domingo, 26 de fevereiro de 2012

Inteligência nas mãos de militares despreparados ou a serviço dos EUA

A explosão na Base de Alcântara, da Aeronáutica, no Maranhão, e agora na Antártica, com o fogo comendo a Estação Comandante Ferraz, mostra a incompetência de militares entreguistas, quando permitem que todo o grupo de técnicos fiquem ao alcance de um único evento (explosão, incêndio). Em Alcântara morreram todos, perdeu-se quase tudo. Na Antártida, previsões otimistas falam em metade de todo o acervo acumulado de pesquisas. 

Como pode militares ser tão negligentes ao ponto de ameaçarem com tamanha displicência um conjunto de informações técnicas, projetos e vidas dos pesquisadores brasileiros.

Qual será o próximo acidente da série “Inocência sem limite” a serviço da CIA, quem sabe a base do submarino nuclear em Itaguaí? Só mesmo no "patropi" um mesmo raio consegue cair várias vezes no mesmo local, e justamente na Defesa.

Leia mais no Blog do Luis Nassif

Um comentário:

  1. Durante a 2ª Guerra Mundial eles criaram o Zé Carioca e levaram a Carmem Miranda para dançar com bananas na cabeça em Hoolywood dizendo que ela era uma pop star e aí implantaram várias bases militares no Brasil. Também em 64 no malfadado "golpe" os Yankkes estavam fundiados com poderosa frota e seus marines, nas costas brasileiras para entrarem em ação. Portanto, se eles se acharem ameaçados no seu "Quintal" basta botar em ação a velha política do Big Stick e tudo volta ao normal. Somos mesmo colônia.

    ResponderExcluir