quinta-feira, 1 de setembro de 2011

As dívidas da VALE, o caso PAZINATO e a roubalheira do dinheiro de Parauapebas

Que a VALE deve ao município de Parauapebas isso deve, e muito! Mas algumas coisas precisam ser pontuadas: 
1) os royalties minerais (CFEM) é oriunda de um bem da União, logo quem estar em juízo é o governo federal, através do DNPM, a prefeitura de Parauapebas não tem qualquer participação, a não ser ter tirado cópias dos autos do processo; 
2) o mandado de segurança, a disputa judicial SINFEBRAS (VALE) x DNPM, agora que transitou em julgado confira aqui no Supremo Tribunal Federal, mas ainda teremos a execução judicial onde teremos a definição dos valores, será outra longa batalha nos tribunais, não tenha dúvida que a VALE questionará qualquer valor que o DNPM apresentar. Definir valores (em milhões e bilhões) como faz o prefeito de Parauapebas, DARCI LERMEN, é um devaneio desse "bobalhão" e seus rapazolas, uma irresponsabilidade, gerando expectativas que com certeza não se concretizarão;
3) a prefeitura de Parauapebas não tem qualquer participação no processo acima citado, apenas tirou cópias dos autos;
4) o prefeito DARCI em manifesto intitulado "O DIREITO DE DEFESA DE PARAUAPEBAS-VALE",  cita várias ações de cobrança, que teriam sido ajuizadas pelo Escritório do Sr. JÁDER PAZINATO, mais uma vez tudo causa perplexidade, ou seja, o Sr. PAZINATO criou mais uma modalidade de substituição processual, Parauapebas estar em juízo, substituindo o DNPM, baseando-se em título judicial cujo mérito só transitou agora em 16/05/2011, mas que as ações de cobrança são de 2007, 2008 e 2009. Realmente, estamos sendo enganados pelo prefeito e suas rapazolas, não é isso que ele disse ou quis dizer no seu manifesto, se as ações de cobrança são sobre a CFEM só quem poderia estar em juízo é o DNPM; 
5) o contrato PAZINATO, única causa que realmente interessa ao prefeito DARCI, pelo qual ele se empenha com unhas e dentes, esse contrato seria unicamente para promover AÇÕES DE COBRANÇAS, será que para algo dessa natureza nossa Procuradoria Municipal não estaria apta, será que sendo assim teríamos fundamentos para afastar a INEXIGIBILIDADE de licitação pública, será? É óbvio que NÃO!
6) o prefeito e seus rapazolas mostram um despreparo de causar dó, afinal acreditar que após o trânsito final dessa disputa SINFEBRAS (VALE) x DNPM, os valores serão desembolsados de uma única vez, ou seja, o governo federal principal acionista da VALE é o mesmo governo que é "dono" do DNPM, isto é, o governo vai cobrar dele mesmo, é mais que óbvio que essa dívida será reduzida ao mínimo e negociada em longas parcelas. Esse prefeito e seus rapazolas não são tão inocentes assim, há mais mistérios no contrato PAZINATO!

O BLOG continuará abordando todos esses mistérios. O BLOG não tem dúvida que é aqui que a "porca torce o rabo".

É patente que o contrato PAZINATO só tem um único objetivo: GERAR HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS lesando o patrimônio público de Parauapebas!

Numa grande bobagem e muito mal orientado pelo seu rapazola e GATO DA SAAEP, Hernandes Margalho, DARCI caminha para um final muito triste: CADEIA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário