sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Lá em Belém o MP descobre, em Parauapebas encobre!

________________________________
Nota: em Parauapebas a Câmara tinha mais de 400 comissionados, a Promotora de Justiça, Bruna Rebeca, sabia disso, pior, cargos criados e fixadas a remuneração por Resolução, sem qualquer publicidade, mas a Promotora de Justiça, ao que se sabe, até o momento, nada fez para responsabilizar os beneficiados por esse assalto aos cofres públicos! Será que tem algum desses 400 "aspones" trabalhando na casa de algum vereador? Quem vai saber?

Um comentário: