quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Movimento Ocupe Câmara em Belo Horizonte: vigilância sobre os vereadores

A matéria acima foi copiada do Blog do Rudá Ricci (aqui). O movimento é em Belo Horizonte, mas poderia ser em Parauapebas. Aliás, aqui em Parauapebas se o Ministério Público cumprisse seu dever, com certeza, não iria à Câmara Municipal tomar cafezinho e comer pãozinho, apenas, e com a mais absoluta certeza ainda, se o MP atuasse em Parauapebas como o faz em Canaã, nossa cidade estaria livre de 11 picaretas nas eleições de 2012!

Você sabe quanto ganha um vereador em Parauapebas? Nessa conta pode somar um por fora, isso mesmo, "ops", desculpe, a expressão correta é "OS POR FORA", mais ou menos assim, no plural!

O roubo ao dinheiro público tá no Portal da Câmara, aquele que nunca chega ao fim (veja aqui), estranhamente, os membros do Ministério Público não se interessam! Eles, os membros do MP, acham normal que a Câmara de Parauapebas não respeite a Lei Complementar n° 131/09.

Estranho que lá em Canaã, esses mesmos membros do Ministério Público, até nas ruas eles saem, aqui em Parauapebas eles não saem dos gabinetes das autoridades municipais. Custa perguntar: será que a agenda é oficial, se o é, queremos saber por que motivo a agenda do Ministério Público em Parauapebas não é divulgada! 

E o caso PAZINATO, até quando os cidadãos de Parauapebas vão esperar? Será que o Procedimento Administrativo do MP virou inquérito ou será que sumiu, escafedeu-se, arquivou-se? 

Esse Ministério Público em Parauapebas é um mistério!
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário