sábado, 18 de fevereiro de 2012

Ficha Limpa: o caso Jáder!



Jáder Barbalho ainda não escapou da lei Ficha Limpa, não custa lembrar que Jáder recebeu uma decisão favorável das mãos do presidente do STF, Cesar Peluzo, não houve maioria para o seu julgado, então o Ministro Peluzo, através de um dispositivo regimental, proferiu um voto de minerva, ou seja, votou duas vezes. Hoje, esse voto de minerva seria substituído pelo voto da Ministra Rosa Weber, o que significa dor de cabeça para o "sobrancelhudo" do PMDB paraense. Na verdade, a situação do Jáder é delicada, na medida que sua situação foi decidida por um voto de minerva num estranho embargos declaratórios, que ainda poderá ser questionado!

Os "fãs" do Jáder Barbalho, muitos petistas, que nem Darci Lermen-PT, que não comemorem muito, com certeza, o PSOL tentará nova manifestação do STF sobre o caso do "morubixaba paraense".

O capo da "famiglia" Barbalho ainda terá que passar por fortes emoções!

Um comentário:

  1. Serah. E os questionamentos nao tinham prazo para serem interpostos ?

    O Observador

    ResponderExcluir