terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Promotores de Justiça fazem audiência pública, mas sem divulgação à sociedade


O Ministério Público do Estado (MPE) por meio dos promotores de justiça, Bruna Rebeca Paiva de Moraes, Renata Valeria Pinto Cardoso Lisboa, Ligia Valente do Couto de Andrade Ferreira e Joao de Araujo Cavaleiro de Macedo Junior realizaram nesta segunda (13) Audiência Publica junto aos segmentos organizados da sociedade no município de Parauapebas localizado a 690 quilômetros da capital Belém.

A Audiência Pública teve por objetivo ouvir as comunidades locais e levantar informações para subsidiar a elaboração do Plano de Atuação da promotoria de justiça em Parauapebas. O evento foi realizado no Salão do Tribunal do Júri no Fórum de Parauapebas.

Edson Gillet
Assessoria de Imprensa
__________________________
Nota: com certeza você e quase ninguém ficou sabendo disso, esses Promotores quando se trata de Parauapebas é tudo muito Estranho! Será que eles prestaram contas á sociedade de Parauapebas disso: 1) Caso Pazinato; 2) Concurso da Câmara; 3) 400 cargos comissionados na Câmara; 4) Advogado trabalhista na Câmara; 5) 20 mil litros de combustível na Câmara, só no mês de recesso; 6) Gomides & Gomides Ltda, a empresa dos esgotos de Parauapebas; 7) Oscip; 8) Contas Consult; 9) CFEM para despesa de pessoal e despesa da casa do Darci; 10)..............ufa! Quantas ações do MP para combater isso em Parauapebas você já ouviu falar! Nenhuma, nem eu! Um vergonha! Senhores promotores, parem de enrolar e trabalhem!

2 comentários:

  1. Será que havia platéia? acho que não. Não aparece. Talvez seja só para os servidores do MP e do judiciário.

    ResponderExcluir
  2. Também é o mesmo caso do Termo de Ajuste de Conduta Firmado entre o MP e Conselho Regional de Farmácias onde o interessado é a rede de farmácias de Parauapebas em que nenhum representante da categoria esteve presente... na realidade, as aplicações de multas já iniciaram contra as farmácias que sequer sabem do compromisso...

    ResponderExcluir