domingo, 26 de junho de 2011

O brasileiro José Graziano da Silva é eleito novo diretor geral da FAO




O brasileiro era tido como favorito e disputou o segundo turno da votação com o ex-ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Angel Moratino ( Carlos Vieira/CB/D.A Press )
O brasileiro era tido como favorito e disputou o segundo turno da votação com o ex-ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Angel Moratino
Roma - A Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), elegeu neste domingo (26/6) em Roma como seu novo diretor geral o brasileiro José Graziano da Silva, que será assim o primeiro latino-americano a presidir a instituição encarregada de combater a fome no mundo.O brasileiro, que obteve 92 votos, recebeu o apoio da Indonésia e dos chamados "países não-alinhados" do G-77, entre eles, boa parte da África.O ministro-chave do governo Lula derrotou por quatro votos o ex-ministro de Assuntos Exteriores espanhol, Miguel Angel Moratinos, em uma votação muito apertada entre dois candidatos de grande carisma e capacidade. O brasileiro, ex-coordenador "Fome Zero", era um dos grandes favoritos para suceder o senegalês Jacques Diouf, que ocupou o cargo de diretor geral da FAO durante 17 anos.Nascido em 17 novembro de 1949, José Graziano ocupa o posto de representante regional e vice-diretor da FAO desde março de 2006. Durante sua permanência na FAO o brasileiro conseguiu que os países de América Latina e Caribe fossem os primeiros em nível mundial a assumir o compromisso de erradicar a fome antes de 2025.
______________________________________
Nota: essa é uma vitória do Brasil e do eterno presidente LULA. Um reconhecimento do trabalho do presidente LULA e de toda a sociedade brasileira no combate a fome. Como disse LULA: combater a fome no mundo é a grande guerra que a humanidade tem que vencer. É o cara. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário