quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Parauapebas: inércia do MP e a corrupção

Soa como piada a notícia publicada no site do Ministério Público do Pará de que foi realizada uma audiência pública pelos promotores que atuam na cidade. Será que eles convidaram o DARCI, o Keniston de Jesus, o Margalho, só pode. 

PROMOTORA BRUNA REBECA 

Essa promotora tem uma denúncia acerca do abuso dos vereadores de Parauapebas em terem mais de 400 cargos comissionados na Câmara Municipal, que fez essa Promotora de Justiça? Ela acha normal, razoável, probo, que uma Câmara que tem  uma sessão por semana e apenas 11 parlamentares tenha cerca de 48 servidores para cada vereador. Pior, cargos comissionados criados e tendo sua remuneração fixada por RESOLUÇÃO. A Câmara realizou concurso público com base nesses cargos criados por essa Resolução, pior, tudo foi levado ao conhecimento da promotora a tempo dela tomar as providência cabíveis e ela nada fez.
No entendimento deste Blog uma inércia gravíssima que tem que ser levada ao conhecimento do CNMP. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário