quinta-feira, 1 de setembro de 2011


PARAUAPEBAS PAROU: ESTUDANTES
EXIGEM UNIVERSIDADE!


                Parauapebas uma cidade que cresce mais que o Japão, tem grande influência na balança comercial do País, tem o PIB (Produto Interno Bruto) maior que o Rio de Janeiro, a maior mina de ferro a céu aberto do mundo, a segunda maior economia do estado do Pará, perdendo apenas para a capital Belém; com todos esses potenciais e tantos outros, deixou de receber um campus da UNIFESSPA (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará) e, segundo autoridades locais, a justificativa apresentada pelo MEC, através do Secretário de Ensino Superior, Luis Cláudio Costa, foi devido à proximidade com a cidade de Marabá, onde será instalado o campus-sede da mesma.
               
Não podemos nos calar diante tal descaso, desse desrespeito e dessa insensibilidade!  E, no intuito de reafirmar nossa necessidade e sensibilizar os senhores e senhoras vereadores e vereadoras e à sociedade em geral, e demonstrar nossa indignação pela perda do campus da UNIFESSPA, o MOVIMENTO PRÓ-CRIAÇÃO DO CAMPUS DA UNIFESSPA em Parauapebas vem ganhando forças, reunindo-se com os movimentos e entidades da sociedade civil e autoridades locais, para mobilizar toda a cidade e convidá-la a participar do movimento e contribuir com nosso Abaixo Assinado em favor da instalação do nosso campus universitário.
               
Nosso primeiro ato de revolta diante desta situação foi uma grande mobilização de estudantes, que aconteceu no dia 30 de Agosto de 2011, quando houve ato público, com a paralisação da Sessão da Câmara de Vereadores de Parauapebas. Na sessão foi entregue a pauta de reivindicações dos estudantes e foi discutida a situação das escolas públicas estaduais e a qualidade da educação em nossa cidade e, sem perder o foco, discutimos o assunto central: a criação do CAMPUS DA UNIFESSPA EM PARAUAPEBAS.
 
Então, os estudantes saíram da sede do Legislativo Municipal, em direção à Rua 10, fazendo a rotatória pela Rua E, subindo a Rua 5, voltando pela PA-275 até chegar à Rua 10 novamente. Nesse momento, os participantes fizeram um grande circulo e, de mãos dadas, fecham os cruzamentos das ruas F, PA 275 e E, por 30 minutos, e explicando aos transeuntes e condutores de veículo o que estava acontecendo e aproveitando a oportunidade para colher mais assinaturas.

                Após os 30 minutos, os estudantes retomaram a passeata pela PA 275 e retornaram à Câmara, a fim de cobrar e ouvir a posição dos vereadores e vereadoras sobre a pauta anteriormente entregue. Então, alguns representantes dos estudantes, em meio a toda essa agitação, entre aplausos e vaias, foi avaliada a dimensão e a importância de sua luta. Com forças redobradas, pelo evidente apoio da população à sua mobilização, os estudantes declararam-se dispostos a só nos parar quando obtiverem sua vitória: “UMA UNIVERSIDADE DIGNA PARA TODOS!!!”.

“Nós, estudantes, já consideramos uma grande vitória parar nossa cidade por alguns minutos. Mas, foi apenas a primeira de muitas! E convidamos toda sociedade de Parauapebas para participar de luta, pois, esta é uma conquista para o nosso presente e para o futuro de nossas próximas gerações. Aliás, para muitas gerações! Precisamos garantir um futuro melhor para nossa cidade”, declarou Rebeca Valquíria, uma das organizadoras do movimento. 

_______________________

Nota: O BLOG parabeniza a juventude de Parauapebas, que a juventude e todos os cidadãos de Parauapebas tenham certeza que somente com luta é que conseguirão reverter mais essa vergonha que DARCI LERMEN e seus rapazolas fizeram ao povo do nosso município! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário