sexta-feira, 30 de março de 2012

Parauapebas: crime domina a cidade e o Ministério Público continua apático

Carta Capital destaca na sua capa o caso "Cachoeira/Demóstenes" e coloca o poder político no Goiás de joelhos, denunciando que o crime domina Goiás. As pressões sobre os ombros do senador Demóstenes crescem bastante, pois coloca DEM/PSDB em linha direta de tiro ao alvo, ou melhor ao PERILO, governador do Goiás.

Já em Parauapebas o crime impera na administração pública e o Ministério Público tem uma postura muita curiosa: não sabe, algo impossível, e o pior, não faz nada! Mais grave ainda, os membros do Ministério Público tem agenda direta com o prefeito, um deles, que já pediu transferência do município, entrava e saía pela porta dos fundos da prefeitura, passava horas, às vezes o dia todo no gabinete do prefeito Darci Lermen-PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário