quinta-feira, 30 de junho de 2011

Adriano Vizoni/Folhapress
FHC revela que assinou sem ler o decreto sobre sigilo eterno de documentos



Publicação: 30/06/2011 15:38 Atualização:
Brasília - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse nesta quinta-feira (30/6) que não vê mais razão para manter em sigilo eterno documentos do governo. Homenageado por seu partido, o PSDB pela passagem de seus 80 anos, que completou no último dia 18, o ex-presidente revelou que assinou sem ler o decreto que permite manter em segredo, por tempo indeterminado, documentos oficiais do governo.

“Não precisa ter sigilo eterno. Mas podem me perguntar: 'Por que você fez?'. Fiz sem tomar conhecimento, no último dia de mandato. [Assinei] Uma pilha de documentos e só vi dois anos depois”, disse Fernando Henrique. “Mandei reconstituir para saber o que era. Agora, o presidente da República pode alterar o sigilo. Então, não vejo mais razão para sigilo”, acrescentou.

Há dois anos, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou um projeto ao Congresso Nacional propondo a redução do tempo máximo que o governo pode manter em sigilo documentos oficiais, de 30 para 25 anos. Pela proposta, em tramitação no Senado, o prazo do sigilo poderia ser renovado indefinidamente, a critério do governo.
_________________________________
Nota: esse FHC é uma piada! Tem sorte, noutro país estaria na cadeia, tipo Fujimori, lá no Peru!

Nenhum comentário:

Postar um comentário