sexta-feira, 12 de agosto de 2011


Sorteio define ordem na urna eletrônica das perguntas do Plebiscito no Pará

 

Urna eletrônica do TSE.Foto:Nelson Jr./ASICS/TSE


Durante sorteio realizado na sessão administrativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desta terça-feira (9), ficou decidido que as perguntas que orientarão o Plebiscito no Estado do Pará, para a criação dos Estados de Tapajós e Carajás, serão feitas na seguinte ordem na urna eletrônica: primeiro aparecerá a pergunta “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Tapajós?”. Depois aparecerá a questão “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado do Carajás?”.

No segundo sorteio ficou definido que para votar SIM, o eleitor paraense deve digitar 77, e para responder NÃO o número a ser teclado é 55. Caso responda SIM, o eleitor estará sendo favorável à divisão do Pará para a criação de Tapajós ou Carajás. Se for contrário, deve votar NÃO. Cada pergunta é independente da outra e, portanto, o eleitor deverá responder às duas, uma de cada vez.

Na eventualidade de alguma falha em urnas eletrônicas serão usadas cédulas de papel. O sorteio definiu que a cédula branca terá a pergunta: “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado de Carajás?". Já a cédula amarela terá a pergunta: “Você é a favor da divisão do Estado do Pará para a criação do Estado de Tapajós?”.

No último caso, o presidente do TSE, ministro Ricardo Lewandowski, lembrou que, nas eleições gerais de outubro de 2010, o percentual foi de apenas 0,004% de máquinas defeituosas em todo o país.

O sorteio foi feito pela vice-procuradora-geral eleitoral Sandra Cureau e realizado no plenário do TSE, em sessão administrativa. 

O plebiscito no Pará consultará todos os eleitores paraenses acerca do desmembramento do Estado. Os eleitores devem comparecer à sua respectiva seção eleitoral das 8h às 17h do dia 11 de dezembro. Quem não comparecer terá de justificar a ausência no prazo de 60 dias após a votação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário