terça-feira, 28 de junho de 2011

O Embaixador do Brasil

 
Segundo matéria publicada na agência de notícias Reuters, logo após o anuncio da vitória Graziano teria dito á Lula: "Que pena que o senhor não está aqui", quando um diplomata o colocou ao telefone com o ex-presidente. "Segui seu ditado: lutei como um leão para não morrer como um veado", disse, rindo, passando a relatar a disputa. Ele já tinha falado com a presidente Dilma Rousseff.
Quando o Brasil reuniu o G-77, grupo de países em desenvolvimento, para preparar a votação final, a representante da África do Sul fez um inflamado discurso a favor de Graziano. E arrancou aplausos ao dizer que, se o brasileiro não cumprir o que prometeu, os países podem cobrar de Lula. Era o ex-presidente quem estava na foto com Graziano, na propaganda oficial. Os delegados só falavam dele. E foi nesse cenário que o ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, destacou que os partidários do brasileiro podiam cobrar também da presidente Dilma Rousseff. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário