segunda-feira, 12 de março de 2012


Ricardo Teixeira renuncia e entrega os anéis para salvar os dedos
Leia mais na Carta Capital

Uma carta de renúncia entregue nesta segunda-feira 12 encerrou o reinado de 23 anos de Ricardo Teixeira na entidade máxima do futebol nacional.
Sob acusações de enriquecimento ilícito, ele não suportou a pressão e deixou o comando do futebol. Teixeira, além de presidir a CBF, estava à frente também do Comitê Organizador Local, o COL, órgão responsável por gerenciar a organização do Mundial.
____________________
Nota: é bobo mesmo, fosse ele prefeito de Parauapebas estaria tranquilo, ofereceria um cafezinho pra cá, um "CONTINHO" pra lá e nada lhe ocorreria, pelos menos por enquanto, né!?


Um comentário:

  1. Lindolfo, tu és teimoso cara. Não vê que o Peba é "BLINDADO", tem padrinho forte no TCM pra aguentar a barra.

    ResponderExcluir