parauapebas muito se questiona quais as relações da CONTAS CONSULT, uma empresa de consultoria contábil que já faturou milhões dos cofres públicos municipais, com os conselheiros do TCM-PA. É uma situação muito suspeita que o contrato da Contas Consult nunca tenha passado por uma investigação séria por parte do TCM-PA.

Parauapebas sangra com uma "organização criminosa" que governa o município, chefiada pelo prefeito DARCI LERMEN-PT, mas que parece ter um "salvo conduto" dos conselheiros o TCM-PA.

Aliás, que fez o TCM-PA sobre o contrato PAZINATO?

5 comentários:

  1. Um único Odilon vale mais que dois mil professores.

    Parece mentira, mas essa pantomima está acontecendo em nosso município.
    Eu explico:
    Há cerca de um ano e meio a dois anos os professores, liderados pelo SINTEPP, sindicado dos professores, entraram na justiça com uma ação contra a prefeitura de Parauapebas, reclamando o pagamento das horas atividades, bem como os 15 dias de férias remuneradas no final do ano, que não estavam sendo pagas desde 2004. A soma do que era devido beirava os trinta milhões. Esse valor seria dividido entre todos os professores da rede municipal de ensino.
    Mesmo o SIMTEPP tendo ganhado em primeira instância, o governo municipal arranjou um acordo com a direção do sindicato e apresentou uma proposta de quatro milhões, sendo que oitocentos mil seria a parte que caberia ao advogado. A direção do SINTEPP logo de cara aceitou o acordo e levou a uma assembleia, onde uma parcela significativa votou a favor do acordo, nitidamente manipulados pelos membros do SINTEPP.
    O prefeito certamente deve ter agradecido muito esse empenho da direção do sindicato. A causa foi retirada da justiça e aqueles profissionais da educação que compraram um lote a perder de vista nos loteamentos da cidade, perderam a oportunidade de poder construir uma casa digna para si e para os seus. Trocaram dez mil, vinte mil ou trinta mil por uma ninharia, onde os menores valores chegaram a setenta reais e os maiores a cerca de seis mil reais, proporcional ao tempo de serviço e a carga horária exercida.
    A manutenção da ação na justiça era de fundamental importância para restabelecer um pouco da dignidade desses trabalhadores e batalhadores da causa da educação.
    Muitos disseram:
    Mais vai durar dez anos. Até lá eu já me aposentei
    O pensamento imediatista nem se quer cogitou que a causa tinha 99% de chance ser vitoriosa em qualquer instancia, pois a hora atividade do professor é um direito.
    O próprio acordo que é algo legal e legitimo poderia ter sido melhor, com valores que se aproximassem pelo menos de 50%, ou até mesmo 30%, do montante, se o prefeito tivesse vontade pra isso.
    Da forma como foi feito simbolizou o desprezo que o governo municipal tem com a categoria dos educadores. Dando migalhas assim como outros governos fizeram no passado.
    Contudo, sempre vai ter alguém pra dizer:
    Já recebeu o dinheiro, ta reclamando de que?
    O problema não sou eu. Já gastei o meu dinheiro e, sinceramente eu não estava precisando de nenhum centavo dele naquele momento, pois quinhentos reais não me ajudam nem a colocar combustível no meu carro 2005 caindo aos pedaços. Eu gostaria, na verdade, de ter tido a oportunidade de construir um sonho maior, a minha casa. Para realizar esse sonho vou ter que entrar no empréstimo consignado, com parcelas altíssimas, e juros abusivos.
    O vereador Odilon, por sua vez provou que vale mais. Permitiu a invasão das suas terras no exato momento da eleição, tolerou que a área lhe fosse tomada por aquelas famílias desprovidas da cidadania, e fez a troca dos terrenos pelos votos, pois naquele instante de eleição não ousaria causar polêmica.
    Agora, pasmo fiquei ao saber que já consta no orçamento do município, com o aval das vistas grossas do Ministério Público, a autorização do pagamento de cerca de quinze milhões, a titulo de indenização ao vereador Odilon, por essas terras “invadidas”.
    O detalhe mais curioso é que as terras pertencem a União, ou seja, ao Estado brasileiro. A documentação que o “nobre” vereador alega possuir pode ser falsa, mesmo que ele tenha comprado de boa fé.
    A moral de tudo isso está no seguinte fato. O Odilon sozinho pode mais que 2.000 professores. Ele embolsa 15.000.000,00, enquanto que os professores receberam merrecas. Compraram gasolina, cerveja e roupa nova e abriram mão de uma casa, de uma carro ou mesmo de melhorias na sua formação.
    E se segurem, pois os candidatos deles, dos petralhas, vem ai torrando cerca de cinquenta milhões em uma campanha que promete de tudo, até o que já foi prometido.

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo, PARABÉNS pela sua lucidez em desmascarar esses inimigos dos professores, incluindo o Secretário de DESeducação Raimundo Arrogante Neto. O PT é hoje o mais corruPTo partido do Brsil. Graças a Deus vai ficar por longa data fora da administração deste sofrido município, que agora em diante tem esperança de ser comandado por pessoa séria e competente.

    ResponderExcluir
  3. É Preciso dizer pra não votar nos PETRALHAS?...ladrões descarados. Vejam só: esse Keniston que veio do Amapá com uma mão na frente e outra atrás e hoje troca mais de carrão de que de roupa. Tem mansão em Salinas e "outras cositas más". Moro aqui há muito tempo e esses PETRALHAS que quando conseguiam dinheiro era apenas pra comprar uma bicicleta e agora tem caminhonetas, chácaras... Brasília. E o que é pior, pisam em seus próprios compaheiros, esquecendo os dias ruins do passado, mas seus dias estão contados. Vão perder sim! e eu vou festejar. Por mim e pelo povo sofrido do Peba que merecia mais respeito e dignidade.

    ResponderExcluir
  4. Muito bem anônimo vc tá certo e o próximo prefeito tem que ser o WALMIR DA INTEGRAL que é empresário competente que quer deixar o nome na história de Parauapebas. Não essas aves de rapina que só fizeram o povo sofrido sofrer mais ainda. PETRALHAS corruPTos que não tinham nada e agora andam de nariz em pé humilhando a gente.

    ResponderExcluir
  5. Esses tribunais estão corrompidos pelo nepotismo. O vice-presidente do tce, luís cunha, tem os irmãos antonio da cunha teixeira e paulo cunha teixeira nomeados nos cargos de vice-diretor e chefe de segurança no presídio de Bragança. É o sinal verde prá roubalheira na Alepra continuar, pois tem certeza da impunidade.

    ResponderExcluir