domingo, 19 de fevereiro de 2012


Cresce número de prefeitos cassados por corrupção

Um número considerável de prefeitos vem sendo cassado por crimes de improbidade administrativa ou por conta de infrações relacionadas à legislação eleitoral, principalmente por compra de votos nas eleições. É o que constata pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). De acordo com a pesquisa, dos 5.563 prefeitos que foram eleitos em 2008, 383 não estão mais no exercício do mandato. E a maior parte deles – nada menos que 210 – foram cassados. Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, a pesquisa aponta para uma necessidade de discutir e exigir dos prefeitos mecanismos mais rigorosos de controle da sua gestão e de prevenção de eventuais irregularidades.

É bom os prefeitos que se acham intocáveis abrir os olhos, pois um dia a Polícia Federal poderá bater a sua porta e colocá-los onde eles merecem, no xilindró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário