segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

O SUBTERRÂNEO PARTIDÁRIO DO CONFLITO NA BAHIA

O líder da greve da PM baiana, Marcos Prisco (na foto), já foi filiado ao PCdoB e PSOL, mas hoje é tucano. O Blog do Miro divulgou esta informação e foi mais longe: informou que Prisco já havia manifestado intenção de disputar as eleições de outubro. Em entrevista ao programa Acorda pra Vida, da Rede Tudo FM 102.5,  na última semana, negou que a greve da PM tenha motivação eleitoral, mas afirmou: “se eu for pré-candidato será uma decisão da categoria”. 
Esta informação vem esquentando ainda mais a disputa entre militantes da Bahia e já coloca em campo internautas petistas. Desde a manhã de hoje, esta notícia roda várias redes sociais. 
O blog de Luis Nassif, por exemplo, reproduziu este perfil de Prisco publicado na Folha: 
Copiado do Rudá Ricci

Nenhum comentário:

Postar um comentário